CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Reduzir maioridade penal é retrocesso, avalia comissão da OEA

A redução da maioridade penal consta no plano de governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, que confirmou nesta segunda-feira (5), em entrevista à TV Band, que pretende levar adiante a proposta

05/11/18, 20:51

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (CIDH/OEA) realiza visita ao Brasil até o dia 12 de novembro, a convite do governo brasileiro.

A

presidente da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), Margarette Macaulay, avaliou hoje (5) que seria um retrocesso se o Brasil reduzir a maioridade penal para abaixo dos 18 anos.

Em visita ao Supremo Tribunal Federal (STF), Margarette Macauley ressaltou que pelas normas vigentes no direito internacional qualquer pessoa abaixo dos 18 anos não pode ser considerada um adulto. “Crianças não devem se encarceradas, a não ser em circunstâncias extremas”, afirmou.

Questionada sobre se a redução da maioridade penal poderia ser considerada um retrocesso em termos de direitos humanos, ela respondeu que “definitivamente”. Margarette destacou ainda que o Brasil assinou a Convenção Internacional dos Direitos da Criança, que prevê que a infância vai até os 18 anos.  

Ela lembrou, porém, que o órgão apenas comenta assuntos que tenham potencial de afetar a boa aplicação dos Direitos Humanos nas Américas e não interfere diretamente em questões políticas internas dos países.

A redução da maioridade penal consta no plano de governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, que confirmou nesta segunda-feira (5), em entrevista à TV Band, que pretende levar adiante a proposta.

Prisões

Margarette Macauley lidera uma comitiva da CIDH que faz uma inspeção no Brasil até a próxima semana. Um relatório preliminar sobre a visita deve ser divulgado em 12 de novembro. Serão examinados diversos pontos relativos aos direitos humanos, entre eles a situação das prisões brasileiras.

“A comissão, no geral, não está muito feliz com a situação carcerária do Brasil, está bastante insatisfeita”, afirmou a presidente da CIDH.

Ela lembrou que o Brasil ficou mal avaliado no último relatório anual da CIDH e que que por esse motivo a comissão resolver realizar uma inspeção no terreno, para avaliar uma possível melhora nos indicadores avaliados pelo órgão. “Parece que pode melhorar”, avaliou ela.

Audiências de custódia

Segundo o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, a presidente da CIDH fez perguntas específicas sobre três assuntos: o acesso à Justiça no Brasil, a implementação das audiências de custódia e a aplicação do habeas corpus coletivo concedido pela Corte às mulheres grávidas e mães de filhos até 12 anos.

Ele disse que fornecerá à comitiva todos os dados disponíveis sobre esses assuntos que estão disponíveis no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “No que diz respeito às audiências de custódia, já foram dezenas de milhares de pessoas soltas imediatamente por não terem cometido crime ou por não serem delitos passíveis de encarceramento”, destacou Toffoli.

Criada em 2015 pelo CNJ, a audiência de custódia prevê que qualquer preso em flagrante deva ser ouvido por um juiz em até 24 horas do encarceramento, ocasião na qual será examinada a necessidade real de detenção.
 
Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
21/03/19, 07:39 | INFORMALIDADE - Cresce número de domicílios sem renda do trabalho no Brasil
21/03/19, 07:44 | POLÊMICA - Reforma da Previdência quer acabar com Estado social no país
21/03/19, 07:41 | PESQUISA - IBOPE: avaliação positiva de Bolsonaro já está derretendo
21/03/19, 07:35 | INTRIGA - Moro “confunde as bolas” e é “funcionário de Bolsonaro”, diz Maia
20/03/19, 21:09 | PESQUISA - Ibope: Rejeição a Bolsonaro explode nas periferias e nas grandes cidades
20/03/19, 20:55 | PESQUISA - Bolsonaro perde três de cada dez apoiadores em dois meses, aponta Ibope
20/03/19, 20:42 | PESQUISA - IBOPE: Aprovação do governo Bolsonaro cai 15 pontos e vai a 34%
20/03/19, 16:19 | REAÇÃO - Parlamentares lançam frente contrária à Reforma da Previdência
20/03/19, 15:52 | RELIGIÃO - Missa da Misericórdia será celebrada pela primeira vez na paróquia de São Cristóvão
20/03/19, 15:41 | PARLAMENTO - Senado aprova proposta com regras de transparência para partidos
20/03/19, 15:20 | POLÊMICA - Projeto de aposentadoria de militares pode azedar ainda mais clima na base
20/03/19, 14:54 | REFORMAS - Bolsonaro recebe Mourão, ministros e comandantes das Forças Armadas para tratar de previdência dos militares
20/03/19, 14:36 | POLÍTICA INTERNACIONAL - Presidente do Senado do Chile recusa convite para almoço com Bolsonaro
20/03/19, 12:48 | PARLAMENTO - Projeto veda União de exigir órgão específico para assinar convênio com estado ou município
20/03/19, 12:39 | REPERCUSSÃO - Maior jornal americano detona: Brasil deu vexame com Bolsonaro
20/03/19, 12:08 | PARLAMENTO - Projeto no Senado: agressor de violência doméstica terá de ressarcir SUS
20/03/19, 12:04 | POLÍTICA - Moro pede ao Congresso que priorize pacote anticrime
20/03/19, 12:01 | ESTUDO - A cada 60 minutos, uma criança ou adolescente morre por arma de fogo
20/03/19, 11:57 | CERIMÔNIA - Marta defende esporte como ferramenta em busca da igualdade de gênero
20/03/19, 11:47 | POLÊMICA - Senadores mostram solidariedade a Kajuru diante de ação de Gilmar Mendes
20/03/19, 11:36 | IMBRÓGLIO - Senador Kajuru acusa ministro Gilmar Mendes de “vender sentenças”; ministro reage
20/03/19, 11:30 | ANÁLISE - Vai ter choradeira: STF agora parece disposto a não transferir sua autoridade à Lava Jato
20/03/19, 11:25 | INVESTIGAÇÃO - Novo relatório do Coaf levanta suspeita de laranja no gabinete de Bolsonaro na Câmara
19/03/19, 20:27 | POLÊMICA - Reforma da Previdência precisa ter preocupação social, apontam senadores
19/03/19, 19:48 | POLÊMICA - Nos EUA, Bolsonaro se desculpa por comentário sobre imigrantes
19/03/19, 19:46 | POLÍTICA - Projeto prioriza matrícula de filhos de mulheres vítimas de violência
19/03/19, 19:24 | INSCRIÇÃO - OAB não aceitará inscrição de acusados de violência contra mulheres
19/03/19, 15:52 | EDUCAÇÃO - Professora da Rede Municipal de Teresina lançará livro sobre educação e Síndrome de Down
19/03/19, 15:20 | INTERNACIONAL - O que disseram Bolsonaro e Trump durante encontro histórico na Casa Branca
19/03/19, 15:14 | ENCONTRO - Bolsonaro entrega Base de Alcântara a Trump e reafirma subordinação aos EUA
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site