CBN - A rádio que toca notícia

ARTIGO

Regina Sousa, outra vez vítima da ‘infâmia’ do Piauí

Para decepção de todos nós, a democracia brasileira ainda traz consigo muitos e inúmeros resquícios do passado, da índole dos malfeitores

15/07/17, 14:13
Por Miguel Dias Pinheiro, advogado
 
E
m 2015, o Piauí assistiu em cores vivas a senadora Regina Sousa ser agredida com expressões preconceituosas. A de que, por exemplo, uma pessoa humilde não poderia representar nossa sociedade no mais alto Parlamento brasileiro. Uma discriminação e um preconceito que aflorou fortemente quando a senadora assumiu o lugar do então governador Wellington Dias no Senado Federal.

Questionava-se, naquela oportunidade, com absoluta má intenção, com despudor, que uma negra, uma ex-quebradeira de coco não representaria bem uma sociedade piauiense que já mandou para a Câmara dos Deputados e para o Senado Federal um séquito incontável de abominados.

Socorro-me mais uma vez do consultar empresarial Júlio Saldivar, segundo o qual “na política, a criação de preconceitos é arma muito utilizada por pessoas que já chegaram ao poder e não querem perdê-lo por nada neste mundo, ou por pessoas abastadas financeiramente que consideram um infortúnio enfrentar de forma igualitária outras de menor poder aquisitivo numa eleição. A coisa funciona assim: Quando se sentem ameaçados criam um título maldoso, ou fazem uma comparação com algo muito ruim, que não merece crédito e, com a ajuda de interlocutores, inclusive da imprensa, fazem da mentira inventada uma verdade imposta, criando perante a população, ou ao eleitorado para ser mais correto, um sentimento de descrença em relação à determinada pessoa ou partido, que aquele representa o lado ruim da política, ou dos políticos”.

Convenhamos, os sentimentos de honestidade e de lealdade de Regina Sousa são desconcertantes. Machuca a maledicência! Sua postura de decência frustra a discriminação nojenta e intolerável no Piauí, fruto de personalidades doentias. Isso porque a honradez pública de Regina não tem parâmetro entre nós. Daí a ânsia pela execração.

Infelizmente, a “infâmia” entre nós ainda insiste e vive latente como nunca! E “latindo”! Uma verdadeira maldição! Sacrificar Regina Sousa por apenas cumprir o dever dela como parlamentar, é atitude extremada de covardia. Quando no Senado aquela gente sem qualificação moral se insurgiu contra a senadora, seus colegas do Piauí estavam obrigados a defendê-la. Por dois motivos muito simples, pertinentes, claros e perfeitamente definidos no tempo e no espaço: a um, porque se trata de uma mulher piauiense responsável e com todos os atributos de boa filha; a dois, porque se elegeram precisando dos votos do partido dela.

Para decepção de todos nós, a democracia brasileira ainda traz consigo muitos e inúmeros resquícios do passado, da índole dos malfeitores. Época em que se “esfolava” publicamente quem se opusesse aos interesses políticos de posturas inconfessáveis. Está mais do que na hora de abolirmos o apoio a esse tipo de gente. Principalmente de pessoas que lidam com a opinião pública sem agir com respeito ao próximo e para com o bem comum.

Felizmente, houve uma reflexão. Houve um arrependimento, um passo para trás mesmo que insincero. Porém, a “lama” foi jogada na “alvura” da respeitabilidade para passar e se eternizar na história. Ninguém esquecerá o acontecimento. Jamais! Passar a borracha agora talvez manche ainda mais a “brancura” da solidariedade para com uma mulher que se esforça em servir.

Tudo foi muito lamentável! Para tristeza e decepção da dignidade e dos bons propósitos. Mas, senadora, como diz o filósofo, “o maior problema em acreditar nas pessoas erradas, é que um dia você acaba não acreditando em mais ninguém”. Contudo, não desanime. Não pense duas vezes. Continue acreditando e investindo no bem.

