CBN - A rádio que toca notícia

REPERCUSSÃO

Trabalhador é condenado a pagar R$ 8,5 mil em honorários com nova Lei Trabalhista

A reforma trabalhista prevê que o empregado que entrar com uma ação na Justiça contra a empresa e perder poderá ter que arcar com as custas do processo

13/11/17, 22:27

S

entenças proferida no sábado mesmo dia em que nova legislação trabalhista entrou em vigor, provoca polêmica na Bahia. Tomando como base a nova legislação, o juiz José Cairo Júnior, Titular do TRT da 3ª Região, na cidade de Ilhéus, sul do Estado chamou a atenção por negar o pleito de um trabalhador e por condená-lo a arcar com as custas do processo.

O funcionário de uma empresa do ramo agropecuário entrou na Justiça reivindicando indenização de R$ 50 mil por ter sido assaltado à mão armada quando se preparava para se deslocar para o local de trabalho.

Entretanto, o magistrado não viu no fato implicação por parte da empresa e rejeitou a tese de "responsabilidade civil do empregador decorrente de atos de violência praticados por terceiros".

Ele ainda indeferiu o benefício da justiça gratuita, determinando que o autor da ação pagasse a quantia de R$ 8,5 mil de custas processuais, e por litigância de má-fé, por ter reivindicado o pagamento de horas extras - que não teriam sido comprovadas .

O juiz entendeu que não há como atribuir ao empregador a responsabilidade pelo aumento da criminalidade na região, já que tal situação não está sob seu controle, além disso, o fato sequer poderia ser considerado acidente de trabalho.


"O próprio reclamante, em suas alegações finais, informa que o evento teria ocorrido enquanto ele se preparava para se deslocar ao trabalho e não no seu efetivo trajeto", justificou o juiz.

Sobre a reivindicação de pagamento de horas extras, José Cairo Junior alega que o reclamante, durante o seu depoimento informou que trabalhava das 7 horas às 12 horas e das 13 horas às 16 horas, de segunda a sexta-feira, e aos sábados até às 11 horas.

"Ora, tais informações comprovam que o autor alterou a verdade dos fatos, pois em sua inicial diz que só gozava de 30 minutos de intervalo", fundamentou.

Nova regra

A reforma trabalhista prevê que o empregado que entrar com uma ação na Justiça contra a empresa e perder poderá ter que arcar com as custas do processo. De acordo com o texto, os chamados honorários de sucumbência serão de 5% a 15% do valor da ação.

Fonte: JL/Estado de Minas
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
04/02/18, 09:07 | DENÚNCIA - Organizações denunciam encontro de juízes com tucanos em evento
04/02/18, 08:01 | CARNAVAL - Corso 2018 de Teresina reúne milhares de foliões sem registro de crimes
03/02/18, 11:48 | DENÚNCIA - Desembargadores que julgaram Lula ganham acima do teto
03/02/18, 11:25 | DENÚNCIA - Apartamento de Moro pode ter custado o triplo do declarado
03/02/18, 11:14 | POLÊMICA - Cristiane Brasil é investigada por associação ao tráfico
02/02/18, 19:37 | SAÚDE - Brasil deve ter 600 mil novos casos de câncer por ano em 2018 e 2019
02/02/18, 18:23 | POLÊMICA - TRF-1 derruba decisão e autoriza Lula a receber o passaporte de volta
02/02/18, 18:18 | POLÊMICA - Ministro do STF derruba decisão que proibia privatização da Eletrobras
02/02/18, 17:31 | POLÊMICA - Governo ataca servidores públicos em propaganda para aprovar reforma da previdência
02/02/18, 17:26 | POLÊMICA - Moro diz que auxílio moradia é para compensar falta de reajuste do salário
02/02/18, 15:22 | ENCONTRO - Em almoço no Paraná, Moro, Fagner, Marrone e Zico autografam violão que será leiloado
02/02/18, 15:11 | POLÊMICA - Moro e os outros três juízes que condenaram Lula têm privilégio do auxílio-moradia
02/02/18, 13:27 | CARNAVAL - Strans informa quais ruas devem ser interditadas para o Corso de Teresina
02/02/18, 13:23 | HOMICÍDIO - Vídeo mostra que motorista envolvido em atropelamento avançou sinal vermelho
02/02/18, 12:41 | JULGAMENTO - Juristas: condenação de Lula é baseada em perseguição, não em fatos
02/02/18, 11:56 | POLÊMICA - Juízes vão ao Supremo Tribunal contra indulto de Temer
02/02/18, 11:46 | JUDICIÁRIO - PGR defende coleta de DNA de condenados por crimes violentos
02/02/18, 09:59 | CHARGE - Geuvar ironiza discurso de Carmen Lúcia ao lado de investigados
02/02/18, 09:54 | DEPOIS DO GOLPE - Brasil vive grave crise democrática, diz ONG alemã
02/02/18, 09:44 | DENÚNCIA - Moro recebe auxílio-moradia mesmo com imóvel próprio em Curitiba
02/02/18, 08:55 | JULGAMENTO - Lewandowski libera para julgamento decisão que garante reajuste a servidores
02/02/18, 08:49 | POLÊMICA - Gilmar Mendes diz que existem “falsos heróis” em matéria penal
02/02/18, 08:44 | LUTO - Filho mais velho de Fidel Castro se suicida em Cuba
02/02/18, 08:37 | VIOLÊNCIA - Rio já tem 16 policiais mortos e 34 feridos somente em 2018
01/02/18, 19:20 | INQUÉRITO CIVIL - Prefeito de Luzilândia sofre primeiro processo de investigação por irregularidades
01/02/18, 19:14 | RECURSOS PÚBLICOS - Luzilandia recebeu mais de R$ 40 milhões em 2017 somente de repasses federais
01/02/18, 19:06 | OPINIÃO - Lewandowski: Estado não pode revogar direitos conquistados pelo povo
01/02/18, 18:54 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisas do DEM sugerem distanciar Rodrigo Maia do governo
01/02/18, 18:43 | EVENTO - Evento nacional de juízes terá participação de políticos exclusivamente de direita
01/02/18, 18:41 | EDUCAÇÃO - Má gestão da economia é uma das principais causas da evasão no ensino médio
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site