CBN - A rádio que toca notícia

LAVA JATO

STF pode julgar habeas corpus de Lula ainda neste ano, diz Fachin

Defesa de Lula argumenta que juiz Moro não agiu de forma imparcial

07/11/18, 19:00

O

ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (7) acreditar na possibilidade de que seja julgado ainda neste ano na Corte o mais recente habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A defesa pede a soltura de Lula sob o argumento de que o juiz federal Sérgio Moro não agiu com imparcialidade.

“É possível, se os prazos forem cumpridos”, afirmou Fachin, em sessão plenária nesta quarta-feira (7). Ontem (6), ele deu prazo de cinco dias para Moro e o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) se manifestarem no processo. Em seguida, a Procuradoria-Geral da República terá o mesmo tempo para dar seu parecer.

Questionado se o caso deve ser, de fato, apreciado na Segunda Turma, e não no plenário do STF, Fachin afirmou que sim.

“A matéria é pacífica sobre o tema, creio que não há razão de enviar para o plenário como houve em outras hipóteses que havia questões importantes para que o plenário definisse. Como há jurisprudência assentada, a competência originariamente é da Turma”, disse.

Para o ministro Gilmar Mendes, que também integra a Segunda Turma, no entanto, o mais recente pedido de liberdade de Lula deve voltar a ser discutido em plenário. “Eu acho que a matéria acabará vindo para o plenário, acho que é natural”, disse.

“A Turma é que delibera. Acho que essa [de levar a plenário] é que será a avaliação. É uma decisão do colegiado, mas considerando a complexidade do tema, a delicadeza, os precedentes anteriores, é de se esperar que seja essa a decisão. Mas a Turma é soberana”, acrescentou Mendes.

Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, após ter sua condenação confirmada pelo TRF4, que impôs pena de 12 anos e um mês de prisão ao ex-presidente, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Argumentos

No pedido, a defesa de Lula volta a suscitar a suspeição do juiz Sérgio Moro para julgar Lula. Os argumentos foram reforçados após o magistrado ter aceitado o cargo de ministro da Justiça no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Os advogados de Lula querem que seja reconhecida a suspeição de Moro para julgar processos contra o ex-presidente e que sejam considerados nulos todos os atos processuais que resultaram na condenação no caso do triplex do Guarujá (SP).

O pedido ainda requer que sejam suspensas outras ações penais contra Lula que estavam sob a responsabilidade de Moro, como as que tratam de suposto favorecimento por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP) e de supostas propinas da empresa Odebrecht. Nesta última, o depoimento do ex-presidente está marcado para 14 de novembro.

“Lula está sendo vítima de verdadeira caçada judicial entabulada por um agente togado que se utilizou indevidamente de expedientes jurídicos para perseguir politicamente um cidadão, buscando nulificar, uma a uma, suas liberdades e seus direitos”, afirmam os advogados.

Em entrevista concedida ontem (6), Moro rebateu os argumentos da defesa de Lula. "Isso [o convite para ser ministro] não tem nada a ver com o processo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele foi condenado e preso porque cometeu um crime e não por causa das eleições", disse o juiz.
 
Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
29/12/18, 22:08 | POSSE - Segurança da posse terá detector de metais e proibição de objetos
29/12/18, 14:59 | SUSPEITA - Polícia do DF descarta suspeita de bomba na Esplanada dos Ministérios
29/12/18, 14:25 | POSSE - Bolsonaro e família viajam hoje para Brasília para posse presidencial
29/12/18, 13:57 | PREVIDÊNCIA - INSS muda regras do consignado para impedir assédio de bancos aos segurados
29/12/18, 13:48 | CAPTURA - Doleiro Bruno Farina teve extradição voluntária para o Brasil
29/12/18, 13:19 | ORDEM JUDICIAL - Ex-miss Piauí denuncia desaparecimento do filho após entregá-lo ao pai
29/12/18, 12:55 | FIM DE ANO - Procura por uva e romã aumenta na Ceasa de Teresina devido a simpatias de réveillon
29/12/18, 12:48 | ESPORTE - Pesquisa: torcedores do Barcelona votam em massa contra o retorno de Neymar
29/12/18, 12:36 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Ministro Fachin homologa delação que envolve Renan Calheiros
29/12/18, 12:14 | LEGALIZAR - Moro pede e Bolsonaro promete decreto para liberação de arma de fogo
29/12/18, 12:09 | DECRETO - Seca e chuvas deixam municípios do Piauí e mais 3 estados em situação de emergência
29/12/18, 11:27 | INTERNACIONAL - Sob a ameaça de novo tsunami, Indonésia esvazia cidades e vilas
29/12/18, 11:16 | SAÚDE PÚBLICA - 'Mais Médicos vive uma crise de improvisações', diz futuro ministro
28/12/18, 16:26 | ENCONTRO - Bolsonaro diz que Brasil e Israel devem aprofundar parcerias no futuro
28/12/18, 16:23 | SOCIAL - Bolsa Família: Calendário 2019 com datas de saque é divulgado
28/12/18, 16:10 | DIPLOMACIA - Netanyahu e Bolsonaro se reúnem no Rio sob forte esquema de segurança
28/12/18, 15:51 | ILEGALIDADE - Bancos têm demitido pessoas com estabilidade pré-aposentadoria
28/12/18, 15:47 | DESALENTO - Mercado de trabalho só abre vagas somente sem carteira assinada
28/12/18, 15:45 | POLÍTICA - Haddad diz que há chance de condenação de Lula ser revista em 2019
28/12/18, 14:59 | ABUSOS SEXUAIS - Justiça determina bloqueio de R$ 50 milhões das contas de João de Deus
28/12/18, 14:16 | DESCASO - Pelo padrão Lava Jato, Queiroz já teria sido preso, avalia Kennedy Alencar
28/12/18, 13:50 | INUSITADO - Bolsonaro ganha escultura de cartuchos de arma de fogo que formam seu rosto
28/12/18, 13:40 | CALENDÁRIO - Governo federal publica lista com feriados e pontos facultativos de 2019
28/12/18, 13:26 | MEDIDAS - Bolsonaro diz que pretende estender validade de CNH para 10 anos
27/12/18, 21:57 | FAMÍLIA - Enzo Gabriel e Maria Eduarda: os nomes de bebês mais registrados em 2018; em 2017, Miguel e Alice
27/12/18, 21:46 | CRIME - Assassino diz ter se desentendido com Camata sobre processos judiciais
27/12/18, 21:41 | POLÊMICA - Aliados de Bolsonaro avaliam que Queiroz não esclareceu movimentações
27/12/18, 21:35 | ESPORTE - Grêmio aceita proposta do Al-Ittihad e vende o goleiro Marcelo Grohe
27/12/18, 21:29 | AJUSTE - Em documento, Bolsonaro determina pente-fino na gestão Temer
27/12/18, 21:21 | POLÍTICA - Reta final do governo Temer: Marasmo, pequenas homenagens e preocupação com a Justiça marcam os últimos dias no cargo
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site