CBN - A rádio que toca notícia

CARNAVAL

Sapucaí tem ‘Temer Vampirão’ e ‘Crivella Judas’ no 1º dia de desfiles

Reformas foram alvo da Paraíso do Tuiuti. Mangueira criticou prefeito do Rio. São Clemente cobrou solução para EBA

12/02/18, 14:43

A

1ª noite de desfiles do grupo especial do Carnaval do Rio de Janeiro foi marcada por protestos ao longo dos 700 metros da Marquês de Sapucaí. Das 7 escolas de samba que desfilaram na noite deste domingo (11.fev.2018), 3 criticaram políticos e a gestão pública.

Sobrou até para o presidente Michel Temer (MDB) e para o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB).

O Paraíso do Tuiuti quis refletir os 130 anos da abolição da escravatura no Brasil. Com o enredo “Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?”, a escola abordou o passado e o presente dos trabalhadores no país.

Entre as críticas apresentadas, estavam as reformas econômicas promovidas pelo governo de Temer e os movimentos sociais que culminaram no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Temer foi retratado na última alegoria da escola. O destaque central, o professor de história Léo Morais, vestia terno, gravata, 1 esplendor formado por notas de dinheiro e uma faixa presidencial. Ele retratava 1 “vampiro neoliberal”.

A alegoria representava o “neo-tumbeiro” dos trabalhadores. Ela era dividida em 2 níveis: na parte inferior, a massa trabalhadora; em cima, a classe dominante. Além dos trabalhadores, a escola retratou o que classificou como “manifestoches”, “golpresários” e os “vampiresários”.

Na parte da frente da alegoria, uma mão acorrentada. Ao corpo de jurados, Jack Vasconcelos enviou 1 documento dizendo que essa mão representa a ligação dos trabalhadores com o “velho tumbeiro, demonstrando que o antigo regime exploratório dos ricos sobre os pobres avança em golpeantes reformas”.

O desfile foi assistido por, pelo menos, 1 dos ministros do governo Temer. Marx Beltrão, do Turismo, circulou por camarotes do sambódromo e compartilhou cenas do Tuiuti.

Temer, o "Vampirão"

O PECADO DO CARNAVAL

A Estação Primeira de Mangueira levou à Marquês de Sapucaí o enredo “Com dinheiro ou sem dinheiro, eu brinco”. Foi uma crítica ao corte de verbas destinadas ao Carnaval promovido pela Prefeitura do Rio.

A 2ª maior vencedora da folia carioca (19 títulos –atrás apenas da Portela, 22), mandou recados diretos ao prefeito da cidade, Marcelo Crivella (PRB). Num dos momentos do desfiles, o retratou como Judas. Crivella é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus.

“Crivella, pega no Ganzá”, dizia a inscrição.

A expressão é uma referência à reunião da qual Crivella recebeu apoio da Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba) quando ainda era candidato à prefeitura, em 2016. Na ocasião, o então senador pelo Rio de Janeiro brincou com a presidente do Salgueiro, Regina Celi. Crivella cantou o refrão do samba que consagrou o 5º título da escola tijucana, em 1971.

Além de ser retratado como Judas, Crivella foi parar em uma bunda. O nome do prefeito virou tatuagem de 1 boneco gigante com pouca roupa.

ESCOLA DE BELAS ARTES

Os 200 anos de fundação da Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro também foram abordados. Com o enredo “Academicamente popular”, a São Clemente criticou a falta de solução para a reestruturação do espaço físico da instituição.

Em fevereiro de 2016, 1 incêndio tomou o prédio da EBA. Desde então, professores e alunos precisam usar outros espaços do campus da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). O tripé da agremiação que retratava o incidente era cercado por alunos da EBA.

‘Oh, pátria amada, por onde andarás?’

A 2ª noite de desfiles do grupo especial do Carnaval carioca terá 6 escolas. As agremiações que prometem os enredos mais incisivos desta 2ª feira (12.fev) são Beija-Flor de Nilópolis e Portela.

Com o enredo “Monstro é aquele que não sabe amar: os filhos abandonados da pátria que os pariu”, a azul e branco nilopolitana promete inverter a lógica da monstruosidade partindo da história do Frankenstein. Um dos questionamentos que a Beija-Flor fará é se o monstro é a criatura de aparência repugnante ou se é o criador, uma figura repleta de egoísmo e arrogância.

