CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Temer tentou obtruir Justiça com compra de silêncio de Cunha, diz PF

O relatório final da Operação Cui Bono dedica um capítulo inteiro à suspeita de tentativa da compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Câmara e do doleiro Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do MDB, por parte de Michel Temer.

13/06/18, 20:52

O

relatório final da Polícia Federal referente a Operação Cui Bono, que investiga irregularidades e desvios na Caixa Econômica Federal na época em que o ex-ministro Geddel Vieira Lima era vice-presidente de Pessoa Jurídica da instituição, dedica um capítulo inteiro à suspeita de tentativa da compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Câmara e do doleiro Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do MDB, por parte de Michel Temer.

“Segundo o relatório, ‘no edifício probatório dos autos do inquérito 4483/STF’, da Operação Patmos, ‘foram verificados indícios suficientes de materialidade e autoria atribuível a Michel Miguel Elias Temer Lulia, Presidente da República, no delito previsto no Artigo 2.º, inciso 1, da 12.850/13, por embaraçar investigação de infração penal praticada por organização criminosa'”, diz o documento.

No inquérito, a PF pediu o indiciamento de 16 pessoas suspeitas de terem participado das irregularidades investigadas, dentre elas Cunha, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA), Lúcio Funaro, e executivos dos grupos Marfrig, Bertin e J&F, além do empresário e dono da Gol Linhas Aéreas, Henrique Constantino. Temer é apenas citado no inquérito em virtude de possuir foro privilegiado.

Segundo a PF, Temer teria incorrido no crime de obstrução da Justiça “na medida em que incentivou a manutenção de pagamentos ilegítimos a Eduardo Cunha, pelo empresário Joesley Batista, ao tempo em que deixou de comunicar autoridades competentes de suposta corrupção de membros da Magistratura Federal e do Ministério Público Federal que lhe fora narrada pelo mesmo empresário”.

Trecho do relatório diz respeito a uma gravação feita por Joesley Batista no dia 7 de março de 2017 durante um encontro com Temer no Palácio do Jaburu, em Brasília. No áudio, Joesley fala de providenciar uma ajuda financeira a Cunha e a Funaro para que eles não firmassem um acordo de delação com o Ministério Público Federal (MPF). Na ocasião, Temer teria avalizado o pagamento ao afirmar que o empresário “tem que manter isso, viu?”.

Temer já foi alvo de duas denúncias da Procuradoria-Geral da República (PGR) que acabaram arquivadas pela Câmara dos Deputados.

Fonte: JL/Estadão
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
10/01/19, 10:46 | POLÍTICA - Doria se reúne com Bolsonaro e reafirma apoio à reforma da Previdência
09/01/19, 22:30 | MUNDO - Relações Exteriores dos EUA repreendem aproximação com Bolsonaro
09/01/19, 22:23 | EDUCAÇÃO - MEC volta atrás e anula mudanças que davam margem a erros em livros
09/01/19, 22:18 | POLÍTICA - Ciro Gomes: 'Capital político de Bolsonaro não dura seis meses'
09/01/19, 16:26 | DIREITOS HUMANOS - Governo do Rio de Janeiro cria Coordenação de Desaparecidos
09/01/19, 16:21 | DISCUSSÃO - Ministro sugere regras diferenciadas para militares na Previdência
09/01/19, 16:17 | SENTENÇA - Geddel Vieira Lima poderá pegar até 80 anos de prisão
09/01/19, 15:52 | SFT - Toffoli nega pedido para votação aberta para presidência da Câmara
09/01/19, 15:30 | DENÚNCIA - Quem está pagando a conta de Queiroz no caríssimo Einstein?
09/01/19, 15:26 | FOLIA LARANJA - Caso Queiroz vira tema de marchinha de carnaval: 'Cheque não caiu na minha conta'
09/01/19, 15:21 | ENTREVERO - Moro é cobrado em supermercado: “Por que Queiroz não é pauta?”
09/01/19, 12:33 | EDUCAÇÃO - Gestão Bolsonaro retira violência contra mulher de edital de livros
08/01/19, 23:56 | POLÊMICA - Padres bolsonaristas defendem uso de armas para legítima defesa
08/01/19, 23:39 | POLÊMICA - Ciro elogia apoio federal no CE e chama MBL de 'facção criminosa'
08/01/19, 23:33 | VIOLÊNCIA - Sequência de ataques põe turistas em alerta no Ceará
08/01/19, 22:20 | INVESTIGAÇÃO - Ministério Público sinaliza quebrar sigilo fiscal e bancário de Queiroz
08/01/19, 22:15 | MEDIDA PROVISÓRIA - PDT entra com ação no STF contra extinção do Ministério do Trabalho
08/01/19, 22:13 | DESPACHO - Polícia Federal vai ampliar segurança do ministro Sergio Moro
08/01/19, 20:59 | INVESTIGAÇÃO - Documento denunciando corrupção em Luzilândia será enviado ao Ministro Sérgio Moro
08/01/19, 17:20 | POLÍTICA - Bolsonaro jura que não sabia da promoção do filho de Mourão
08/01/19, 17:15 | ECONOMIA - Somente 9% dos brasileiros conseguem pagar despesas de início de ano, diz pesquisa
08/01/19, 17:11 | DENÚNCIA - Onyx usou notas de amigo para receber mais de R$ 300 mil em verbas de gabinete
08/01/19, 17:01 | ECONOMIA - Brasileiro não consegue pagar gastos de início do ano com o que ganha
08/01/19, 16:52 | INVESTIGAÇÃO - Fabrício Queiroz recebe alta do hospital e família falta a depoimento
08/01/19, 16:45 | VIOLÊNCIA - Polícia já prendeu 168 suspeitos de ataques no Ceará
08/01/19, 16:24 | POLÊMICA - Vice de Bolsonaro 'emplaca' o filho com salário maior do que do presidente da Repúblca
08/01/19, 15:39 | ARTIGO - Defasagem de 95,4% na tabela do IR agride Estado Democrático de Direito
08/01/19, 15:15 | COMUNICAÇÃO - Anatel notifica usuários do Piauí e de mais 14 estados sobre bloqueio de celulares
08/01/19, 15:11 | ECONOMIA - Governo estuda privatizar ou liquidar 100 estatais, diz ministro
08/01/19, 15:04 | REUNIÃO - Ministros apresentam ações a serem implantadas no início do governo
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site