CBN - A rádio que toca notícia

DENÚNCIA

Reforma trabalhista empurra país para a pobreza, diz associação de juízes

Diretora da entidade afirma que trabalho intermitente não garante renda digna

16/04/18, 09:42

P

ara a diretora de Cidadania e Direitos Humanos da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Luciana Conforti, a Lei 13.467, de "reforma" trabalhista, vai acelerar o caminho do país para a pobreza extrema e a desigualdade social. A análise é feita com base em dados divulgados nesta semana por uma consultoria (LCA), amparada com informações do IBGE, demonstrando que de 2016 para 2017 cresceu (11%) o número de brasileiros em situação de pobreza: no ano passado, eram mais de 7%, o equivalente a 14,8 milhões de pessoas.

"O trabalho intermitente ou contrato a zero hora não garante uma renda mínima e digna para que o trabalhador possa fazer face às suas necessidades mais básicas", afirma a magistrada. Ela acredita que, com as mudanças trazidas pela lei, os índices de pobreza e desigualdade serão acentuados. Luciana chama a atenção ainda para o "estancamento" da redução da desigualdade no país, onde mais de 20% da renda se concentra no 1% da população mais rica.  

A Anamatra destaca ainda que o crescimento de postos de trabalho no Brasil, em 12 meses, deve-se basicamente ao mercado informal. De acordo com o IBGE, foram criadas 1,848 milhão de vagas em 12 meses, até janeiro, mas essa expansão vem do emprego sem carteira (986 mil) e do trabalho por conta própria (581 mil).

O presidente da associação, Guilherme Feliciano, afirma que a situação econômica "põe em xeque" a reforma trabalhista, particularmente nas propostas que preveem modalidades precárias de contratação. "A prestação de serviços de autônomo exclusivo implica em informalidade e o contrato de trabalho intermitente, se permite inflar as estatísticas do emprego formal, pode ser vazio de conteúdo, autorizando meses de contratação sem qualquer salário. Na prática, em situações como esta, a condição social será a mesma de um trabalhador informal”, critica. 

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
17/03/19, 15:44 | ARTIGO - Direito Penal Eleitoral
17/03/19, 15:33 | CRIME - Preso com fuzis do acusado de matar Marielle tem crise de ansiedade em Bangu 1
17/03/19, 14:41 | DEPOIMENTO - Ar-condicionado teve curto-circuito 2 dias antes de incêndio no Flamengo
17/03/19, 14:32 | MOVIMENTO - Mil pessoas, 300 comitês, uma vigília e a luta por liberdade e justiça para Lula
17/03/19, 14:10 | POLÍTICA - Bolsonaro embarca para os Estados Unidos; 7 ministros participam da viagem
17/03/19, 13:57 | VIOLÊNCIA - Escolas precisam se preparar para situações de violência
17/03/19, 13:46 | REAÇÃO - Lava Jato: manifestantes fazem ato contra decisão do STF
17/03/19, 12:47 | TRAGÉDIA - Treze de 16 professores relataram casos de agressão na escola de Suzano
16/03/19, 18:56 | CORRUPÇÃO - Gravação revela que Bolsonaro compra votos de deputados para Reforma da Previdência
16/03/19, 17:50 | POLÍTICA - Lula: 'Vou mostrar que os verdadeiros ladrões são os que me condenaram'
16/03/19, 17:46 | INVESTIGAÇÃO - Gilmar Mendes é alvo de 5 questionamentos no pedido da CPI Lava Toga
16/03/19, 17:39 | CRIME - Justiça aceita denúncia e acusados de matar Marielle viram réus
16/03/19, 17:30 | ANÁLISE - Massacre em escola de Suzano: Padrão de atiradores envolve crise de masculinidade e fetiche por armas, dizem especialistas
16/03/19, 17:24 | TRAGÉDIA - Terceiro jovem lamenta não ter sido envolvido no massacre em Suzano, diz polícia
16/03/19, 17:19 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Veja a lista de condenados em primeira instância da Lava Jato
16/03/19, 17:10 | INTERNACIONAL - Após massacre, premiê da Nova Zelândia promete mudar leis de armas
16/03/19, 16:54 | ARTIGO - Responsabilidade Médica
15/03/19, 17:48 | DECISÃO - Acordo que previa criação de fundação da Lava Jato é suspenso pelo ministro Alexandre de Moraes
15/03/19, 17:07 | PARLAMENTO - Projeto mantém crimes de corrupção em campanhas na JustiçaCcomum e Federal
15/03/19, 17:02 | POLÍTICA - Ciro Gomes tuíta 'escândalo' na reforma e secretário o desafia a provar
15/03/19, 16:52 | TRAGÉDIA - 'Hoje é o dia de vocês morrerem', gritava atirador de Suzano
15/03/19, 16:29 | REPERCUSSÃO - O falso discurso da mídia comercial a favor do desmonte da Previdência
15/03/19, 16:10 | TRAGÉDIA - Manifesto de atirador cita Brasil e faz referências a nacionalismo e games
15/03/19, 15:49 | MUNDO - Jovens de todo planeta se unem por medidas contra mudanças climáticas
15/03/19, 15:41 | POLÊMICA - Parlamentares miram pacote anticrime de Moro contra decisão do STF sobre caixa dois
15/03/19, 15:30 | VIOLÊNCIA - Professor entra armado na Secretaria de Educação do DF e é preso
15/03/19, 15:27 | INVESTIGAÇÃO - MP-RJ apura depósito de R$ 100 mil para acusado de atirar em Marielle
15/03/19, 09:01 | ARTIGO - Nenhum minuto de silêncio
15/03/19, 08:53 | OPINIÃO - A culpa é do Bolsonaro
15/03/19, 08:44 | OPINIÃO - Com Bolsonaro, o Brasil ficou menor, avalia Míriam Leitão
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site