CBN - A rádio que toca notícia

LEVANTAMENTO

CORRUPÇÃO: Deputados receberam R$ 134 milhões para salvar Temer da cassação

Número foi levantado pela ONG Contas Abertas e se refere a pagamentos feitos em junho a aliados na CCJ da Câmara. Relator Paulo Abi-Ackel (PSDB) foi quem mais teve emendas liberadas no mês: R$ 5,1 milhões

14/07/17, 17:47

L

evantamento da ONG Contas Abertas aponta que o governo federal liberou, no mês de junho, R$ 134 milhões em emendas parlamentares a 36 dos 40 deputados que votaram a favor do presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Depois de recusar por 40 votos a 25 o relatório do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) que recomendava ao plenário o prosseguimento da denúncia de corrupção passiva da Procuradoria Geral da República contra Temer, a CCJ aprovou por 41 a 24 o relatório alternativo do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que recomenda a rejeição da denúncia.

Quatro dos deputados que votaram a favor de Temer na CCJ não tiveram emendas parlamentares liberadas em junho: Arthur Lira (PP-AL), Domingos Neto (PSD-CE), Maia Filho (PP-PI) e Elizeu Dionizio (PSDB-MS).

Emendas parlamentares são recursos previstos no Orçamento, cuja aplicação é indicada pelo parlamentar. Esse dinheiro tem de ser obrigatoriamente empregado em projetos e obras nos estados e municípios. A liberação dos recursos é obrigatória, e o governo tem todo o ano para realizar os repasses.

De acordo com o secretário-geral da ONG, Gil Castello Branco, os R$ 134 milhões liberados em junho representam um valor “absolutamente atípico para o período”.

“Isso não é uma ilegalidade", disse Castello Branco, mas, segundo ele, neste ano o governo concentrou um grande volume de recursos no mês de junho. Antes, afirmou, "não tinha sido empenhado praticamente nada”.

Para efeito de comparação, entre janeiro e maio, o governo liberou, ao todo, pouco mais de R$ 102 milhões a todos os parlamentares. Somente em junho, foram R$ 2,02 bilhões:

  • Janeiro: R$ 1.001.038,78
  • Fevereiro: R$ 1.360.038,50
  • Março: R$ 5.191.938,59
  • Abril: R$ 5.653.053
  • Maio: R$ 89.235.206,66
  • Junho: R$ 2.024.484.275,93

Nos seis primeiros dias de julho, segundo o levantamento da ONG, as emendas liberadas somaram R$ 94.526.548,82, mais do que em qualquer um dos cinco primeiros meses do ano.

“Essa é a expressão em números de que o governo deixa essas liberações às vésperas de votações importantes na tentativa de obter os votos”, declarou Castello Branco.

Os dados aferidos pela organização mostram que o deputado que mais recebeu os recursos foi Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG). O tucano recebeu R$ 5,1 milhões em emendas no mês passado.

Ligado ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) e à ala do partido que defende a permanência da legenda no governo, Abi Ackel foi o responsável por elaborar um segundo parecer, aprovado na comissão, que recomendou a rejeição da denúncia contra Temer.

Partidos de oposição atribuem a vitória do governo na CCJ a dois principais motivos: o troca-troca de integrantes promovido por líderes da base aliada, que garantiu maioria de votos ao governo, e a liberação de emendas parlamentares.

Além de Abi-Ackel, outros parlamentares ligados à "tropa de choque" do Palácio do Planalto figuram na lista de maiores beneficiários das emendas liberadas pelo governo.

Depois do tucano, os dois deputados que mais receberam verbas foram Carlos Marun (PMDB-MS) e um dos vice-líderes do governo na Casa, Beto Mansur (PRB-SP).

De acordo com o levantamento, os dois receberam R$ 5 milhões cada. Os parlamentares foram dois dos principais defensores de Temer nos últimos dias.

Ainda segundo o levantamento da ONG, apenas em junho, R$ 2 bilhões foram empenhados para parlamentares de 27 partidos e bancadas estaduais. O partido de Temer, o PMDB, recebeu R$ 284,2 milhões.

Valores por deputado

Veja abaixo o valor que cada um dos 40 deputados que votaram a favor de Temer teve liberado em emendas parlamentares no mês de junho:

  1. Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG): R$ 5.129.450,00
  2. Beto Mansur (PRB-SP): R$ 5.066.750,00
  3. Carlos Marun (PMDB-MS): R$ 5.000.000,00
  4. Nelson Marquezelli (PTB-SP): R$ 4.981.530,00
  5. Antonio Bulhões(PRB-SP): R$ 4.962.800,00
  6. Cristiane Brasil (PTB-RJ): R$ 4.958.100,00
  7. Genecias Noronha (SD-CE): R$ 4.957.200,00
  8. Evandro Gussi (PV-SP): R$ 4.811.100,00
  9. Fausto Pinato (PP-SP): R$ 4.727.600,00
  10. Carlos Bezerra (PMDB-MT): R$ 4.700.000,00
  11. André Moura (PSC-SE): R$ 4.640.260,55
  12. Bilac Pinto (PR-MG): R$ 4.570.468,78
  13. Paes Landim (PTB-PI): R$ 4.542.143,75
  14. Danilo Forte (PSB-CE): R$ 4.310.000,00
  15. Darcísio Perondi (PMDB-RS): R$ 4.270.267,80
  16. Carlos Melles (DEM-MG): R$ 4.071.261,54
  17. Juscelino Filho (DEM-MA): R$ 3.971.860,00
  18. Marcelo Aro (PHS-MG): R$ 3.952.950,00
  19. Toninho Pinheiro (PP-MG): R$ 3.942.522,60
  20. Milton Monti (PR-SP): R$ 3.939.959,55
  21. Hildo Rocha (PMDB-MA): R$ 3.845.000,00
  22. Magda Mofatto (PR-GO): R$ 3.757.070,00
  23. Evandro Roman (PSD-PR): R$ 3.691.987,17
  24. Thiago Peixoto (PSD-GO): R$ 3.514.411,54
  25. Alceu Moreira (PMDB-RS): R$ 3.511.425,10
  26. Paulo Maluf (PP-SP): R$ 3.402.700,00
  27. Delegado Éder Mauro (PSD-PA): R$ 3.260.564,52
  28. Edio Lopes (PR-RR): R$ 3.250.000,00
  29. Luiz Fernando Faria (PP-MG): R$ 2.550.000,00
  30. Cleber Verde (PRB-MA): R$ 2.487.300,00
  31. José carlos Aleluia (DEM-BA): R$ 2.474.568,92
  32. Laerte Bessa (PR-DF): R$ 2.180.700,00
  33. Daniel Vilela (PMDB-GO): R$ 1.798.183,40
  34. Ronaldo Fonseca (PROS-DF): R$ 1.521.660,00
  35. Rogério Rosso (PSD-DF): R$ 438.845,00
  36. Fabio Garcia (PSB-MT): R$ 300.000,00
  37. Arthur Lira (PP-AL): R$ 0,00
  38. Domingos Neto (PSD-CE): R$ 0,00
  39. Maia Filho (PP-PI): R$ 0,00
  40. Elizeu Dionísio (PSDB-MS): R$ 0,00
Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/04/18, 17:04 | SEM LICITAÇÃO - Sem licitação, a pintura de um retrato de Serra para parede custou R$ 85 mil
20/04/18, 16:59 | CORRUPÇÃO - Ex-ministro diz ter sofrido pressões de Aécio e Renan para alterar curso de investigações
20/04/18, 16:49 | PROPINA - Joesley liga Aécio a repasse de R$ 110 milhões
20/04/18, 15:53 | SAÚDE PÚBLICA - Número de casos de febre amarela cresce 57%; mortes aumentam 41%
20/04/18, 15:34 | POLÍTICA - Michel Temer e Rodrigo Maia colecionam insatisfações com cenário político
20/04/18, 15:21 | DISCURSO - Temer se compara a Tiradentes e diz que seu governo ainda será reconhecido
20/04/18, 14:26 | CRIME - MP-SP abre inquérito para investigar Alckmin por R$ 10 milhões na Lava Jato
20/04/18, 12:06 | POLÍTICA - Ex-tucano Álvaro Dias diz que aliança com PSDB está 'totalmente descartada'
20/04/18, 12:02 | POLÊMICA - Justiça mantém contribuição sindical extinta pela reforma trabalhista
20/04/18, 11:59 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Suíça mantém R$ 2,8 bilhões da Operação Lava Jato bloqueados
20/04/18, 11:35 | CORRUPÇÃO - Fachin libera denúncia contra Geddel para análise da 2ª Turma do STF
20/04/18, 11:33 | PROPINA - Joesley diz que pagou mesada de R$ 50 mil para Aécio por dois anos
20/04/18, 10:36 | SOCIAL - Luzilândia recebe da Defesa Civil ajuda humanitária para desabrigados pelas chuvas e enchentes do Rio Parnaíba
19/04/18, 20:58 | ENCHENTES - Emergência do governo será para Batalha, Barras, Esperantina, José de Freitas, Lagoa Alegre, Cabeceiras, Campo Maior e Pimenteiras
19/04/18, 19:27 | JULGAMENTO - Marco Aurélio manda nova ação sobre 2ª instância para plenário do STF
19/04/18, 19:23 | PROPINA - Empresário diz à PF que coronel Lima arrecadava dinheiro para campanhas de Temer
19/04/18, 19:18 | PRISÃO - Supremo Tribunal concede prisão domiciliar a Paulo Maluf
19/04/18, 17:16 | CRIME - Torcedores do Corinthians são alvos de injúria racial na Argentina
19/04/18, 17:04 | CORRUPÇÃO - Gilmar Mendes prorroga investigações sobre Aécio no Mensalão
19/04/18, 16:51 | ELEIÇÕES 2018 - Joaquim Barbosa comemora pesquisa: ‘Para quem não dá entrevista, está muito bom’
19/04/18, 16:15 | ECONOMIA - Brasil precisa continuar reformas, diz chefe do FMI
19/04/18, 16:10 | ECONOMIA - Banco Central estuda criar sistema de pagamento instantâneo
19/04/18, 16:03 | TRANSPARÊNCIA - Brasil avança no controle contra lavagem de dinheiro, diz relatório
19/04/18, 14:12 | ARTIGO - Alienação Parental e a “Síndrome dos Órfãos de Pais Vivos”
19/04/18, 14:03 | ARTIGO - O feminismo e o assédio sexual
19/04/18, 13:57 | ARTIGO - Aposta na revolta
19/04/18, 13:21 | PUNIÇÃO - Lei Seca fica mais rígida a partir desta 5ª feira para punir infratores; saiba as mudanças
19/04/18, 13:09 | JUDICIÁRIO - CNJ amplia lista de informações que devem ser fornecidas por tribunais
19/04/18, 12:34 | POLÊMICA - Ao lado de Temer, comandante do Exército critica ‘banalização da corrupção’
19/04/18, 08:26 | LIBERTADORES - Apatia dentro e fora de campo: ''novo'' Flamengo é reprovado em 1º grande teste
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site