CBN - A rádio que toca notícia

IMBRÓGLIO

Defesa de Lula diz que Moro, de férias, atuou para impedir soltura

“O juiz Moro e o MPF de Curitiba atuaram mais uma vez como um bloco monolítico contra a liberdade de Lula, mostrando que não há separação entre a atuação do magistrado e o órgão de acusação”, acrescenta a defesa

08/07/18, 19:50

O

advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cristiano Zanin Martins, divulgou nota em que afirma que o juiz Sérgio Moro, da primeira instância na Justiça Federal, de férias e sem jurisdição no processo atualmente, atuou “decisivamente para impedir o cumprimento da ordem de soltura emitida por um desembargador federal do TRF4 em favor de Lula, direcionando o caso para outro desembargador federal do mesmo tribunal, que não poderia atuar neste domingo (8).”

“É incompatível com a atuação de um juiz agir estrategicamente para impedir a soltura de um jurisdicionado privado de sua liberdade por força de execução antecipada da pena que afronta o texto constitucional — que expressamente impede a prisão antes de decisão condenatória definitiva (CF/88, art. 5º, LVII)”, diz Zanin.

“O juiz Moro e o MPF de Curitiba atuaram mais uma vez como um bloco monolítico contra a liberdade de Lula, mostrando que não há separação entre a atuação do magistrado e o órgão de acusação”, acrescenta a defesa.

Segundo Cristiano Zanin, a atuação do juiz Moro e do Ministério Público Federal para impedir o cumprimento de uma decisão judicial do Tribunal de Apelação reforçam que Lula é vítima de “abuso” e “má utilização das leis e dos procedimentos jurídicos para fins de perseguição política”.

"A defesa do ex-presidente usará de todos os meios legalmente previstos nos procedimentos judiciais e também no procedimento que tramita perante o Comitê de Direitos Humanos da ONU, para reforçar que o ex-presidente tem permanentemente violado seu direito fundamental a um julgamento justo, imparcial e independente e que sua prisão é incompatível com o Estado de Direito", finaliza a nota.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, desde o dia 7 de abril, por determinação do juiz Sérgio Moro, que determinou a execução provisória da pena de 12 anos de prisão na ação penal do triplex do Guarujá (SP), após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça.

Na manhã de hoje (8), o desembargador federal Rogério Favreto, do TRF-4, concedeu habeas corpus ao ex-presidente. Em seguida, o juiz Sérgio Moro afirmou, em despacho, que o desembargador não tem poderes para autorizar a libertação. O Ministério Público Federal também se posicionou de forma contrária à soltura.

O desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), relator da Lava Jato em segunda instância, suspendeu a decisão que determinou a liberdade provisória de Lula.

Fraveto reiterou a decisão de mandar soltar imediatamente o ex-presidente.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
19/01/19, 18:11 | PLANALTO - Bolsonaro designou três ministros para vigiar de perto o vice
19/01/19, 17:28 | IMBRÓGLIO - Moro seria um aliado da Globo na sua guerra contra Bolsonaro?
19/01/19, 17:16 | ARTIGO JURÍDICO - Enriquecimento sem Causa
19/01/19, 16:59 | CRIME - Em livro, Moro descreve depósitos fracionados como lavagem de dinheiro
19/01/19, 16:26 | CRIME - Ex-motorista de Bolsonaro: Investigação apura lavagem de dinheiro
19/01/19, 16:19 | INVESTIGAÇÃO - Planalto age para que suspeita sobre Flávio Bolsonaro não vire crise
19/01/19, 16:15 | ESCÂNDALO - Bolsonaro recebe visita de Flávio após revelação de depósitos suspeitos
19/01/19, 16:00 | POLÍTICA - ‘Só vai passar se pactuarmos com os governadores’, diz Maia sobre Previdência
19/01/19, 15:57 | MOVIMENTO - Associações planejam atos para protestar contra fim da Justiça do Trabalho
19/01/19, 15:54 | POLÍTICA - Candidatura de Lula ao Nobel da Paz tem até o fim do mês para ser efetivada
19/01/19, 12:40 | MIGRAÇÃO - Brasil já recebeu 1,1 milhão de imigrantes e 7 mil refugiados
19/01/19, 12:35 | ESPORTE - Amistoso entre Brasil e República Tcheca será dia 26 de março
19/01/19, 12:11 | LAVA JATO - Após perder foro, Pezão vira réu e será julgado por Bretas
19/01/19, 11:53 | IMBRÓGLIO - Para criminalista, Fux se contradiz e acaba prejudicando Jair Bolsonaro
19/01/19, 11:44 | ENTREVISTA - Flávio Bolsonaro fala à Record, ataca MP e não esclarece caso Queiroz
19/01/19, 11:30 | GEOLOGIA - Bairro em Maceió está afundando e famílias têm de desocupar residências
19/01/19, 11:16 | ESCÂNDALO - Assessores do presidente cobram resposta de Flavio sobre depósitos
19/01/19, 09:27 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Coaf aponta que Flávio Bolsonaro recebeu 48 depósitos suspeitos em 1 mês, no total de R$ 96 mil
18/01/19, 17:19 | ESCÂNDALO - As principais contradições da família Bolsonaro no caso Queiroz
18/01/19, 17:09 | SUPREMO - ‘Foro só vale no cargo’, diz Marco Aurélio sobre pedido de Flávio
18/01/19, 17:05 | ESCÂNDALO - Heleno diz que Bolsonaro vê caso Queiroz como ‘assunto do Flávio’
18/01/19, 16:50 | POLÍTICA - Bolsonaro nomeia secretária acusada de improbidade e danos ao erário
18/01/19, 16:16 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Caso Fabrício Queiroz: origens, cronologia dos fatos e personagens
18/01/19, 15:08 | PRÊMIO - Unesco anuncia Rio como primeira Capital Mundial da Arquitetura
18/01/19, 15:05 | EDUCAÇÃO - Aumenta pela primeira vez desde 2011 nota máxima na redação do Enem
18/01/19, 15:02 | DECISÃO - Governo prorroga por um ano Operação Acolhida a venezuelanos
18/01/19, 14:35 | INTERNACIONAL - Apoio de Bolsonaro à oposição venezuelana coloca Brasil em risco de guerra
18/01/19, 14:32 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Para jurista, Bolsonaro ‘passou recibo’ sobre sua relação com caso Queiroz
18/01/19, 14:30 | PRESTAÇÃO DE CONTAS - Em duas campanhas, Onyx recebeu R$ 200 mil de fabricante de armas
18/01/19, 13:35 | PARLAMENTO - Senadores gastaram R$ 21 milhões da Cota Parlamentar em 2018
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site