A escola fará uma associação com a realidade. Abordará, principalmente, a questão da infância e do isolamento socioeconômico no Brasil.

Já a Portela abordará a xenofobia no enredo “De repente de lá pra cá e dirrepente de cá pra lá”. Falará sobre a história de imigrantes judeus que se instalaram no Recife (PE) e que, anos depois, foram para os Estados Unidos, onde ajudaram a fundar a cidade de Nova York.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
10/02/18, 18:35 | INVESTIGAÇÃO - PF encontra contas em paraísos fiscais em nome do pai, da mãe e da filha de ex-assessor de Temer
10/02/18, 18:15 | CARNAVAL - Porto da Pedra, Estácio e Renascer se destacam no 1º dia de desfiles no Rio
10/02/18, 18:09 | CARNAVAL - Brasília também tem espaço para as crianças curtirem o carnaval
10/02/18, 18:01 | CARNAVAL - Centenário do Cordão da Bola Preta emociona multidão no Rio
10/02/18, 17:40 | ILEGALIDADE - “Em paz com minha consciência”, diz juiz no MA que abriu mão de auxílio-moradia
10/02/18, 17:31 | POLÍTICA - Ao DEM, Huck relata medo de perder dinheiro e ser traído
10/02/18, 16:11 | CARNAVAL - Designer investe em fantasias de carnaval para animais em Teresina
10/02/18, 16:02 | REPERCUSSÃO - Para Planalto, fala de Segovia foi uma trapalhada e reacende inquérito sobre propina no porto de Santos
10/02/18, 15:58 | POLÊMICA - Relator de investigação sobre Temer no STF intima Segovia a explicar declarações
10/02/18, 15:47 | CARNAVAL - Miss Brasil fala da emoção de desfilar pela 1ª vez em escola de samba de SP
10/02/18, 15:41 | POLÊMICA - Apenas 15% dos juízes federais abrem mão de auxílio-moradia, mostra levantamento
09/02/18, 16:34 | HISTÓRIA - O dia em que o frevo virou patrimônio imaterial da humanidade
09/02/18, 16:31 | ILEGALIDADE - Barroso suspende pagamento de auxílios a membros do MP de Minas Gerais
09/02/18, 16:15 | PREVIDÊNCIA - Governo mantém cortes na aposentadoria e proposta da reforma da Previdência vai prejudicar 45 milhões de trabalhadores
09/02/18, 16:00 | VIOLÊNCIA - Escola de Teresina suspende aulas após cinco arrombamentos em quinze dias
09/02/18, 15:39 | POLÍTICA - Globo diz que TSE vai tirar Lula da eleição em velocidade recorde
09/02/18, 15:34 | ARTIGO - Crime de Oficial Militar - Demissão ou Exclusão a Bem da Disciplina
09/02/18, 15:28 | SENADO - Requião será relator do fim do auxílio-moradia para Judiciário
09/02/18, 15:22 | DISCURSO - Cármen Lúcia: “cidadão está cansado de todos nós, inclusive do Judiciário”
08/02/18, 21:52 | DISCÓRDIA - Eunício diz que reforma da Previdência foi 'mal vendida' pela equipe econômica do governo
08/02/18, 21:42 | OPERAÇÃO SAQUEADOR - Juiz Marcelo Bretas libera empreiteiro Fernando Cavendish da prisão domiciliar
08/02/18, 21:09 | POLÊMICA - Site do Exército mostra erros da Operação Lava Jato e ataca o MPF
08/02/18, 18:49 | INSANIDADE - Pai vítimas diz que líder de seita no PI obrigava adolescentes a ingerir fezes
08/02/18, 18:39 | DECISÃO - Assassino da estudante de Direito Camilla Abreu é expulso da PM-PI
08/02/18, 17:26 | JUDICÁRIO - Gilmar Mendes pede parecer da PGR sobre transferência de Cabral
08/02/18, 17:23 | CRIME - Justiça anula testamento de ganhador da Mega-Sena assassinado
08/02/18, 17:00 | ELEIÇÕES 2018 - Justiça Eleitoral quer permitir auditoria nas urnas no dia da votação
08/02/18, 14:05 | JUDICIÁRIO - Julgamento no STF sinaliza chance de Lula escapar da prisão
08/02/18, 13:32 | DECISÃO - Fux garantiu ganho inconstitucional a juízes, dizem juristas
08/02/18, 13:23 | POLÊMICA - Mordomias de juízes já são debatidas nas igrejas
« Anterior 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site