CBN - A rádio que toca notícia

DIREITOS HUMANOS

Anistia Internacional cobra atuação mais ativa do MP no caso Marielle

A entidade entregou um ofício ao procurador-geral. Ele reafirmou o compromisso com a elucidação dos crimes

13/06/18, 20:36
 
A
Anistia Internacional organizou uma manifestação na manhã de hoje (13) para cobrar do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro um papel mais ativo nas investigações dos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, que completam 90 dias amanhã (14).

A assessora de Direitos Humanos da entidade, Renata Neder; a viúva de Marielle, Mônica Benício, e o pai da vereadora, Antônio Francisco da Silva, além de participarem do ato, se reuniram com o procurador-geral do Ministério Público do Rio de Janeiro, Eduardo Gussem, para pedir a atuação estratégica do Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública (Gaesp) e do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

"A gente espera que o procurador-geral se pronuncie reafirmando seu compromisso absoluto com a solução adequada desse caso", disse Renata, que destacou que o Ministério Público precisa averiguar se a condução das investigações tem sido adequada e se não há negligência.

A entidade entregou um ofício ao procurador-geral. Ele reafirmou o compromisso com a elucidação dos crimes. "É importante que cheguemos aos verdadeiros culpados. É obvio que uma investigação dessa magnitude, dessa complexidade, leva um período significativo, e não estamos abrindo mão de qualquer tipo de informação ou relacionamento".

Marielle e Anderson foram assassinados em 14 de março, e as investigações sobre o crime seguem sob sigilo, apesar de uma série de informações já terem sido divulgadas pela imprensa.

Para a Anistia Internacional, é importante que o sigilo seja preservado, mas o silêncio sobre o caso reforça a sensação de impunidade.

"É uma questão de priorizar recursos, priorizar tempo, priorizar atenção e se decidir politicamente que esse caso não vai ficar sem solução. E é isso que a gente espera das autoridades, que se comprometam publicamente", disse Renata.

A diretora executiva da Anistia Internacional, Jurema Werneck, também cobrou do Ministério Público. “Para garantir a competência e independência na apuração do caso, o Ministério Público deve exercer seu poder de investigação e cumprir seu papel de controle externo das atividades policiais através de seus grupos especializados. É preciso ainda que o processo seja realizado em tempo hábil, siga todos os padrões éticos e o devido rito legal”.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
05/10/18, 19:42 | REPERCUSSÃO - Jornal francês: Bolsonaro é “racista, homofóbico, misógino e pró-ditadura”
05/10/18, 19:39 | ELEIÇÕES 2018 - Google faz parceria com TSE para esclarecer dúvidas de eleitores
05/10/18, 19:26 | JUSTIÇA ELEITORAL - TSE libera eleitor para votar com camiseta de candidato
05/10/18, 17:02 | MUNDO - 'A maior democracia da América Latina está em perigo', diz jornal britânico
05/10/18, 16:58 | MOVIMENTO - Acadêmicos de todo o mundo alertam: democracia brasileira está em risco
05/10/18, 16:41 | POLÊMICA - Gilmar Mendes manda soltar irmão de Beto Richa e mais sete suspeitos
05/10/18, 15:43 | CAMPANHA ELEITORAL - TSE manda Facebook retirar 'fake news' contra Haddad
05/10/18, 15:32 | POLÍTICA - Bolsonaro e Haddad estão empatados, diz pesquisa do mercado
05/10/18, 14:51 | IMPOSTO - Receita libera consulta do quinto lote de restituição do IRPF 2018
05/10/18, 14:22 | PREMIAÇÃO - Médico e ativista contra violência sexual ganham Nobel da Paz
05/10/18, 13:57 | ELEIÇÕES 2018 - Ministério Público recebe mais de 120 denúncias contra empresas por coação eleitoral
05/10/18, 13:54 | ELEIÇÕES - Apuração das eleições só estará disponível após as 19h
05/10/18, 13:50 | POLÍTICA - 'Nunca mais quero pisar nesse lugar', diz Ciro sobre covardia da Globo
05/10/18, 13:07 | POLÍTICA - Empresários, advogados e deputados são maioria entre candidatos
04/10/18, 21:20 | DECISÃO - LUZILÂNDIA OUTRA VEZ HUMILHADA: TCE bloqueia contas do Município
04/10/18, 20:41 | ECONOMIA - Medo do desemprego recuou em setembro, mas continua acima da média
04/10/18, 20:36 | POLÍTICA - Torcida do Palmeiras grita em canto: Bolsonaro vai ‘matar veado’
04/10/18, 20:33 | DATAFOLHA - Bolsonaro vai a 35% e mantém liderança na disputa à Presidência
04/10/18, 20:12 | ELEIÇÕES 2018 - Governo elabora operação especial para o setor elétrico durante eleições
04/10/18, 19:49 | POLÍTICA - Ministro garante: 280 mil agentes vão garantir tranquilidade nas eleições
04/10/18, 19:37 | OPINAR - Pesquisa aponta Haddad com 56% e Bolsonaro (PSL) com 14,70%dos no PI
04/10/18, 16:53 | PESQUISA - OPINAR: Wellington Dias amplia vantagem e alcança 48,52% no Piauí
04/10/18, 16:07 | ELEIÇÕES 2018 - Haddad vai ao TSE contra fake news divulgadas por apoiadores de Bolsonaro
04/10/18, 15:59 | EDUCAÇÃO - Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
04/10/18, 15:44 | EDUCAÇÃO - A um mês do exame, ansiedade marca alunos que farão Enem
04/10/18, 15:37 | INTERNACIONAL - ONG diz que mais de mil pessoas seguem sob escombros na Indonésia
04/10/18, 15:34 | DECISÃO - TSE confirma que Dilma Rousseff pode disputar eleição ao Senado
04/10/18, 14:17 | DEMOCRACIA - Referência da história contemporânea, Constituição completa 30 anos
04/10/18, 13:15 | ARTIGO JURÍDICO - Direito do consumidor nas compras pela internet
04/10/18, 12:26 | PESQUISA - Janainna Marques fica entre os mais votadas para a Assembléia
« Anterior 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site