CBN - A rádio que toca notícia

CORRUPÇÃO & PROPINA

Fachin autoriza inquérito para investigar doações a senadores do MDB

O pedido de abertura da investigação foi solicitado ao STF pela PGR

16/05/18, 21:22

O

ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin decidiu hoje (16) determinar abertura de inquérito para investigar suposto repasse de R$ 40 milhões em doações eleitorais a políticos do MDB do Senado. As investigações devem envolver os senadores emedebistas Renan Calheiros (AL), Jader Barbalho (PA), Romero Jucá (RR), Eunício Oliveira (CE), Eduardo Braga (AM), Edison Lobão (MA), Valdir Raupp (RO), Roberto Requião (PR), além do ex-senador e atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rego.

O pedido de abertura da investigação foi solicitado ao STF pela Procuradoria-Geral da República (PGR), com base nos depoimentos de delação premiada do ex-diretor da Transpetro, subsidiária da Petrobras, Sérgio Machado, e do executivo do grupo J&F, Ricardo Saud.

Em um dos depoimentos, Machado disse que “nas reuniões ocorridas na residência de Renan Calheiros, que o grupo JBS iria fazer doações ao PMDB, a pedido do PT, na ordem de R$ 40 milhões”.

“Com relação à abertura das investigações, como sabido, uma vez requerida a abertura de investigações pela Procuradoria-Geral da República, incumbe ao relator deferi-la, não lhe competindo qualquer aprofundamento sobre o mérito das suspeitas apontadas, exceto se, a toda evidência, revelarem-se inteiramente infundadas”, decidiu Fachin.

Defesa

Em nota, o MDB afirmou que "repudia mais uma tentativa de criminalização da política". "Esperamos que a conclusão deste inquérito seja rápida e acreditamos que ao final a verdade será restabelecida", defendeu a legenda em nota.

Em comunicado, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, classificou de "falsa e caluniosa" a afirmação dos delatores. Segundo a assessoria de imprensa do parlamentar, Eunício "nunca recebeu" doações de Sérgio Machado que é, de acordo com os assessores, adversário político histórico do senador. Ele também negou o recebimento de dinheiro proveniente do PT.

O senador Renan Calheiros negou o recebimento de caixa 2 ou vantagens e disse que o inquérito será arquivado "por falta de provas". Assim como os demais parlamentares, Calheiros disse que as doações foram declaradas na prestação de contas e ocorreram na forma da lei.

"O inquérito será uma oportunidade para mostrar as mentiras contadas por criminosos confessos, que negociaram acordos vantajosos com o Ministério Público. Machado, inclusive, já perdeu benefícios da delação por não comprovar nada do que disse", afirmou.

Também por meio de nota, o senador Eduardo Braga disse confiar na investigação da Polícia Federal. "Todas as doações da campanha de 2014 foram declaradas e aprovadas pela Justiça Eleitoral". Na mesma linha, a defesa de Edison Lobão disse que não tem preocupação com as "delações em massa que não fazem provas" e que vão ser questionadas pelo Judiciário.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
26/11/18, 13:13 | LEI DE ACESSO - Júlio César Lima e mais 14 congressistas devem mais de R$ 600 milhões a União
26/11/18, 10:25 | ACIDENTE - Avião de empresário explode durante pouso em fazenda de Minas
26/11/18, 10:13 | POLÍTICA - Em 1ª entrevista pós-eleição, Haddad avalia Bolsonaro no poder
26/11/18, 10:09 | CRIME - Bando assalta banco, incendeia viaturas e causam pânico no MA
26/11/18, 09:33 | SALÁRIOS - Temer deve sancionar reajuste de 16,38% para o STF até quarta
26/11/18, 09:29 | PARLAMENTO - Alvos da Lava Jato querem votar mudança na lei penal e Moro reage
26/11/18, 09:23 | ESTUDO - Seis mulheres são vítimas de feminicídio a cada hora no mundo, diz ONU
26/11/18, 09:09 | ONG - Nº de pobres cresce, e Brasil é o 9º país mais desigual, aponta Oxfam
25/11/18, 20:16 | ESPORTE - PALMEIRAS CAMPEÃO BRASILEIRO 2018: 1 x 0 sobre o Vasco
25/11/18, 18:00 | TRANSIÇÃO - Bolsonaro defende escolha de ministros sem discussão com partidos
25/11/18, 17:50 | ECONOMIA - Equipe de transição define 15 áreas da economia como prioridades
25/11/18, 17:47 | ECONOMIA - Futuro presidente da Petrobrás acha que o preço da gasolina está barato
25/11/18, 17:42 | MUNDO - Deputados ingleses defendem liberdade de Lula em moção no parlamento inglês
25/11/18, 17:35 | ARTIGO JURÍDICO - Profissional Liberal - Direito Empresarial - Código Civil
25/11/18, 15:50 | LIBERTADORES - Boca Juniors pede suspensão do jogo e punição ao River Plate
25/11/18, 15:34 | ESPORTE - Conmebol adia final da Libertadores entre Boca Juniors e River Plate
25/11/18, 15:05 | CRIME - Polícia Federal liga Renan Calheiros a propina paga na Suíça
25/11/18, 14:31 | SAÚDE - Mães de bebês com microcefalia vivem novos desafios
25/11/18, 13:55 | ELEIÇÃO - Neta de Bernardo Dias é eleita vice-presidente da OAB em Parnaíba
24/11/18, 19:02 | ECONOMIA - Vendas de comércio eletrônico na Black Friday 2018 crescem 23%
24/11/18, 18:57 | POLÊMICA - Em petição a Fux, juízes querem manter vantagem do auxílio-moradia
24/11/18, 18:51 | PROGRAMAS - Presidente eleito diz que programas sociais passarão por auditoria
24/11/18, 18:48 | POLÊMICA - Bolsonaro cogita criação de campo de refugiados para venezuelanos
24/11/18, 18:00 | MUNDO - Paris vive dia de caos em novo protesto contra Macron
24/11/18, 14:29 | VIOLÊNCIA - Briga de vizinhos termina em morte em Teresina, diz polícia
24/11/18, 14:07 | SAÚDE PÚBLICA - Ministério inicia campanha nacional para estimular doação de sangue
24/11/18, 13:39 | GESTÃO PÚBLICA - Governadores eleitos vão participar de curso de gestão em Oxford
24/11/18, 12:45 | JUDICIÁRIO - Ministro libera voto e STF pode julgar descriminalização da maconha
24/11/18, 12:41 | REFORMAS - Sérgio Moro diz que vai propor um “Plano Real” contra a criminalidade
24/11/18, 12:14 | SAÚDE - Adiamento de cirurgia abre especulações sobre saúde de Jair Bolsonaro
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site