CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Raquel Dodge pede arquivamento de investigação contra deputados do PP

Para a procuradora-geral, só há provas de que um político participou do esquema: o vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, que na época era presidente do PP

13/04/18, 15:27
A
procuradora-geral da República, Raquel Dodge, não encontrou provas de um repasse de R$ 2,7 milhões a seis deputados do PP — incluindo o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PB) — e um ex-parlamentar do partido nas eleições de 2010, e pediu que uma investigação contra eles seja arquivada. A solicitação foi enviada para o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator de um inquérito que investiga supostos pagamentos da empreiteira Queiroz Galvão a membros do partido, originao a partir da Operação Lava-Jato.

O pedido também beneficia os deputados Mário Negromonte Júnior (BA), Eduardo da Fonte (PE), Simão Sessim (RJ), Roberto Balestra (GO) e Jerônimo Goergen (RS) e Waldir Maranhão, que deixou o PP e está no PSDB. “Nada impede, entretanto, a retomada das investigações caso surjam novas evidências sobre os fatos”, ressaltou Raquel Dodge.
 
Para a procuradora-geral, só há provas de que um político participou do esquema: o vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, que na época era presidente do PP. Dornelles não tem foro no STF e, por isso, Raquel Dodge solicitou que essa parte da investigação seja enviada para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

O inquérito que está no Supremo investiga duas situações diferentes. O pedido de Dodge diz respeito apenas ao primeiro episódio: o suposto pagamento feito nas eleições de 2010. O outro fato investigado é a suspeita de realização de um contrato fictício em 2011. Aguinaldo Ribeiro e Eduardo da Fonte também são investigados nesse caso, ao lado do senador Ciro Nogueira (PI) e do deputado Arthur Lira (AL). Ou seja, mesmo que Fachin atenda ao pedido de Raquel Dodge de arquivamento da outra investigação, os dois deputados continuarão a fazer parte do inquérito.
 
Em relação a esse segundo episódio, a procuradora-geral considera que a investigação precisa continuar, e pediu para que ela seja prorrogada por 60 dias. Além disso, Raquel Dodge quer que sejam realizadas oitivas de diversas pessoas, incluindo os quatro parlamentares, o doleiro Alberto Yousseff, que mencionou o fato em seu acordo de delação premiada, e Idelfonso Colares, que era presidente da Queiroz Galvão na época. Todos os pedidos serão analisados por Fachin.
Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
03/01/19, 14:59 | DECISÃO - Governador do Rio ameaça tratar como terrorista criminoso que usar fuzil
03/01/19, 14:50 | INVESTIGAÇÃO - Governo Bolsonaro diz que identificou 'movimentação incomum' de gastos e nomeações de Temer
03/01/19, 14:39 | SUSPEIÇÃO - Bolsonaro impõe censura ao Coaf e proíbe servidores e até presidente do órgão de comentar processos
03/01/19, 14:29 | PERSEGUIÇÃO - Bolsonaro inicia caçada a servidores de oposição pelas redes sociais
03/01/19, 13:36 | EDUCAÇÃO - CARREIRA: Veja 10 profissões que estarão em alta em 2019
03/01/19, 13:33 | POLÍTICA - Acordo de Maia com o PSL incomoda esquerda e surpreende 'Centrão'
03/01/19, 13:28 | ECONOMIA - Governo estuda criar Imposto de Renda mais caro para ricos
03/01/19, 13:25 | SOCIAL - Caixa vai focar crédito imobiliário e baixa renda, diz novo presidente
03/01/19, 13:01 | POLÊMICA - Fim do Ministério do Trabalho é questionado no Supremo Tribunal
03/01/19, 12:58 | NOMEAÇÃO - “Não me interessa o que pensa Mourão”, diz Marun sobre críticas
03/01/19, 12:54 | ECONOMIA - Bolsa se encaminha para novo recorde pelo segundo dia consecutivo
02/01/19, 21:41 | ECONOMIA - Dólar cai e bolsa bate recorde no primeiro dia do governo Bolsonaro
02/01/19, 21:39 | NOVO GOVERNO - Bolsonaro faz nesta quinta 1ª reunião ministerial após assumir governo
02/01/19, 20:56 | REFORMAS - Previdência, privatizações e simplificação de tributos são 'pilares da nova gestão'
02/01/19, 17:00 | MUDANÇA - Novo ministro da Saúde defende 3º turno em Postos de Saúde
02/01/19, 16:55 | BÚZIOS - Médium que previu prisão de Pezão faz previsão ruim para Bolsonaro
02/01/19, 16:52 | ABUSOS SEXUAIS - João de Deus passa mal na cadeia e é levado a hospital
02/01/19, 15:44 | VATICANO - Papa Francisco critica quem 'vai à igreja e odeia os outros'
02/01/19, 15:42 | SOCIAL - Ministro diz que 13º para Bolsa Família será pago 'com certeza' em 2019
02/01/19, 15:15 | COMEMORAÇÃO - Michelle Bolsonaro recebe amigos para churrasco na Granja do Torto
02/01/19, 13:37 | ECONOMIA - Varejo pode deixar de faturar R$ 7,6 bi por causa de feriados
02/01/19, 13:27 | RESTRIÇÕES - Governo Bolsonaro começa com limitação a trabalho de jornalistas e protesto de entidades
02/01/19, 13:13 | GOVERNO - Medida provisória detalha a estrutura de poder do governo Bolsonaro. Veja a íntegra
02/01/19, 13:08 | ELEIÇÃO DA CÂMARA - Maia promete presidência da CCJ e PSL fecha apoio a reeleição
02/01/19, 13:00 | PROPOSTA - Guedes tem pronta MP que revê regras da Previdência e poupa R$ 50 bi
02/01/19, 12:50 | ECONOMIA - Nova equipe econômica pretende anunciar medidas a cada dois dias
02/01/19, 12:47 | POSSE - Moro assume Ministério da Justiça e Segurança e diz que Brasil não será 'porto seguro' para criminosos
02/01/19, 09:32 | ECONOMIA - Temer previa R$ 1.006 e Bolsonaro fixa salário mínimo em R$ 998
01/01/19, 21:28 | ANÁLISE - Brasil dá um giro radical com Bolsonaro e instala a extrema direita no Planalto
01/01/19, 20:15 | HOMILIA - Papa Francisco apela para que todos contribuam para o bem comum
« Anterior 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site