Fonte: JL
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
23/01/18, 21:50 | JULGAMENTO HISTÓRICO - As armas de Lula e Moro: os principais argumentos de cada lado
23/01/18, 19:49 | POLÊMICA - Conselho da Caixa destitui três vice-presidentes afastados e um volta ao cargo
23/01/18, 19:33 | MANDATO - PGR denuncia vice-líder do governo Temer por omitir depósitos do IR
23/01/18, 19:28 | JUDICÁRIO - Saiba como será o julgamento de Lula em Porto Alegre
23/01/18, 19:21 | DESCONFIANÇA - Procuradoria investiga troca na chefia da Polícia Federal de Santos
23/01/18, 19:13 | ARTIGO - O que está por trás da campanha da Globo
23/01/18, 19:00 | ARTIGO - TJ-PI – Um colegiado com número par e não ímpar!
23/01/18, 14:12 | SAÚDE - OMS vem ao Brasil para acompanhar fracionamento da vacina contra febre amarela
23/01/18, 13:45 | VIOLÊNCIA - Homem é preso após alugar arma e matar rival com tiros e pauladas em Teresina
23/01/18, 13:38 | CORRUPÇÃO - Ex-secretário de Obras do Rio é preso em operação da PF e do Ministério Público
23/01/18, 13:28 | POLÍTICA - Odorico Paraguaçu completa 45 anos e segue atual na política brasileira
23/01/18, 12:05 | REPERCUSSÃO - New York Times: partidário, Moro jogou a democracia brasileira no abismo
23/01/18, 12:01 | ECONOMIA - IBGE: gastos maiores com alimentos e transportes pressionam inflação
23/01/18, 11:58 | VÍRUS - Ministro da Saúde diz que febre amarela está 'sob controle'
23/01/18, 11:29 | BENEFÍCIOS - Rombo na Previdência revela que militar pesa 16 vezes mais que segurado do INSS
23/01/18, 11:18 | LAVA JATO - Defesa de Lula pede prescrição de crimes no caso do triplex
23/01/18, 11:13 | POLÍTICA - Mulheres são apenas 9,9% dos pré-candidatos aos governos estaduais
23/01/18, 11:08 | POLÊMICA - ‘PL da Eletrobras, como está, não passa em 2018 nem nunca’, diz Aleluia
23/01/18, 10:27 | CLT - Lula a sindicalistas: FHC prometeu, mas foi Temer que acabou com 'Era Vargas'
23/01/18, 10:23 | ACIDENTE - Globocop cai e deixa pelo menos dois mortos no Recife
23/01/18, 10:07 | CRIMES - Com ficha polical imensa, ex-prefeito Ronaldo Lages é preso em Esperantina
23/01/18, 09:39 | HISTÓRIA - Primeira negra diplomata no Itamaraty é filha do Piauí
22/01/18, 18:32 | INVESTIGAÇÃO - FAB: avião que caiu com Teori não registrou pane ou mau funcionamento
22/01/18, 18:28 | POLÊMICA - Pré-candidata à presidência, ex-apresentadora da Globo chama Bolsonaro de mentiroso e o desafia para um debate público
22/01/18, 16:26 | DESMANDOS - TCE-PI investigará gastos de carnaval em municípios com dificuldades financeiras
22/01/18, 15:59 | VIOLÊNCIA - Jovem baleada em praia do Rio continua internada em estado grave
22/01/18, 15:54 | POLÊMICA - Governo encaminha ao Congresso projeto com regras para privatizar Eletrobras
22/01/18, 15:50 | LAVA JATO - Moro pede que PF justifique uso de algemas durante transferência de Cabral
22/01/18, 13:35 | VIOLÊNCIA - Jovem é assassinado e namorada morre por engano com tiro na cabeça em Teresina
22/01/18, 13:23 | MANIFESTAÇÃO - Temer é xingado durante caminhada, sorri e ignora protesto
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site