CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Novo laudo do IML reafirma que Maluf pode cumprir pena em presídio

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996)

09/01/18, 19:50

O

Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal concluiu um novo laudo no qual afirma que não há impedimentos para que deputado Paulo Maluf (PP-SP) continue preso na Penitenciária da Papuda, em Brasília. O deputado cumpre pena definitiva de sete anos e nove meses, definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O novo laudo, entregue ontem (8) à Justiça, foi realizado para responder a 32 novos questionamentos elaborados pelos advogados do parlamentar, que não concordaram com o primeiro laudo realizado pelos peritos, que chegaram à mesma conclusão.

Com base nas informações enviadas, o juiz Bruno Aielo Macacari decidirá se Maluf vai continuar preso ou poderá cumprir prisão domiciliar. Antes da decisão, o magistrado deve colher parecer do Ministério Público e a manifestação da própria defesa. A defesa do deputado, de 86 anos, alega que ele deve cumprir prisão domiciliar porque sofre de câncer de próstata, problemas cardíacos e na coluna, além de hérnia de disco.

“Acostou-se o laudo da perícia médica do IML, com as respostas aos quesitos formulados pela defesa, no qual se concluiu que o sentenciado está acometido de doenças graves, mas sem indicação de que há algum impedimento ao cumprimento da pena privativa de liberdade recolhido no Centro de Detenção Provisória - CDP, desde que assistido pela equipe médica”, diz trecho de uma decisão anexada ao processo.

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996). Os recursos teriam sido desviados da construção da Avenida Água Espraiada, hoje chamada Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi cerca de R$ 800 milhões.

As investigações se arrastaram por mais de dez anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância da Justiça. Os procuradores do Ministério Público estimaram em US$ 170 milhões a movimentação total de recursos ilícitos. O Supremo assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado federal.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
11/10/18, 19:17 | ARTIGO - “Fake News”, arma de guerra em mãos covardes
11/10/18, 17:07 | ANÁLISE - Casos de violência mancham campanha eleitoral de Bolsonaro
11/10/18, 16:54 | ANÁLISE - Vitória de Bolsonaro poderá provocar 'banho de sangue' nas periferias”
11/10/18, 16:48 | CAMPANHA ELEITORAL - Haddad recebe ato de apoio e defende reformas bancária e tributária
11/10/18, 16:42 | POLÊMICA - Filha de Temer declara apoio a Haddad no segundo turno
11/10/18, 16:37 | INTERNACIONAL - Cerca de 821 milhões de pessoas passam fome no mundo
11/10/18, 16:34 | CRIME - Identificados 5 suspeitos de ligação com agressores de jovem por simpatizantes de Bolsonaro
11/10/18, 16:28 | ECONOMIA - Mais de 62 milhões de brasileiros estão negativados, aponta SPC
11/10/18, 16:22 | POLÍTICA - Propaganda eleitoral no 2º turno para presidente começa nesta sexta
11/10/18, 16:20 | PROPINA - Tribunal Federal concede habeas corpus e manda soltar ex-governador do PSDB
11/10/18, 15:47 | CRIME - Servidora pública é espancada em PE após criticar Bolsonaro
11/10/18, 00:43 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que não tem controle sobre atos violentos de apoiadores
11/10/18, 00:40 | POLÍTICA - Haddad recebe carta de “apoio e apreço” de integrantes do PSDB
11/10/18, 00:08 | PESQUISA - DATAFOLHA: Do 1º para o 2º turno, Bolsonaro conquistou 12%; Haddad 13%
10/10/18, 16:51 | INVESTIGAÇÃO - Ex-governador do PSDB é preso pela PF por propina de R$ 12 milhões
10/10/18, 16:21 | ELEIÇÕES - Haddad defende união e diz estar aberto ao diálogo com militares
10/10/18, 16:15 | CAMPANHA - Caso Marielle Franco é destaque em campanha global de direitos humanos
10/10/18, 16:09 | POLÍTICA - Estudante da UFPR é agredido a garrafadas por apoiadores de Bolsonaro
10/10/18, 14:40 | SEGUNDO TURNO - 'Todos pelo Brasil': Campanha de Haddad troca vermelho pelas cores da bandeira
10/10/18, 13:58 | CLIMA TENSO - Médica rasga receita de paciente que votou em Haddad
10/10/18, 13:49 | CONFRONTO - Haddad ataca Bolsonaro: ‘Defende torturador e conta mentiras’
10/10/18, 13:43 | CRIMES - 23 parlamentares envolvidos na Lava Jato perdem o foro privilegiado
10/10/18, 13:29 | REPÚDIO - Em show, Roger Waters lista Bolsonaro como neofascista
10/10/18, 13:22 | SEGUNDO TURNO - ‘Vou à enfermaria em que ele estiver’, diz Haddad sobre debate com Bolsonaro
10/10/18, 13:15 | SEGUNDO TURNO - Saiba quais partidos já anunciaram apoio a Bolsonaro ou Haddad no 2º turno
10/10/18, 10:32 | POLÍTICA - Noblat denuncia campanha de perseguição da Record e Band contra Haddad
10/10/18, 10:23 | POLÍTICA - CNBB pede voto em candidatos democráticos e não violentos
10/10/18, 10:15 | ELEIÇÕES 2018 - Estado com maior população de negros elege primeira deputada negra
10/10/18, 09:44 | POLÍTICA - PT e PSDB perdem mais de 30% dos votos para senador
10/10/18, 09:39 | POLÍTICA - Brasil terá número recorde de deputados estaduais milionários
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site