CBN - A rádio que toca notícia

COMANDO

Novo diretor vê 'corrupção sistêmica' e diz que PF 'ampliará' operações

Novo diretor-geral da PF deu declaração à TV Globo logo após assinar termo de posse, nesta sexta. Segundo ele, 'não será só uma ampliação, uma melhoria na Lava Jato, será em todas as operações'

10/11/17, 19:43

O

novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, avaliou nesta sexta-feira (10) à TV Globo que a corrupção no Brasil é "sistêmica". Por isso, explicou, o objetivo é "ampliar" as operações de combate a esse tipo de prática.

Segóvia assumiu o comando da PF nesta semana, substituindo Leandro Daiello, que estava no cargo desde 2011. A nomeação do novo diretor-geral já foi publicada no "Diário Oficial da União".

"A Lava Jato, na realidade, ela é uma das operações de combate à corrupção no país. O que a Polícia Federal pretende é justamente ampliar, aumentar o combate à corrupção. Então, não será só uma ampliação, uma melhoria na Lava Jato, será em todas as operações que a Polícia Federal já vem empreendendo, bem como ainda ampliar, quer dizer, criar novas operações", disse Segóvia nesta sexta.

"Pode ter uma única certeza: que a corrupção nesse país ela é sistêmica, mas existe a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e vários outros órgãos que combatem a corrupção nesse país, e a gente pretende continuar cada vez mais fortes nesse combate."

As declarações foram dadas no Ministério da Justiça, logo após Segóvia assinar o termo de posse. A expectativa é que o novo diretor-geral da PF se encontre, ainda nesta sexta, com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Outros temas

Saiba abaixo o que Fernando Segóvia disse sobre outros temas:

Equipe da Lava Jato: "Essa questão a gente está começando a trabalhar agora dentro de um processo de transição natural dentro da Polícia Federal. A Polícia Federal está tranquila, já tive reuniões com todos os atuais diretores, todos os atuais superintendentes regionais e todos estão tranquilos. A gente pretende continuar o trabalho da Polícia Federal e as mudanças serão feitas paulatinamente e, com certeza, sempre tem gente que está cansada e quer sair e tem gente que está nova e quer começar um trabalho. Então, é natural substituições."

'Pressão política': "A política, na realidade, ela faz parte da vida do ser humano, então, como diretor- geral, eu tenho que realmente trabalhar politicamente com vários órgãos e várias instituições, o que não quer dizer que a gente não combata os crimes que são cometidos por pessoas. As instituições não cometem crimes, as pessoas cometem crimes."

'Parceria' com o MP: "O que a gente precisa, na realidade, é melhorar talvez a investigação, melhorar os focos nas investigações e, aí, combater melhor esse tipo de crime, combatendo na realidade a essência da corrupção. Nisso a gente vai, vamos dizer assim, trabalhar em parceria com o Ministério Público Federal e outras organizações para tentar melhorar esse combate."

Movimentações

Desde que Segóvia foi anunciado novo diretor-geral da PF, algumas mudanças passaram a ser articuladas na corporação.

O diretor executivo da PF, Rogério Galloro, por exemplo, será o novo secretário nacional de Justiça. Galloro era o favorito do ministro da Justiça, Torquato Jardim, para assumir a Polícia Federal.

Para o lugar de Galloro, o nome mais cotado é o do ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal Vilmar Lacerda, que tentou se eleger deputado em 2014 pelo PMDB.

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
09/11/17, 08:34 | LEGISLAÇÃO - Câmara aprova fim de progressão penal para condenados por mortes de policiais
08/11/17, 19:19 | EDUCAÇÃO - Inep descarta possibilidade de cancelamento do Enem deste ano
08/11/17, 19:16 | ECONOMIA - Dieese: pagamento do décimo terceiro deve injetar R$ 200 bilhões na economia
08/11/17, 19:10 | SEM VOTO - Em busca de apoio do Congresso, Planalto recua e propõe minirreforma da Previdência
08/11/17, 18:53 | POLÍTICA - Pré-candidata à Presidência defende consulta para revogar medidas de Temer
08/11/17, 18:41 | POLÍTICA - Ciro Gomes diz que PSDB vai 'enganar o povo dizendo que não é Temer'
08/11/17, 18:29 | CRIME - Depois de 2 anos sacando benefícios suspeitos de estelionato são presos no PI
08/11/17, 18:06 | CORPORAÇÃO - Integrantes da Polícia Federal demonstram apreensão com troca de diretor-geral
08/11/17, 13:39 | CRIME - PF desarticula organização criminosa que fraudava Enem em Teresina e outras cidades
08/11/17, 13:29 | POLÍTICA - Tasso lança candidatura e promete novo código de ética para o PSDB
08/11/17, 13:26 | ESPORTE - Messi promete caminhar 50km se a Argentina ganhar a Copa da Rússia
08/11/17, 13:20 | POLÍTICA - Temer já admite saída de ministros do PSDB de seu governo
08/11/17, 13:00 | ARTIGO - Uma contribuição para a cidadania
08/11/17, 12:02 | ARTIGO - Polícia Militar: honra pessoal, pundonor militar e decoro da classe
07/11/17, 19:50 | SENADO FEDERAL - Decepcionado com PSDB, senador pede licença e empresário assume
07/11/17, 15:07 | FGTS - Caixa libera mais de R$ 8,7 bilhões para o crédito imobiliário
07/11/17, 15:04 | ECONOMIA - Preços do varejo para o Natal devem cair pela primeira vez desde 2009
07/11/17, 14:30 | POLÊMICA - Raquel Dodge se manifesta contra proposta de autonomia da PF
07/11/17, 13:47 | MUNDO - Hong Kong é a cidade mais visitada do mundo; Rio fica em 88º
07/11/17, 13:40 | ESPORTE - Barcelona quer lateral do Corinthians chamado de ‘novo Marcelo’
07/11/17, 13:24 | ESPORTE - Flamengo define Maracanã como palco de semifinal da Sul-Americana
07/11/17, 12:54 | REFÉM DO CONGRESSO - Temer ouve de líderes queixas contra privatizações e acordos descumpridos
07/11/17, 12:50 | INCERTEZAS - Para jurista, reforma trabalhista faz parte de 'momento trágico'
07/11/17, 12:31 | RECONHECIMENTO - MPF ganha prêmio internacional por combate à corrupção na Lava Jato
07/11/17, 12:07 | PALESTRA - Corrupção no Brasil se espalhou de modo 'espantoso', diz Barroso
06/11/17, 21:06 | LEVANTAMENTO - Operação Finados registra mais de 1 mil acidentes nas BRs e deixa 1.015 pessoas feridas e 73 mortas
06/11/17, 20:46 | REFORMAS - Temer reconhece que reforma previdenciária pode ser derrotada
06/11/17, 19:12 | ESPORTE - Real Madrid sonha com Neymar para substituir Cristiano Ronaldo
06/11/17, 19:05 | ECONOMIA - Temer decide enviar projeto de lei para privatização da Eletrobras
06/11/17, 19:02 | POLÍTICA - Por reforma ministerial, partidos ameaçam boicotar reunião com Temer
« Anterior 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site