CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Advogado de Temer critica MPF e 'avanço da cultura punitiva no país'

“Pau que mata Francisco, mata Chico. Pau que mata Michel, mata Lula”, disse o advogado

13/07/17, 16:00

Brasília - O advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara para discutir o parecer favorável à denúncia contra o presidente Michel Temer (Marcelo

O

advogado de defesa do presidente do Michel Temer, Antônio Cláudio Mariz de Oliveira (foto), disse hoje (13) que está “muitíssimo preocupado com o avanço da cultura punitiva no país”. Mariz foi o último a falar antes da suspensão da reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados para debater a denúncia contra o presidente Michel Temer.

“Pau que mata Francisco, mata Chico. Pau que mata Michel, mata Lula”, disse o advogado.

O advogado criticou o Ministério Público, que apresentou a denúncia contra Temer, ao dizer que o órgão não está cumprindo seu papel de perseguidor da Justiça. “Eu vejo que essa cultura punitiva, encabeçada por um Ministério Público, tem atingido inocentes”, disse.

O advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira defende o presidente Michel Temer durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara que discute o parecer favorável à denúncia contra o presidenteMarcelo Camargo/Agência Brasil

Para Mariz, há princípios sendo rasgados devido à uma “ânsia pelo poder”, com fixação de pena pelo Ministério Público e não pelo Judiciário e se abre mão da presunção de inocência. “As delações que precisam ser regulamentadas de acordo e nos moldes do Direito Penal brasileiro. O nosso Direito Penal não é um direito negocial”, acrescentou.

O advogado também criticou a imprensa que considera estar “mais preocupada com Ibope e faturamento”. “Essa mídia se apresenta como arauto dessa cultura punitiva”, enfatizou.

Mariz também disse que a maioria dos deputados está minimizando a importância da autorização para o prosseguimento da denúncia contra o presidente. Mas ele disse que é preciso avaliar se estão presentes “pressupostos mínimos” para que o presidente seja submetido a processo. O advogado acrescentou que o “processo em si já é uma pena para um homem de bem”. “Essa execração pública constitui essa pena indelével, uma pena cruel, proibida pela Constituição”, destacou.

O advogado disse ainda que há acórdãos reiterados sobre ilicitude da gravação feita pelo empresário Joesley Batista no encontro com Temer, no Palácio do Jaburu. Ele disse que provas assim são válidas somente para autodefesa ou proteção a terceiros.

Após mais de 20 horas de debate na CCJ, em que cerca de 90 deputados discursaram sobre a denúncia, e a reapresentação dos argumentos do relator Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), o advogado criticou a Procuradoria-Geral da República e pediu aos parlamentares que não admitam que a denúncia prossiga na Justiça, por falta de provas. “É preciso avaliar se tem os pressupostos mínimos para que o presidente seja submetido ao processo”, explicou.

O advogado também respondeu às várias críticas feitas por dezenas de deputados ao presidente durante o período de discussão na CCJ. Ele repudiou as ofensas proferidas por alguns parlamentares contra Temer e ressaltou que a execração pública constitui crime de pena indelével.

“Falaram coisas pesadas, adjetivaram sem necessidade, chamaram de bandido, quadrilheiro, assassino. Não é necessário isso. Isso só denota insegurança de quem acusa, porque não havendo provas, e aqui não se fala e em provas, mas elementos, vai se buscar no vernáculo um colorido para que impressione a falar acusatória”, afirmou Mariz.

Após o pronunciamento do advogado, a CCJ suspendeu a reunião para almoço. Depois do intervalo, os membros da comissão darão início ao processo de votação do parecer de Zveiter.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/07/17, 18:03 | ECONOMIA - Governo Temer aumenta impostos, e gasolina sobe de preço
20/07/17, 14:32 | CLIMA - País vive maior onda de frio dos últimos 4 anos
20/07/17, 13:15 | FESTA - Confira a programação da 1ª edição do Luzilândia Julina, dias 29 e 30 de Julho
20/07/17, 12:16 | ESPORTE - Clássicos definirão briga entre Corinthians e Grêmio no 1º turno
20/07/17, 12:12 | SAÚDE - Número de mortes por aids diminuiu 12% na América Latina desde 2000
20/07/17, 12:06 | ARTIGO - Emendas: mal aplicadas
20/07/17, 11:48 | HOMENAGEM - Artistas promovem show solidário em tributo a Dominguinhos no Theatro 4 de Setembro
20/07/17, 11:45 | CRIME - Homem mata primo e é preso enquanto ajudava nos preparativos do velório no Piauí
20/07/17, 11:41 | EMPREGO - Demissão em massa no antigo cartório Naila Bucar gera protesto e prejudica atendimento
20/07/17, 11:17 | POLÍTICA - Mais de 3 mil pessoas se filiam ao PT após condenação de Lula
20/07/17, 11:13 | PROPINA - Lobista confessa propina de R$ 11,5 mi a Renan, Jader e Aníbal
20/07/17, 11:01 | CORRUPÇÃO - Valério sobre Aécio: 'levava 2% dos contratos do BB desde os anos 90'
19/07/17, 17:57 | EMPREGO - Conheça os direitos dos trabalhadores demitidos após a reforma
19/07/17, 15:55 | SENTENÇA - Por decisão de Moro, BC bloqueia mais de R$ 600 mil de Lula
19/07/17, 15:52 | INVESTIGAÇÃO - Defesa de Temer quer ter acesso a gravações periciadas pela PF
19/07/17, 15:49 | CORRUPÇÃO - Petrobras recebe mais R$ 56 milhões recuperados pela Lava Jato
19/07/17, 14:04 | VIOLÊNCIA - Ex-jogador Branco deixa o RJ após reagir a tentativa de assalto
19/07/17, 13:59 | REPÚDIO - Aos gritos de "golpista" senador precisa ser escoltado pela PM
19/07/17, 13:54 | POLÍTICA - 'Não sou petista, sou lulista', dizem os apoiadores de Lula
19/07/17, 13:06 | CRIMINALIDADE - Policiais reforçam segurança no litoral do PI até o fim de julho
19/07/17, 12:54 | VIOLÊNCIA - Jovem é baleada com 4 tiros próximo a maternidade em Teresina
19/07/17, 12:50 | CORRUPÇÃO - Marcos Valério fecha acordo de delação com a Polícia Federal
19/07/17, 12:28 | INTERNACIONAL - Ex-assessor de Evo Morales é preso com 99 kg de cocaína em SP
19/07/17, 12:23 | CASSAÇÃO - OAB pode apresentar novo pedido de impeachment contra Temer
19/07/17, 12:01 | CRIME - Senador Ivo Cassol é flagrado em investigação sobre prostituição
18/07/17, 18:37 | CASSAÇÃO - Câmara divulga detalhes da votação da denúncia contra Temer em plenário
18/07/17, 18:11 | CRIME - PF apreende 3,7 kg de cocaína escondidos em livros infantis
18/07/17, 18:07 | VATICANO - Relatório diz que irmão de Bento XVI sabia de abusos em coral
18/07/17, 18:04 | MUNDO - Trump fala em 'simplesmente revogar' Obamacare após revés
18/07/17, 17:53 | FAMA - Globo quer especial de fim de ano só com mulheres que estão em alta
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site