CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Presidente do INSS é demitido após contratar por R$ 8,8 milhões empresa de informática com sede em depósito de bebida

Segundo a reportagem, o contrato no valor de R$ 8,8 milhões foi assinado em abril mesmo após parecer de técnicos do INSS indicar que os programas de computador oferecidos pela RSX não terem utilidade para o órgão

16/05/18, 12:21

O líder do governo Temer no Congresso, deputado André Moura, foi responsável pela indicação de Francisco Lopes, à direita, para o INSS. Caberá a ele indicar o sucessor
O

ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, decidiu demitir o presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) Francisco Lopes. A exoneração foi encaminhada à Casa Civil e determinada após o jornal O Globo revelar que ele contratou a empresa RSX Informática Ltda, cuja sede funcionava numa loja destinada a venda de bebidas, para fornecer programas de computador ao órgão.

Segundo a reportagem, o contrato no valor de R$ 8,8 milhões foi assinado em abril mesmo após parecer de técnicos do INSS indicar que os programas de computador oferecidos pela RSX não terem utilidade para o órgão.

A exoneração foi acertada entre Alberto Beltrame e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Francisco Lopes era indicação do PSC, partido do líder do governo no Congresso, deputado André Moura (SE). Pelo acordo feito com o deputado, caberá ao PSC indicar o substituto de Francisco Lopes.

Contrato cancelado

Em seu último ato à frente do INSS, Francisco Lopes determinou o cancelamento do contrato. “O contrato com a empresa RSX Informática foi cancelado hoje por determinação do presidente do INSS, Francisco Lopes. O Instituto determinou abertura de diligências e procedimentos no sentido de esclarecer todos os fatos. A presidência do INSS informa ainda que prestará todos esclarecimentos necessários à opinião pública e aos órgãos de controle “, diz nota divulgada pelo órgão.

Principal responsável pela contratação da empresa, o presidente do INSS admitiu ter determinado a assinatura do negócio milionário sem sequer ter investigado se a RSX de fato existia.

Em entrevista ao Globo, o agora ex-chefe do INSS admitiu que houve falha na contratação. “As diligências deveriam ter sido feitas antes da contratação? Isso eu concordo. Eu conversei com os meninos (assessores do gabinete) e perguntei se eles fizeram diligência na empresa. Eles disseram que não foram, porque outros órgãos já haviam contratado a mesma empresa. Eu determinei (após a apuração de O Globo) uma diligência no contrato, e que eles peçam o currículo de todas as pessoas que vão trabalhar no nosso contrato, se elas têm vínculo com a empresa e qual a capacidade técnica deles”, disse Francisco Lopes.

A empresa que teve o contrato cancelado nesta manhã, a RSX Informática, nega que haja irregularidades e alega que possui uma “estrutura é modular” que “ pode ser ampliada ou reduzida, segundo a demanda de cada projeto”.
 
Fonte: JL/Congresso em Foco
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
02/01/19, 16:52 | ABUSOS SEXUAIS - João de Deus passa mal na cadeia e é levado a hospital
02/01/19, 15:44 | VATICANO - Papa Francisco critica quem 'vai à igreja e odeia os outros'
02/01/19, 15:42 | SOCIAL - Ministro diz que 13º para Bolsa Família será pago 'com certeza' em 2019
02/01/19, 15:15 | COMEMORAÇÃO - Michelle Bolsonaro recebe amigos para churrasco na Granja do Torto
02/01/19, 13:37 | ECONOMIA - Varejo pode deixar de faturar R$ 7,6 bi por causa de feriados
02/01/19, 13:27 | RESTRIÇÕES - Governo Bolsonaro começa com limitação a trabalho de jornalistas e protesto de entidades
02/01/19, 13:13 | GOVERNO - Medida provisória detalha a estrutura de poder do governo Bolsonaro. Veja a íntegra
02/01/19, 13:08 | ELEIÇÃO DA CÂMARA - Maia promete presidência da CCJ e PSL fecha apoio a reeleição
02/01/19, 13:00 | PROPOSTA - Guedes tem pronta MP que revê regras da Previdência e poupa R$ 50 bi
02/01/19, 12:50 | ECONOMIA - Nova equipe econômica pretende anunciar medidas a cada dois dias
02/01/19, 12:47 | POSSE - Moro assume Ministério da Justiça e Segurança e diz que Brasil não será 'porto seguro' para criminosos
02/01/19, 09:32 | ECONOMIA - Temer previa R$ 1.006 e Bolsonaro fixa salário mínimo em R$ 998
01/01/19, 21:28 | ANÁLISE - Brasil dá um giro radical com Bolsonaro e instala a extrema direita no Planalto
01/01/19, 20:15 | HOMILIA - Papa Francisco apela para que todos contribuam para o bem comum
01/01/19, 20:07 | POSSE - Bombeiros atendem 27 ocorrências na Esplanada na hora da posse
01/01/19, 20:01 | POLÍTICA - Temer se despede da equipe e embarca para São Paulo, onde vai morar
01/01/19, 19:28 | POLÍTICA - No discurso de posse, Bolsonaro pede apoio para reconstruir o país
01/01/19, 19:23 | ECONOMIA - Presidente deve definir amanhã novo valor do salário mínino, diz Onyx
01/01/19, 19:19 | POLÍTICA - Wellington Dias inicia quarto mandato como governador do Piauí
01/01/19, 12:59 | SEGURANÇA - Agentes fazem última varredura em plenário da Câmara antes da posse
01/01/19, 12:57 | TRANSIÇÃO - Diário Oficial traz exonerações dos ministros de Michel Temer
01/01/19, 12:51 | EXPECTATIVA - Para 65% dos brasileiros, Bolsonaro fará governo ótimo ou bom
01/01/19, 12:17 | POSSE - Caravanas de todo país chegam para a posse presidencial
01/01/19, 11:41 | FIM DE ANO - Réveillon em Copacabana tem 641 pessoas atendidas em postos de saúde
01/01/19, 11:16 | DISCURSO - SP: Novo governador diz que está comprometido em governar para o povo
01/01/19, 11:10 | POSSE - DF: Novo governador diz que prioridade será melhorar saúde e segurança
01/01/19, 11:07 | ECONOMIA - RIO: Novo governador corta 30% das despesas das repartições públicas
01/01/19, 10:44 | POLÍTICA - Com sete calouros na política, novos governadores se dividem entre treze partidos
01/01/19, 10:16 | DISCURSO - Bolsonaro reitera ações de desburocratização e combate à corrupção
01/01/19, 10:14 | POLÍTICA - Futuro governo Bolsonaro é destaque na imprensa mundial
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site