CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Folha mostra que Bolsonaro mentiu a seus eleitores sobre seus gastos na Câmara

A Folha checou valores com base em dados oficiais e públicos da Câmara. Na verdade, segundo as informações da Casa, o deputado gastou muito mais do que publicou na tabela

10/01/18, 12:55

O

deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) divulgou nas redes sociais nesta terça-feira (9) um número inflado da economia que teria feito aos cofres públicos nos últimos oito anos.

O presidenciável publicou uma tabela anual com o total de seus gastos do “cotão”, a verba mensal que cada deputado tem para custeio de atividades relacionadas às suas atividades legislativas.

Com a inscrição “aguardando divulgação por parte da Folha de S.Paulo e demais órgãos de imprensa” e a sua foto de braços cruzados, Bolsonaro afirmou na publicação que teria devolvido aos cofres públicos R$ 1,3 milhão do “cotão”, de 2010 até 2017.

Folha checou valores com base em dados oficiais e públicos da Câmara. Na verdade, segundo as informações da Casa, o deputado gastou muito mais do que publicou na tabela.

Pelos números da Câmara, o parlamentar consumiu nos oito anos R$ 2,5 milhões do “cotão”, não R$ 1,7 milhão, como publicou nas redes sociais.

Com isso, ele deixou de utilizar, na verdade, R$ 486 mil, e não R$ 1,3 milhão como afirmava em sua publicação. A média de “economia” ficou em R$ 61 mil por ano.

Bolsonaro também não “devolveu” nem esse dinheiro, como indicou em sua publicação, já que a Câmara não “credita” valores para que os deputados gastem. Ela, na verdade, reembolsa eventuais custos, mediante apresentação de comprovantes.

As despesas referentes a 2017 podem aumentar porque o gabinete tem até este mês de janeiro para prestar contas de dezembro passado.

A cota de exercício da atividade parlamentar é oferecida pela Câmara para custeio de gastos como passagem aérea, alimentação, combustível, aluguel e material de escritório, entre outros, tudo relacionado à atividade parlamentar. No caso de parlamentares do Rio, o cotão é de R$ 35.759.

Em 2012, por exemplo, a tabela de Bolsonaro dizia que ele só gastou R$ 155 mil de R$ 321 mil a que teria direito naquele ano. Com isso, teria deixado de utilizar R$ 166 mil.

Na verdade, a economia foi bem menor porque Bolsonaro gastou em 2012 R$ 303 mil, cerca do dobro do que informou aos seus seguidores nas redes sociais.

No domingo, a Folha publicou que o presidenciável e seus três filhos parlamentares multiplicaram o patrimônio na política, reunindo atualmente 13 imóveis em áreas valorizadas do Rio e de Brasília, com preço de mercado de cerca de R$ 15 milhões.

Na segunda, a Folha mostrou que Jair e seu filho Eduardo, também deputado federal, receberam R$ 730 mil de auxílio-moradia da Câmara desde 1995 (Eduardo desde 2015) mesmo tendo apartamento próprio em Brasília.

O auxílio-moradia é pago a deputados que não ocupam apartamentos funcionais no DF. Como há mais deputados do que vagas em imóveis destinados a eles, a Câmara desembolsa para cada um desses, por mês, R$ 4.253.

NOTAS

Há duas formas de pagamento: 1) por meio de reembolso, para quem apresenta recibo de aluguel ou de gasto com hotel em Brasília, 2) ou em espécie, sem necessidade de apresentação de qualquer recibo, mas nesse caso com desconto de 27,5% relativo a Imposto de Renda.

Jair e Eduardo Bolsonaro utilizam essa segunda opção, o que rende mensalmente, para cada um, R$ 3.083. O salário de um deputado federal é de R$ 33,7 mil.

O auxílio-moradia pode ser recusado pelos congressistas. Em, novembro, 27 dos 513 deputados abriram mão do benefício.

OUTRO LADO

Procurada pela reportagem, a assessoria do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) informou que estava “apurando a falha”. A reportagem perguntou se o parlamentar gostaria de se manifestar sobre as diferenças de valores em relação aos números da Câmara, mas não houve resposta.

