CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Presidente do INSS é demitido após contratar por R$ 8,8 milhões empresa de informática com sede em depósito de bebida

Segundo a reportagem, o contrato no valor de R$ 8,8 milhões foi assinado em abril mesmo após parecer de técnicos do INSS indicar que os programas de computador oferecidos pela RSX não terem utilidade para o órgão

16/05/18, 12:21

O líder do governo Temer no Congresso, deputado André Moura, foi responsável pela indicação de Francisco Lopes, à direita, para o INSS. Caberá a ele indicar o sucessor
O

ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, decidiu demitir o presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) Francisco Lopes. A exoneração foi encaminhada à Casa Civil e determinada após o jornal O Globo revelar que ele contratou a empresa RSX Informática Ltda, cuja sede funcionava numa loja destinada a venda de bebidas, para fornecer programas de computador ao órgão.

Segundo a reportagem, o contrato no valor de R$ 8,8 milhões foi assinado em abril mesmo após parecer de técnicos do INSS indicar que os programas de computador oferecidos pela RSX não terem utilidade para o órgão.

A exoneração foi acertada entre Alberto Beltrame e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Francisco Lopes era indicação do PSC, partido do líder do governo no Congresso, deputado André Moura (SE). Pelo acordo feito com o deputado, caberá ao PSC indicar o substituto de Francisco Lopes.

Contrato cancelado

Em seu último ato à frente do INSS, Francisco Lopes determinou o cancelamento do contrato. “O contrato com a empresa RSX Informática foi cancelado hoje por determinação do presidente do INSS, Francisco Lopes. O Instituto determinou abertura de diligências e procedimentos no sentido de esclarecer todos os fatos. A presidência do INSS informa ainda que prestará todos esclarecimentos necessários à opinião pública e aos órgãos de controle “, diz nota divulgada pelo órgão.

Principal responsável pela contratação da empresa, o presidente do INSS admitiu ter determinado a assinatura do negócio milionário sem sequer ter investigado se a RSX de fato existia.

Em entrevista ao Globo, o agora ex-chefe do INSS admitiu que houve falha na contratação. “As diligências deveriam ter sido feitas antes da contratação? Isso eu concordo. Eu conversei com os meninos (assessores do gabinete) e perguntei se eles fizeram diligência na empresa. Eles disseram que não foram, porque outros órgãos já haviam contratado a mesma empresa. Eu determinei (após a apuração de O Globo) uma diligência no contrato, e que eles peçam o currículo de todas as pessoas que vão trabalhar no nosso contrato, se elas têm vínculo com a empresa e qual a capacidade técnica deles”, disse Francisco Lopes.

A empresa que teve o contrato cancelado nesta manhã, a RSX Informática, nega que haja irregularidades e alega que possui uma “estrutura é modular” que “ pode ser ampliada ou reduzida, segundo a demanda de cada projeto”.
 
Fonte: JL/Congresso em Foco
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
13/01/19, 16:52 | INUSITADO - Advogado aparece em foto de bermuda nos corredores do STF
13/01/19, 16:45 | VIOLÊNCIA - Carro da deputada Martha Rocha é alvejado e motorista é baleado
13/01/19, 16:39 | CRIMINALIDADE - Governador do Rio reafirma que criminosos devem ser tratados como terroristas
13/01/19, 16:32 | ARTIGO JURÍDICO - Inventário e Partilha Extrajudicial
13/01/19, 16:26 | VIOLÊNCIA - 'Estão reagindo à aplicação da lei', diz secretário sobre ataques no Ceará
13/01/19, 16:20 | ENSINO - 10 dicas cientificamente comprovadas para melhorar bastante seus estudos
13/01/19, 16:18 | PROPOSTA - Ideia legislativa quer acabar com pagamento de anuidade da OAB
12/01/19, 20:43 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Toffoli passa decisão sobre denúncias contra Temer para Barroso
12/01/19, 20:39 | VIOLÊNCIA - Deputados do Ceará preparam pacote de lei contra crime organizado
12/01/19, 20:34 | INTERNACIONAL - Explosão em padaria de Paris deixa mortos e dezenas de feridos
12/01/19, 17:44 | TERROR - Polícia apreende toneladas de explosivos que seriam usados em ataques no Ceará
12/01/19, 17:20 | VIOLÊNCIA - Decreto pró-arma de Bolsonaro poderá abranger 76% da população
12/01/19, 17:18 | CRIME - Witzel: Prisão dos envolvidos no caso Marielle deve acontecer neste mês
12/01/19, 17:12 | SFT - Toffoli passa decisão sobre denúncias contra Temer para Barroso
12/01/19, 16:13 | DECISÃO - Toffoli suspende pagamentos de advogados com recursos do Fundeb
12/01/19, 15:59 | ARTIGO JURÍDICO - Caos no Ceará e Terrorismo
12/01/19, 15:52 | DESCASO - Em vídeo, Queiroz dança no hospital com a mulher e a filha rindo do povo
12/01/19, 15:37 | TERRORISMO - Torre de transmissão de energia é alvo de ataque na Grande Fortaleza
12/01/19, 15:33 | VIOLÊNCIA - Bolsonaro defende que ataques no CE sejam considerados terrorismo
11/01/19, 23:25 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisas: 91% querem polícias mais enérgicas contra o crime organizado
11/01/19, 21:09 | POLÍTICA - Com Bolsonaro articulação política deve piorar, apostam líderes
11/01/19, 21:06 | ECONOMIA - Bolsonaro veta regras para cheques e proíbe crédito bancário a devedores do FGTS
11/01/19, 20:53 | CRIMINALIDADE - Governo paulista autoriza PM a usar arma calibre 12 em chamadas do 190
11/01/19, 20:43 | ESPORTE - CBF divulga tabela detalhada da primeira fase da Copa do Brasil
11/01/19, 20:37 | PUNIÇÃO - Bolsonaro sanciona lei que determina cassar CNH de condenados por contrabando
11/01/19, 20:29 | PROPINA - MPF pede condenação de ex-assessor de Temer no caso da mala com R$ 500 mil
11/01/19, 20:19 | POLÊMICA - Petrobras violou plano de cargos para promover 'amigo particular' de Bolsonaro, diz federação
11/01/19, 16:25 | ABUSOS SEXUAIS - João de Deus passa mal novamente na prisão e é medicado
11/01/19, 16:21 | POLÍTICA - Governo estuda enviar proposta única de reforma da Previdência
11/01/19, 16:18 | PREVIDÊNCIA - Teto do INSS para aposentadoria deve subir para R$ 5.839,45
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site