CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Deputados querem reverter decisão do STF sobre a Lei da Ficha Limpa

O objetivo do projeto é “disciplinar” o alcance da lei, que torna inelegível condenados por abuso de poder econômico ou político

10/11/17, 13:40
 
O
Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu neste mês que a inelegibilidade de 8 anos estabelecida na Lei da Ficha Limpa, implementada em 2010, pode ser aplicada em casos anteriores ao ano em que a regra começou a valer. No entanto, a decisão não agradou líderes de diversos partidos que agora tentam reverter a regra.

O deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP) é o autor do projeto de lei complementar que reúne apoio de deputados de 19 partidos. O objetivo do projeto é “disciplinar” o alcance da lei, que torna inelegível condenados por abuso de poder econômico ou político.

O jornal O Globo destaca que a Lei da Ficha Limpa foi sancionada em junho de 2010 e começou a valer nas eleições seguintes, de 2012, mas por um placar apertado, de 6 a 5. O Supremo decidiu no início do mês passado que os políticos condenados antes de a lei entrar em vigor também podem ser atingidos por essa inelegibilidade de oito anos.

Segundo estimativas, a decisão do STF pode atingir 40 prefeitos, dois deputados federais, 50 estaduais e mais de 200 vereadores. " Um dos pilares do Direito é que a lei não retroage para prejudicar ninguém. A lei da Ficha Limpa é inquestionável, é um avanço para o país. Mas essa decisão do Supremo cria uma insegurança jurídica para a classe política", refere o líder do PMDB, Baleia Rossi (SP).

"O Supremo vai ter que modular isso. A lei da Ficha Limpa é bem-vinda, mantém um rigor necessário dentro do processo eleitoral. Ela só não pode valer para um período anterior à data em que foi publicada", defende o líder do DEM, Efraim Filho (PB).

Fonte: JL/Notícias ao Minuto
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
17/11/17, 13:34 | INVESTIGAÇÃO - Procuradoria quer que Fachin assuma investigação contra Maia
17/11/17, 13:08 | CORRUPÇÃO - Condenado a 72 anos de cadeia, Cabral completa 365 dias preso no Rio
17/11/17, 12:59 | INVESTIGAÇÃO - Juiz manda Cunha de volta para a prisão de Curitiba
17/11/17, 09:54 | CORRUPÇÃO - Fachin vai levar ao plenário do STF recursos do ‘quadrilhão do PMDB da Câmara’
16/11/17, 19:40 | POLÊMICA - Em parecer ao STF, Raquel Dodge defende prisão após condenação em 2ª instância
16/11/17, 19:35 | FUTEBOL - Messi recebeu dinheiro para jogar amistoso pela Argentina, diz delator
16/11/17, 19:31 | PROPINA - Desembargadores votam pela prisão de Picciani, Albertassi e Melo
16/11/17, 19:26 | PROPAGANDA - Temer lança campanha de R$ 20 mi para defender reforma da Previdência
16/11/17, 19:17 | POLÍTICA - Eleição antecipada na Câmara de Teresina gera disputa entre partidos
16/11/17, 18:59 | CRIME - Jovem é espancado e agressores tentam queimá-lo vivo no interior do Piauí
16/11/17, 13:10 | CRIME - Brasileira é morta por engano pela polícia em Lisboa
16/11/17, 13:02 | POLÊMICA - 'Há elementos para cassar concessão da Globo', diz deputado federal
16/11/17, 12:52 | ECONOMIA - PIB caiu em todos os Estados em 2015, revela IBGE
16/11/17, 12:48 | POLÍTICA - Ex-assessor de Cunha e Geddel é cotado para Secretaria do Governo
16/11/17, 12:43 | DEFESA - Política antidrogas no Brasil apenas destrói vidas, diz ministro do STF
16/11/17, 12:08 | ARTIGO - JVC e os suspicácias geradores de repugnância
16/11/17, 08:18 | CRIME - Atirador dos EUA matou esposa horas antes de tiroteio perto de colégio
16/11/17, 08:13 | FUTEBOL - Peru vence Nova Zelândia e volta à Copa após 36 anos
16/11/17, 08:03 | ESTUDO - Gêmeos de Cocal dos Alves recebem prêmios da Olimpíada de Matemática 2016
16/11/17, 07:55 | MEIO AMBIENTE - Brasil se oferece para sediar a Conferência do Clima em 2019
16/11/17, 07:50 | CONTRIBUINTE - Receita paga hoje o sexto lote de restituição do Imposto de Renda 2017
16/11/17, 07:36 | POLÍCIA - Reforma ministerial pode se tornar tiro no pé e aumentar desgaste de Temer
16/11/17, 07:32 | CRIME - Dodge denuncia ministro do TSE por agressão contra a mulher
16/11/17, 07:23 | MUNDO - Em 2016, terrorismo atingiu recorde de países em 17 anos
16/11/17, 07:09 | ESPORTE - É campeão: Corinthians vence o Flu e 'proclama a República do Timão’
14/11/17, 16:56 | CRISE - Reforma ministerial atingirá 17 pastas, diz Romero Jucá
14/11/17, 16:18 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa constata que 85% dos brasileiros são contra Reforma da Previdência
14/11/17, 14:14 | LEGISLAÇÃO - Brasil poderá proibir celular no trabalho, com direito a punições
14/11/17, 14:12 | ESTATÍSTICA - Brasil registra queda no número de casamentos e aumento de divórcios em 2016
14/11/17, 14:07 | ESTATÍSTICA - Número de mortes aumenta 24,7% em dez anos no Brasil
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site