Na noite desta terça (9), a equipe do deputado divulgou uma versão reduzida da tabela, com correções.

Fonte: JL/Via Folha de S. Paulo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
04/01/18, 16:35 | POLÍTICA - PT aciona PGR para investigar acordo firmado pela Petrobras nos EUA
04/01/18, 16:33 | ARTIGO - Caso da menina Emily - Equívoco jurídico insustentável
04/01/18, 16:30 | BAIXA - Ministro da Saúde anuncia que também deixará o cargo para concorrer à reeleição
04/01/18, 16:16 | MISTÉRIO - Um ano após acidente, filho de Teori não descarta assassinato do pai
03/01/18, 18:32 | CORRUPÇÃO - Defesa de Maluf quer usar mortes de detentos na Papuda para soltá-lo
03/01/18, 18:27 | CORRUPÇÃO - Moro questiona os contrários a prisão em segunda instância: “Vamos retomar a impunidade como regra?”
03/01/18, 16:45 | CELEBRIDADES - Gêmeas de 7 anos são as novas 'meninas mais bonitas do mundo'
03/01/18, 16:41 | SUCESSÃO - Entenda possíveis cenários que podem definir futuro político brasileiro
03/01/18, 16:26 | POLÍTICA - Dilma vai abrir 'vigília' na frente de tribunal para julgamento de Lula
03/01/18, 15:57 | POLÊMICA - Petrobrás de Temer e PSDB vai “indenizar” investidores americanos em R$ 10 bilhões
03/01/18, 15:54 | SEGURANÇA PÚBLICA - Comitiva inspeciona presídio onde nove presos foram mortos durante rebelião em Goiás
03/01/18, 15:34 | ECONOMIA - Pesquisa mostra que 48% dos consumidores pretendem reduzir gastos em 2018
03/01/18, 15:24 | CRIME - Adolescentes vão responder por homicídio após morte de menino com linha com cerol em Teresina
03/01/18, 15:18 | ECONOMIA - Brasil caminha para ser como uma nação pobre da África, mostram dados do FMI
03/01/18, 15:00 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa mostra que povo enxerga perseguição do Judiciário contra Lula
03/01/18, 13:52 | LUTO - Advogado morre depois de cair de escada durante festas de fim de ano no PI
03/01/18, 13:42 | GOVERNO - Ministro Marcos Pereira entrega carta a Temer pedindo demissão
03/01/18, 13:39 | DISCUSSÃO - Parecer de projeto que combate a violência contra mulheres será apresentado após recesso no PI
03/01/18, 13:06 | DENÚNCIA - Deputada Janainna Marques responde notícia de acusação por improbidade administrativa
03/01/18, 09:18 | POLÍTICA - Aliados de Alckmin desconfiam de ações de FHC contra o governador
02/01/18, 19:37 | ECONOMIA - Michel Temer sanciona Orçamento de 2018 com deficit de R$ 157 bilhões
02/01/18, 19:24 | ECONOMIA - Meta dos brasileiros para 2018 é juntar dinheiro, aponta pesquisa
02/01/18, 17:48 | INVESTIGAÇÃO - Polícia confirma que carro estava parado quando menina foi morta por PMs
02/01/18, 17:04 | POLÍTICA - Apesar de governadores presos, RJ teve os parlamentares mais bem avaliados em 2017
02/01/18, 16:47 | MUNDO - Em mensagem para 2018, secretário-geral da ONU pede união dos povos
02/01/18, 16:44 | CORRUPÇÃO - Denúncias barram a 'ponte para o futuro' de Michel Temer
02/01/18, 16:25 | ARTIGO - Desafio - Uso das redes sociais no processo eleitoral de 2018
02/01/18, 13:42 | INVESTIGAÇÕES - Lava Jato do Rio supera Paraná no números de operações em 2017
02/01/18, 13:35 | DADOS - PRF registra 987 acidentes e 67 mortos em rodovias federais no feriado de Ano Novo
02/01/18, 13:30 | POLÍTICA - Maia reclama que Planalto não liberou parte de R$ 50 mi a deputados
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site