CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Ordem jurídica é 'sacrificada' para manter Lula preso, diz jurista

"O Direito está passando longe", diz Marcelo Tadeu Lemos de Oliveira, em referência ao episódio da suspensão de habeas corpus concedido a ex-presidente e cassado por presidente do TRF4

09/07/18, 18:23

"F

ica claro que o Judiciário, a todo custo, sacrifica a ordem jurídica para manter o presidente preso ilegalmente." Essa é a avaliação do juiz aposentado Marcelo Tadeu Lemos de Oliveira sobre a suspensão, por parte do desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores, da decisão do também desembargador Rogério Favreto, que determinou a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Acho que, infelizmente, o Judiciário ao final de tudo escancara que não está cumprindo seu papel de garantir a regularidade no Estado democrático de direito. O Direito está passando longe", aponta.

Marcelo Tadeu tem entendimento similar ao da professora da Universidade de Brasília (Unb) Beatriz Vargas Ramos, de que a tese do "conflito de competência" para barrar a liberdade de Lula não se sustenta juridicamente. "Não há conflito de decisões porque a decisão única, que deveria prevalecer, é a do Favreto porque a do (desembargador João Pedro) Gebran sequer existe, foi dada no momento em que ele não tinha jurisdição. Quem tem jurisdição é o juiz plantonista."

"Favreto tinha competência e a avaliação dele é de mérito, entendendo que aquela prisão deveria ser suspensa", pontua o magistrado aposentado, ressaltando que a decisão do Supremo Tribunal Federal em relação à prisão em segunda instância não vincula nenhuma decisão de outros tribunais no país.

Para o jurista, o episódio de domingo é ilustrativo a respeito de um processo eivado de irregularidades. "É aquela história, pau que nasce torto morre torto. Todo processo de Lula é realmente difícil do ponto de vista jurídico. Primeiro, as visitas que não podiam ser feitas a ele; depois, recursos que foram negados com a possibilidade concreta de que ele respondesse em liberdade", diz. "Espero que o Judiciário corrija isso, mas parece que não existe essa disposição."

Para Marcelo Tadeu, é passada a hora de se discutir uma reforma no setor. "O Brasil não pode prescindir da reforma do Judiciário. Ela é essencial."

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
13/11/18, 10:55 | ARTIGO - Poderes do juiz e os princípios da neutralidade e da imparcialidade
13/11/18, 09:24 | EDUCAÇÃO - Tecnologia poderá ajudar na implantação do novo Ensino Médio
13/11/18, 09:17 | JUSTIÇA - Barroso diz que debate sobre aborto deve ser feito no Supremo
13/11/18, 09:13 | JUSTIÇA - Alexandre de Moraes diz que papel do STF é evitar ditadura da maioria
13/11/18, 00:33 | CAMPANHA ELEITORAL - TSE aponta 17 indícios de irregularidades nas contas de Bolsonaro
12/11/18, 23:01 | ARTIGO JURÍDICO - CASO DR. SABÓIA EM LUZILÂNDIA: "Prescrita a pena principal, prescrita estará também a pena acessória"
12/11/18, 20:11 | TRANSIÇÃO - 'Se não abrir a caixa-preta do BNDES, está fora', diz Bolsonaro sobre Levy
12/11/18, 20:03 | ESPORTE - Sem Neymar, seleção vai a campo com oito convocados e aguarda chegadas
12/11/18, 19:53 | NATAL - Papai Noel dos Correios: cartas podem ser adotadas pela web
12/11/18, 19:38 | JUDICIÁRIO - Brasil tem cerca de 22,6 mil jovens privados de liberdade, diz CNJ
12/11/18, 19:34 | TRANSIÇÃO - Bolsonaro reconhece dificuldade para aprovar reforma da Previdência ainda em 2018
12/11/18, 19:31 | ENTREVISTA - Moro diz que demitirá 'colegas' ministros envolvidos em corrupção
12/11/18, 19:21 | TRANSIÇÃO - Nesta segunda-feira, Bolsonaro desidratou Moro, que perdeu o CADE
12/11/18, 17:46 | TRANSIÇÃO - Ex-ministro de Dilma comandará BNDES na gestão de Bolsonaro
12/11/18, 17:41 | TRANSIÇÃO - Saiba quais são os principais desafios do governo Bolsonaro
12/11/18, 17:36 | COMISSÃO - Brasil vive retrocesso nos direitos humanos, avalia comissão da OEA
12/11/18, 16:30 | POLÍTICA - Cinco dos 14 partidos atingidos por cláusula de barreira negociam fusões
12/11/18, 16:24 | DECISÃO - Ministro do STJ manda soltar Joesley Batista e delatores da J&F da Operação Capitu
12/11/18, 16:00 | EDUCAÇÃO - Por decreto, Maranhão garante Escolas com Liberdade e sem Censura
12/11/18, 15:12 | PRONUNCIAMENTO - Equipe econômica de Bolsonaro não durará seis meses, projeta Cid Gomes
12/11/18, 14:59 | INSTITUCIONAL - Procuradoria do Amazonas comemora 46 anos e o Dia Estadual do Procurador
12/11/18, 14:55 | CONFERÊNCIA - Entidades vão denunciar violações no Brasil e os riscos para o ambiente global
12/11/18, 14:50 | REFORMAS - Saiba o que ficará sob o comando do superministério de Guedes em 2019
12/11/18, 10:02 | CORRUPÇÃO & PROPINA - STJ manda soltar Rodrigo Figueiredo, preso na Operação Capitu
12/11/18, 09:38 | ECONOMIA - Celebração do consumo pode levar a superendividamento, alerta juíza
12/11/18, 09:35 | SAÚDE - Novo cálculo de reajuste de planos de saúde será discutido nesta terça
12/11/18, 09:31 | ECONOMIA - Inadimplência atinge 62 milhões de brasileiros e afeta 3% do crédito
11/11/18, 22:43 | EDUCAÇÃO - Professores dizem que provas exigiram menos cálculos do que as de 2017
11/11/18, 22:33 | EDUCAÇÃO - Enem deste domingo tem 66 eliminados e 1 milhão e 600 mil ausentes
11/11/18, 22:08 | BRASILEIRÃO - Palmeiras empata com Atlético-MG e mantém vantagem sobre o Inter
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site