CBN - A rádio que toca notícia

ILEGALIDADE

“Em paz com minha consciência”, diz juiz no MA que abriu mão de auxílio-moradia

O juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), dá exemplo a milhares de juízes do País ao recusar, desde novembro, receber auxílio-moradia de R$ 4,3 mil e outros penduricalhos

10/02/18, 17:40
 
O
juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, auxiliar no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), é um dos pouquíssimos magistrados que abriram mão de receber auxílio-moradia de R$ 4,3 mil e outros penduricalhos oferecidos a magistrados em todo o País.

Ele diz que a decisão trouxe sensação de "bem-estar e leveza com a própria consciência". "Isso [auxilio-moradia] fragiliza e diminui a credibilidade do poder Judiciário. Precisamos estabelecer regras mais claras em relação a isso. A Constituição Federal não permite e não autoriza que o juiz receba esse auxilio. A única coisa que ela diz é que se deve receber subsídio em parcela única, à exceção de verbas indenizatórias pagas, por exemplo, no caso de gastos de viagem que precisem ser ressarcidos", afirmou em reportagem do UOL.

Além de abrir mão dos auxílios de novembro em diante, o magistrado ainda concedeu formalmente ao TJ-MA, em janeiro passado, a devolução dos valores recebidos nos últimos quatro anos. Estabeleceu um percentual mínimo de 4% sobre o salário bruto mensal –o que dá em torno de R$ 1,1 mil – até que possa aumentar o desconto e quitar a devolução mais rapidamente. A devolução ainda não começou, já que a Presidência determinou que o valor total seja calculado.

"Devolver esse dinheiro e abrir mão dos auxílios que eu recebia me deixou bem e completamente em paz com a minha consciência. Sempre me incomodei e sempre me senti constrangido em receber esse dinheiro, mas não tive coragem de abrir mão antes", relatou.

O juiz admitiu que recebeu críticas ao abrir mão da verba, pois seu ato poderia colocar pressão sobre outros magistrados, mas preferiu não entrar em detalhes. Também não quis falar sobre casos específicos, como os de Moro e Bretas –"são juízes de grande competência", limitou-se a classificar --, tampouco sobre as associações de magistrados que, nos últimos dias, criticaram a exposição de casos como os dos dois juízes da Lava Jato à opinião pública.

Uma dessas associações, a Ajufe (Associação dos Juízes Federais), é presidida por um magistrado maranhense, Roberto Veloso, que foi professor de Oliveira Paula.

A reportagem questionou se ele espera ser um exemplo a outros colegas. "Passei meses sem dar uma entrevista depois que anunciei essa renúncia, em novembro, mas entendo que falar sobre isso é necessário para o debate. Ainda mais porque vejo que o Judiciário, que é valoroso, está receoso ou refletindo sobre como se colocar a respeito disso. Vários colegas estão, sim, preocupados com isso", disse. "E debater isso é importante para que não apenas saiamos mais fortes, como mais antenados com a realidade brasileira", opinou.

Fonte: JL/Notícias ao Minuto
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
01/12/18, 22:18 | PROTESTOS - Em passeata, estudantes e professores pedem por mais segurança em Teresina
01/12/18, 22:14 | MUNDO - Protestos deste sábado na França têm menos gente e mais violência
01/12/18, 22:07 | FRAUDE - Bolsonaro tem acordo com Moro para afastar alvos de denúncias robustas
01/12/18, 15:02 | POLÍTICA - Deputada mais votada da Câmara diz ter recebido “cesta com cabeça de porco”
01/12/18, 14:54 | FORMAÇÃO - Profissionalizar Teresina qualificou mais de 2 mil trabalhadores
01/12/18, 14:49 | SAÚDE - Centro especializado faz mais de 7 mil atendimentos a diabéticos em 2018
01/12/18, 14:35 | FRAUDE - PF abre inquérito para investigar ministro de Bolsonaro
01/12/18, 14:24 | SAÚDE - OMS: 37 milhões de pessoas vivem com HIV em todo o mundo
30/11/18, 18:34 | ECONOMIA - Pesquisa diz que 40% dos micro e pequenos empresários querem investir
30/11/18, 18:31 | ECONOMIA - Economistas defendem inserção de idosos no mercado de trabalho
30/11/18, 18:26 | ARTIGO - Reforma Tributária e punição aos Municípios
30/11/18, 16:28 | ECONOMIA - Conta de luz terá bandeira verde em dezembro, sem cobrança extra
30/11/18, 16:13 | BENEFÍCIO - Dodge recorre de fim do auxílio-moradia para todas carreiras jurídicas
30/11/18, 16:11 | PREVIDÊNCIA - Aposentados e pensionistas se unem para enfrentar a ‘reforma’ da Previdência
30/11/18, 16:05 | EVENTO - EUA, México e Canadá assinam autorização para novo Nafta
30/11/18, 16:00 | TRANSIÇÃO - Moro anuncia comandantes do Coaf e da Secretaria de Políticas de Drogas
30/11/18, 15:28 | DECISÃO - Juiz federal foi condenado a pagar R$ 2 bilhões por prejuízos à União
30/11/18, 15:06 | TRANSIÇÃO - Almirante Bento Albuquerque Junior é confirmado para Minas e Energia
29/11/18, 22:04 | CRIMES - Com Pezão, Rio já tem mais de dez autoridades presas por corrupção e propina
29/11/18, 21:30 | MUNDO - Boi gigante chamado 'Calcinha' escapa do abate na Austrália por ser grande demais
29/11/18, 21:20 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que não dará continuidade à intervenção federal no Rio
29/11/18, 21:14 | JUDICIÁRIO - STF suspende julgamento sobre indulto natalino; placar está 6 a 2
29/11/18, 21:12 | JUDICIÁRIO - Turma do STF julga terça-feira mais um pedido de habeas corpus de Lula
29/11/18, 21:08 | ESPORTE - Primeiro-ministro espanhol autoriza final da Libertadores em Madri
29/11/18, 21:06 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que não colocará 'tropa na rua sem retaguarda jurídica'
29/11/18, 20:54 | ARTIGO JURÍDICO - A cassação de mandato eletivo e o processo eleitoral
29/11/18, 14:50 | SAÚDE - Há mazelas no SUS que precisam ser resolvidas, diz Raquel Dodge
29/11/18, 14:46 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que Trump pode vir ao Brasil para sua posse em janeiro
29/11/18, 14:43 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Raquel Dodge diz que Pezão sucedeu Cabral em esquema criminoso
29/11/18, 13:26 | ESPORTE - Flamengo já trabalha com nome de Renato como técnico 2019
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site