CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Novo laudo do IML reafirma que Maluf pode cumprir pena em presídio

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996)

09/01/18, 19:50

O

Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal concluiu um novo laudo no qual afirma que não há impedimentos para que deputado Paulo Maluf (PP-SP) continue preso na Penitenciária da Papuda, em Brasília. O deputado cumpre pena definitiva de sete anos e nove meses, definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O novo laudo, entregue ontem (8) à Justiça, foi realizado para responder a 32 novos questionamentos elaborados pelos advogados do parlamentar, que não concordaram com o primeiro laudo realizado pelos peritos, que chegaram à mesma conclusão.

Com base nas informações enviadas, o juiz Bruno Aielo Macacari decidirá se Maluf vai continuar preso ou poderá cumprir prisão domiciliar. Antes da decisão, o magistrado deve colher parecer do Ministério Público e a manifestação da própria defesa. A defesa do deputado, de 86 anos, alega que ele deve cumprir prisão domiciliar porque sofre de câncer de próstata, problemas cardíacos e na coluna, além de hérnia de disco.

“Acostou-se o laudo da perícia médica do IML, com as respostas aos quesitos formulados pela defesa, no qual se concluiu que o sentenciado está acometido de doenças graves, mas sem indicação de que há algum impedimento ao cumprimento da pena privativa de liberdade recolhido no Centro de Detenção Provisória - CDP, desde que assistido pela equipe médica”, diz trecho de uma decisão anexada ao processo.

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996). Os recursos teriam sido desviados da construção da Avenida Água Espraiada, hoje chamada Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi cerca de R$ 800 milhões.

As investigações se arrastaram por mais de dez anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância da Justiça. Os procuradores do Ministério Público estimaram em US$ 170 milhões a movimentação total de recursos ilícitos. O Supremo assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado federal.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
01/11/18, 17:44 | TRANSIÇÃO - Políticos reagem nas redes sociais a Moro ministro de Bolsonaro
01/11/18, 17:26 | VIDA AMEAÇADA - Entidades irão ao papa em defesa do Ministério do Meio Ambiente
01/11/18, 17:01 | JUDICIÁRIO - Com saída de Moro, juíza Gabriela Hardt assume Lava Jato
01/11/18, 16:55 | POLÊMICA - Bolsonaro diz que Moro terá “liberdade” para escolher sua equipe
31/10/18, 15:05 | EDUCAÇÃO - Mais de 500 mil estudantes poderão renegociar dívida do Fies
31/10/18, 14:56 | POLÍTICA - Moro prendeu Lula para eleger Bolsonaro
31/10/18, 14:34 | CRIME - Caneta leva a suspeito de estuprar e matar Rayane; homem confessa crime
31/10/18, 14:29 | POLÊMICA - Bolsonaro confirma fusão das pastas da Agricultura e do Meio Ambiente
31/10/18, 14:26 | ECONOMIA - CNI volta a se manifestar contra extinção do Ministério da Indústria
31/10/18, 14:19 | ESPORTE - Grêmio vai à Conmebol pedir pontos e vaga na final após 'caso Gallardo'
31/10/18, 14:15 | TRANSIÇÃO - Ministério do novo governo deverá ter até 16 pastas
31/10/18, 13:07 | REAÇÃO - Conta no Twitter mostra 'arrependimentos de eleitores de Bolsonaro'
31/10/18, 10:13 | LIBERTADORES - Renato põe eliminação na conta do VAR: “Grêmio foi roubado”
30/10/18, 16:40 | DENÚNCIAS - Ex-assessora de Moro na Lava Jato abre o jogo dos bastidores da operação
30/10/18, 16:32 | POLÍTICA - Perseguições a homossexuais, pobres, negros e nordestinos podem trazer consequências negativas
30/10/18, 16:21 | REAÇÃO - Alckmin diz que Bolsonaro vai substituir liberdade pelo “clientelismo de imprensa”
30/10/18, 16:14 | POLÍTICA - O que disse Bolsonaro nas primeiras entrevistas após a eleição
30/10/18, 16:10 | REAÇÃO - Supremo vai se unir em defesa de negros, gays, mulheres e liberdade de expressão
30/10/18, 16:01 | EDUCAÇÃO - Contra Bolsonaro, estudantes vão às aulas de luto em Porto Alegre
30/10/18, 15:26 | ECONOMIA - Aumento do limite de financiamento de imóveis começa a vigorar
30/10/18, 15:12 | ECONOMIA - Futuro ministro da Fazenda, Paulo Guedes desautoriza Onyx sobre Previdência
30/10/18, 14:56 | EDUCAÇÃO - Mais de 1,5 milhão de estudantes participam da Olimpíada de Matemática
30/10/18, 14:40 | ARTIGO JURÍDICO - A justa, necessária e urgente Reforma Tributária
29/10/18, 21:50 | CLIMA TENSO - Bolsonaristas ameaçam: “Já está liberado dar porrada em negro, viado e baiano?”
29/10/18, 21:37 | PARLAMENTO - Senado abre consulta sobre porte de arma de fogo para a população
29/10/18, 21:09 | FASCISMO - Professores da UnB cancelam aulas após ameaças de apoiadores de Bolsonaro
29/10/18, 21:02 | BOICOTE - Seguidores divulgam lista para que Bolsonaro faça perseguição a celebridades
29/10/18, 20:38 | POLÍTICA - Meirelles e Alckmin movimentam mais recursos que Bolsonaro e Haddad
29/10/18, 20:35 | PASSANDO A LIMPO - Petrobras lança campanha nacional para divulgar ações anticorrupção
29/10/18, 20:28 | EDUCAÇÃO - Mais de 4 milhões de estudantes já sabem onde farão o Enem
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site