CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Ordem jurídica é 'sacrificada' para manter Lula preso, diz jurista

"O Direito está passando longe", diz Marcelo Tadeu Lemos de Oliveira, em referência ao episódio da suspensão de habeas corpus concedido a ex-presidente e cassado por presidente do TRF4

09/07/18, 18:23

"F

ica claro que o Judiciário, a todo custo, sacrifica a ordem jurídica para manter o presidente preso ilegalmente." Essa é a avaliação do juiz aposentado Marcelo Tadeu Lemos de Oliveira sobre a suspensão, por parte do desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores, da decisão do também desembargador Rogério Favreto, que determinou a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Acho que, infelizmente, o Judiciário ao final de tudo escancara que não está cumprindo seu papel de garantir a regularidade no Estado democrático de direito. O Direito está passando longe", aponta.

Marcelo Tadeu tem entendimento similar ao da professora da Universidade de Brasília (Unb) Beatriz Vargas Ramos, de que a tese do "conflito de competência" para barrar a liberdade de Lula não se sustenta juridicamente. "Não há conflito de decisões porque a decisão única, que deveria prevalecer, é a do Favreto porque a do (desembargador João Pedro) Gebran sequer existe, foi dada no momento em que ele não tinha jurisdição. Quem tem jurisdição é o juiz plantonista."

"Favreto tinha competência e a avaliação dele é de mérito, entendendo que aquela prisão deveria ser suspensa", pontua o magistrado aposentado, ressaltando que a decisão do Supremo Tribunal Federal em relação à prisão em segunda instância não vincula nenhuma decisão de outros tribunais no país.

Para o jurista, o episódio de domingo é ilustrativo a respeito de um processo eivado de irregularidades. "É aquela história, pau que nasce torto morre torto. Todo processo de Lula é realmente difícil do ponto de vista jurídico. Primeiro, as visitas que não podiam ser feitas a ele; depois, recursos que foram negados com a possibilidade concreta de que ele respondesse em liberdade", diz. "Espero que o Judiciário corrija isso, mas parece que não existe essa disposição."

Para Marcelo Tadeu, é passada a hora de se discutir uma reforma no setor. "O Brasil não pode prescindir da reforma do Judiciário. Ela é essencial."

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
24/11/18, 09:51 | POLÍTICA - TSE vai julgar contas da campanha de Bolsonaro no dia 4 de dezembro
23/11/18, 19:34 | SAÚDE - Infecção adia cirurgia de Jair Bolsonaro para depois da posse
23/11/18, 19:29 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Delegada indicada Moro diz que ainda há pessoas dispostas a roubar
23/11/18, 19:26 | ANTICORRUPÇÃO - Moro apresentará no início do governo projeto de combate ao crime
23/11/18, 19:05 | REPERCUSSÃO - Entidades de 87 países assinam moção contra censura a professores no Brasil
23/11/18, 14:27 | ECONOMIA - Desvalorizar salário mínimo e aposentadorias agravará crise social
23/11/18, 14:03 | SAÚDE PÚBLICA - Semana Nacional de Combate ao Aedes começa domingo
23/11/18, 14:00 | SAÚDE - Câncer: segunda causa de morte entre crianças e adolescentes
23/11/18, 12:13 | PARLAMENTO - Comissão aprova projeto que impede remoção de veículo por débito de IPVA
23/11/18, 12:06 | TRANPORTE - Aplicativos de transporte poderão ter limite de comissão por corrida
23/11/18, 11:55 | SAÚDE PÚBLICA - Programa Mais Médicos já registra 84% das vagas definidas
23/11/18, 09:34 | CRIME - Nova fase da Lava Jato cumpre 22 mandados de prisão
23/11/18, 09:30 | TRANSIÇÃO - Futuro presidente do BB fala em "privatizar o que for possível"
23/11/18, 09:19 | DIREITOS HUMANOS - Alunos do DF criam painel em alusão à Declaração dos Direitos Humanos
23/11/18, 09:15 | PROGRAMA - Médicos cubanos deixam o país pelo Aeroporto de Brasília
23/11/18, 08:47 | ARTIGO - OAB para os advogados e para a sociedade
22/11/18, 15:00 | SAÚDE - Maternidades da Prefeitura de Teresina registram aumento de demanda após interdição parcial da Evangelina Rosa
22/11/18, 14:30 | ECONOMIA - Intenção de Consumo das Famílias cresce 1,1% de outubro para novembro
22/11/18, 14:26 | EDUCAÇÃO - Inscrições para o Sisu 2019 serão de 22 a 25 de janeiro
22/11/18, 13:14 | CRISE - Indefinição e críticas a Onyx Lorenzoni marcam primeira reunião do PSL depois das eleições
22/11/18, 12:10 | LEVANTAMENTO - Levantamento inédito do TCU aponta riscos de fraude e corrupção em 38 órgãos federais
22/11/18, 10:47 | CRIME - PF cumpre mandados em operação contra lavagem de dinheiro e tráfico
22/11/18, 10:32 | ESPORTE - Fábio Carille se chateia com árabes e pode retornar ao Corinthians
22/11/18, 10:28 | BRASILEIRÃO - Flamengo vence Grêmio e mantém disputa de título com Palmeiras
22/11/18, 08:06 | BRASILEIRÃO - Queda no fim do Brasileiro mostra carências e dúvidas sobre o Inter
21/11/18, 16:34 | TRANSIÇÃO - Após prometer 15 ministérios, equipe de Bolsonaro admite até 20
21/11/18, 16:28 | POLÍTICA - Em carta a Bolsonaro, governadores do Nordeste pregam diálogo nacional
21/11/18, 15:29 | DIREITOS HUMANOS - Direitos humanos são pautas de todos e para todos, afirma ministro
21/11/18, 15:26 | DECISÃO - STJ mantém foro privilegiado de desembargadores
21/11/18, 14:48 | POLÍTICA - Governadores do Nordeste debatem propostas em tramitação no Congresso
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site