CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Ministro Barroso cassa autorização de posse de Cristiane Brasil e avoca ação

Barroso concordou com o pedido feito na reclamação e, além de manter Cristiane fora do Ministério do Trabalho, determinou o envio dos autos ao seu gabinete para que decida. Segundo o ministro, o STJ não poderia ter decidido sobre o caso

14/02/18, 17:52

O

ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, avocou para a corte o pedido de suspensão da liminar que impediu a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho. O ministro também cassou decisão do Superior Tribunal de Justiça que havia autorizado a posse por “manifesta incompetência”.

Na prática, a decisão do ministro mantém a liminar proferida pela ministra Cármen Lúcia durante o recesso judiciário. Ela havia suspendido a autorização da posse por entender que o pedido feito em reclamação ao Supremo era plausível e por não ter tido acesso à íntegra da decisão do STJ.

Dois dias antes da liminar da ministra Cármen, o vice-presidente do STJ, ministro Humberto Martins, cassou a decisão do Tribunal Federal da 2ª Região que havia proibido a posse de Cristiane Brasil na pasta do Trabalho. O TRF-2 havia entendido que, como a deputada ostenta duas condenações trabalhistas e ainda é devedora dos trabalhadores, não poderia comandar o ministério por ofensa ao princípio da moralidade da administração pública, descrita no artigo 37 da Constituição Federal.

O ministro Humberto Martins suspendeu a decisão da corte federal num pedido de suspensão de liminar ajuizado pela Advocacia-Geral da União. Ele considerou que o princípio da moralidade não é autoaplicável e depende de lei regulamentadora — e nenhuma lei diz que condenados pela Justiça do Trabalho estão proibidos de ser ministros do Trabalho.

Mas, em reclamação ao Supremo, os autores da ação popular que deu origem ao imbróglio envolvendo Cristiane Brasil alegaram usurpação de competência. De acordo com os advogados, como a discussão envolve um princípio constitucional, o da moralidade na administração pública, só o Supremo poderia julgar um pedido de suspensão de liminar.

Barroso concordou com o pedido feito na reclamação e, além de manter Cristiane fora do Ministério do Trabalho, determinou o envio dos autos ao seu gabinete para que decida. Segundo o ministro, o STJ não poderia ter decidido sobre o caso. A posição também já havia sido defendida pela Procuradoria-Geral da República em manifestação nesse processo.

Fonte: JL/Conjur
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
21/10/18, 16:40 | AGRESSÃO - Filho de Bolsonaro ameaça fechar o Supremo Tribunal com um soldado e um cabo
21/10/18, 16:14 | SISTEMA - Órgãos lançam observatório para registrar atos de violência por intolerância política
21/10/18, 16:09 | DECISÃO - Corregedor Nacional do CNJ atende OAB e revoga Provimento nº 68
21/10/18, 16:05 | EVENTO - Profissionais debaterão sobre suas áreas de atuação durante evento na OAB-PI
21/10/18, 15:15 | POLÍTICA - Alvo de protestos, Bolsonaro diz defender a liberdade de expressão
21/10/18, 15:10 | ELEIÇÕES 2018 - No Nordeste, Haddad promete limitar preço do gás de cozinha
21/10/18, 15:07 | MANIFESTAÇÕES - Brasileiros no exterior protestam contra ditadura e pela democracia
21/10/18, 15:04 | ELEIÇÕES 2018 - TSE prepara anúncio de medidas de combate às fake news
21/10/18, 15:01 | EDUCAÇÃO - Enem: estudantes podem confirmar inscrição a partir desta 2ª feira
21/10/18, 14:56 | POLÍTICA - Casa de Bolsonaro vira destino de políticos, famosos e religiosos
21/10/18, 14:52 | POLÍTICA - Todos pelo Brasil: ruas do país são tomadas contra o 'risco Bolsonaro'
21/10/18, 14:47 | DISCURSO - Haddad: ‘Nordeste é uma locomotiva e vai puxar o desenvolvimento do país
21/10/18, 14:37 | ARTIGO JURÍDICO - O Judiciário e a recomendação do Ministério Público
20/10/18, 22:59 | CRIME - TSE manda Facebook e Google retirarem do ar links com conteúdo falso contra Fernando Haddad e o PT
20/10/18, 18:17 | MOVIMENTO - Mulheres fazem ato pelo país contra Bolsonaro e pela democracia
20/10/18, 17:33 | ENTREVISTA - ‘Sociedade não aceita mais financiar corrupção’, avalia presidente do Ipea
20/10/18, 17:30 | CRIME - WhatsApp confirma que bloqueou conta de Flávio Bolsonaro
20/10/18, 17:20 | VIOLÊNCIA - Morre em Sergipe terceira pessoa esfaqueada: matador grita Bolsonaro!
20/10/18, 17:03 | POLÍTICA - Haddad: 'A elite ficou dois anos procurando candidato e escolheu o que há de pior'
20/10/18, 16:48 | PROPOSTA - Representante do Senado visita rede de atenção à mulher de Teresina e propõe observatório
20/10/18, 14:03 | ARTIGO JURÍDICO - TCO lavrado por policial militar é constitucional
20/10/18, 13:25 | CRIME - Mais de 100 mil contas são banidas do Whatsapp do Brasil por causa de eleições
20/10/18, 12:14 | POLÍTICA - Aliados de Bolsonaro já começaram a brigar pela presidência da Câmara
20/10/18, 11:51 | POLÍTICA - Com PSDB fragilizado, Novo pode eleger seu 1º governador em Minas
20/10/18, 11:47 | CLIMA TENSO - Universidades são ameaçadas de "massacre" por eleitores de Bolsonaro
20/10/18, 11:24 | POLÍTICA - Movimentos realizam manifestação nacional pela democracia neste sábado (20)
20/10/18, 11:15 | POLÍTICA - Mineradora é punida pelo TRT por coagir funcionários a votar em Bolsonaro
19/10/18, 21:28 | CRIME - TSE abre investigação sobre Bolsonaro e mensagens contra Haddad na internet
19/10/18, 21:16 | REPERCUSSÃO - Imprensa internacional destaca 'rede de notícias criminosas' de Bolsonaro
19/10/18, 21:13 | DECLARAÇÃO - 'Me preocupa o que está no horizonte', diz ministro do STF
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site