CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Novo laudo do IML reafirma que Maluf pode cumprir pena em presídio

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996)

09/01/18, 19:50

O

Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal concluiu um novo laudo no qual afirma que não há impedimentos para que deputado Paulo Maluf (PP-SP) continue preso na Penitenciária da Papuda, em Brasília. O deputado cumpre pena definitiva de sete anos e nove meses, definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O novo laudo, entregue ontem (8) à Justiça, foi realizado para responder a 32 novos questionamentos elaborados pelos advogados do parlamentar, que não concordaram com o primeiro laudo realizado pelos peritos, que chegaram à mesma conclusão.

Com base nas informações enviadas, o juiz Bruno Aielo Macacari decidirá se Maluf vai continuar preso ou poderá cumprir prisão domiciliar. Antes da decisão, o magistrado deve colher parecer do Ministério Público e a manifestação da própria defesa. A defesa do deputado, de 86 anos, alega que ele deve cumprir prisão domiciliar porque sofre de câncer de próstata, problemas cardíacos e na coluna, além de hérnia de disco.

“Acostou-se o laudo da perícia médica do IML, com as respostas aos quesitos formulados pela defesa, no qual se concluiu que o sentenciado está acometido de doenças graves, mas sem indicação de que há algum impedimento ao cumprimento da pena privativa de liberdade recolhido no Centro de Detenção Provisória - CDP, desde que assistido pela equipe médica”, diz trecho de uma decisão anexada ao processo.

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996). Os recursos teriam sido desviados da construção da Avenida Água Espraiada, hoje chamada Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi cerca de R$ 800 milhões.

As investigações se arrastaram por mais de dez anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância da Justiça. Os procuradores do Ministério Público estimaram em US$ 170 milhões a movimentação total de recursos ilícitos. O Supremo assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado federal.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
05/02/19, 10:46 | ANTICRIME - Proposta de Moro pode elevar letalidade, dizem especialistas
05/02/19, 10:36 | PREVIDÊNCIA - 40 anos de contribuição para se ter 100% da aposentadoria
05/02/19, 08:59 | POJETO DE LEI - Pacote anticrime: veja como a lei é hoje e o que pode mudar
05/02/19, 08:52 | TRAGÉDIA - Brumadinho: buscas por vítimas entram no 12º dia; 134 mortos
05/02/19, 08:48 | REFORMAS - Previdência: regra de transição, idade mínima. Veja o que muda com a proposta
04/02/19, 22:12 | PROJETO DE LEI - Para advogados, projeto de lei anticrime de Moro cria 'licença para matar'
04/02/19, 22:09 | STF - Barroso envia denúncia contra Temer para primeira instância
04/02/19, 21:55 | INTERNACIONAL - Grupo de Lima recomenda restrições às negociações com regime de Maduro
04/02/19, 21:46 | REPERCUSSÃO - Entidades da sociedade se manifestam sobre projeto de lei anticrime
04/02/19, 14:59 | SAÚDE - Sobreviventes do câncer devem mudar estilo de vida, diz pesquisa
04/02/19, 14:53 | DISCUSSÃO - Estados pedem desburocratização de fundos de segurança pública
04/02/19, 14:50 | PAUTA - Ministros fazem reunião para debater políticas para a Região Nordeste
04/02/19, 13:36 | INTERNACIONAL - Corpo é achado entre pedaços de avião onde estava jogador argentino
04/02/19, 13:30 | JUSTIÇA - Uso de tecnologia no transporte de presos agrada a governadores
04/02/19, 13:26 | REFORMAS - Lei propõe endurecer cumprimento de pena para crimes graves
04/02/19, 12:31 | DENÚNCIA - Prefeito de Luzilândia é denunciado por crime de improbidade na Justiça Federal e poderá perder o cargo
04/02/19, 11:11 | CRIME - Ministro de Bolsonaro teria usado 'laranjas' para conseguir verbas
04/02/19, 11:04 | AGRESSÃO - Renan ataca jornalista e pai de senadora com ofensa de natureza sexual
04/02/19, 10:59 | DISCUSSÃO - Em Brasília, Moro e governadores debatem Lei Anticrime
04/02/19, 10:50 | REFORMAS - Lei anticrime poderá criminalizar caixa 2 também em ato já praticado
04/02/19, 09:56 | CRIME - Novo presidente do Senado é alvo de duas investigações no STF
04/02/19, 09:49 | SENADO - Festa da vitória de Alcolumbre tem deboche a Renan
04/02/19, 09:40 | LUTO - Ativista que ajudava vítimas de João de Deus se suicida
04/02/19, 09:26 | REFORMAS - Moro anuncia medidas 'objetivas' contra corrupção, crime organizado e crime violento
03/02/19, 11:00 | PARLAMENTO - Senador de poucos discursos e muitas articulações, o Davi que derrotou Renan terá de pacificar o Senado
03/02/19, 10:45 | ARTIGO - Itália no turbilhão do euro
02/02/19, 22:33 | ELEIÇÃO DO SENADO - Davi Alcolumbre: 'O Senado não pode se curvar à intromissão do Judiciário e de qualquer outro Poder'
02/02/19, 19:23 | CRIME - Empresário é preso sob suspeita de arrastar a sogra por 30 m em veículo
02/02/19, 19:21 | RECUPERAÇÃO - Bolsonaro se sente mal e usa sonda para alimentação
02/02/19, 19:09 | SUCESSÃO - Davi Alcolumbre é eleito presidente do Senado Federal
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site