CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Novo laudo do IML reafirma que Maluf pode cumprir pena em presídio

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996)

09/01/18, 19:50

O

Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal concluiu um novo laudo no qual afirma que não há impedimentos para que deputado Paulo Maluf (PP-SP) continue preso na Penitenciária da Papuda, em Brasília. O deputado cumpre pena definitiva de sete anos e nove meses, definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O novo laudo, entregue ontem (8) à Justiça, foi realizado para responder a 32 novos questionamentos elaborados pelos advogados do parlamentar, que não concordaram com o primeiro laudo realizado pelos peritos, que chegaram à mesma conclusão.

Com base nas informações enviadas, o juiz Bruno Aielo Macacari decidirá se Maluf vai continuar preso ou poderá cumprir prisão domiciliar. Antes da decisão, o magistrado deve colher parecer do Ministério Público e a manifestação da própria defesa. A defesa do deputado, de 86 anos, alega que ele deve cumprir prisão domiciliar porque sofre de câncer de próstata, problemas cardíacos e na coluna, além de hérnia de disco.

“Acostou-se o laudo da perícia médica do IML, com as respostas aos quesitos formulados pela defesa, no qual se concluiu que o sentenciado está acometido de doenças graves, mas sem indicação de que há algum impedimento ao cumprimento da pena privativa de liberdade recolhido no Centro de Detenção Provisória - CDP, desde que assistido pela equipe médica”, diz trecho de uma decisão anexada ao processo.

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996). Os recursos teriam sido desviados da construção da Avenida Água Espraiada, hoje chamada Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi cerca de R$ 800 milhões.

As investigações se arrastaram por mais de dez anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância da Justiça. Os procuradores do Ministério Público estimaram em US$ 170 milhões a movimentação total de recursos ilícitos. O Supremo assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado federal.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
01/02/18, 18:12 | ACIDENTE - Polícia vai investigar acidente com dois mortos após carro cair de ponte em Teresina
01/02/18, 17:45 | CRIME - Suspeito de matar ex-companheira na frente da filha de 7 anos é preso no Piauí
01/02/18, 14:12 | INVESTIGAÇÃO - PF faz operação sobre denúncias de desvios no Postalis
01/02/18, 13:46 | DISCURSO - Cármen Lúcia: 'É inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça'
01/02/18, 13:40 | POLÍTICA - Maia: Brasil perdeu o “timing” para reforma tributária
01/02/18, 13:18 | DENÚNCIA - Ex-senador afastado por corrupção ganha R$ 218 mil de salário
01/02/18, 13:15 | INVESTIGAÇÃO - PF acha tabela que sugere propina a Temer em portos
01/02/18, 13:04 | REPERCUSSÃO - Jornal Sueco expõe crise: Brasil não é mais uma democracia
01/02/18, 09:15 | CORRUPÇÃO - Membros da Lava Jato fizeram campanha e defenderam tucanos
01/02/18, 09:09 | CONFUSÃO - Gilmar Mendes pede para PF identificar quem o xingou em voo
01/02/18, 09:06 | POLÍTICA - Temer tem reunião com o chefe da PF e Aécio Neves
01/02/18, 08:19 | CARNAVAL - 'Observatório da Mulher' vai receber denúncias de assédio durante o Corso de Teresina
01/02/18, 07:58 | POLÍTICA - MDB foi o partido aliado que mais votou contra Temer no Senado
01/02/18, 07:51 | POLÍTICA - Segundo o Datafolha, nenhum candidato do PSDB empolga
01/02/18, 07:48 | POLÍTICA - Datafolha: Lula lidera e bate todos os candidatos no 2º turno
01/02/18, 07:46 | COMUNICAÇÕES - Brasil registra redução de 7,6 milhões de linhas telefônicas móveis em 2017
01/02/18, 07:41 | JUDICIÁRIO - STF abre trabalhos de 2018 com julgamento sobre cigarros aromatizados
01/02/18, 07:36 | DEBATE - Jovens brasileiros comandam painel sobre mobilidade urbana na ONU
30/01/18, 19:07 | POLÊMICA - Juízes, desembargadores, defensores e MP fazem caravana para manter privilégios
30/01/18, 17:23 | CONDENAÇÃO - Defesa do ex-presidente Lula recorre ao STJ para evitar prisão
30/01/18, 17:20 | EDUCAÇÃO - Interessados em aderir ao Prouni já podem consultar vagas
30/01/18, 17:17 | PROGRAMA - Caixa estuda incluir eletrodomésticos no Minha Casa, Minha Vida
30/01/18, 15:46 | EDUCAÇÃO - Revolução na educação: uma escola sem salas nem aulas
30/01/18, 15:40 | PARLAMENTO - Veja como cada deputado votou nas principais votações de 2017
30/01/18, 15:25 | SAÚDE - Febre amarela: as principais dúvidas sobre a doença
30/01/18, 13:41 | ENTREVISTA - Historiador diz: “O sistema político brasileiro é um cadáver, apodrecendo a céu aberto”
30/01/18, 13:36 | ENTREVISTA - Flávio Dino: não acredito que STF e STJ compactuarão com violência judiciária
30/01/18, 13:34 | REFORMA - Temer muda plano de saúde e pode deixar sem cobertura milhares de trabalhadores
30/01/18, 13:29 | DECISÃO - Moro determina leilão público do triplex atribuído a ex-presidente
30/01/18, 12:29 | FLAGRANTE - Cães farejadores encontram 33kg de maconha em ônibus em Campo Maior
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site