JORNAL LUZILÂNDIA
Clipagem Eletrônica - Versão para impressão
CARNAVAL
Maiô cavado faz sucesso entre musas e rainhas da Série A no Rio
11/02/18, 09:03

 
A
moda do maiô cavado fez sucesso entre as musas e rainhas de baterias das escolas de samba da Série A do Rio de Janeiro. Nas duas noites de desfiles, as fantasias cavadas chamaram atenção e exaltaram as curvas na Sapucaí.

A rainha de bateria da Inocentes de Belford Roxo, Denise Dias, considera o maiô cavado perfeito porque modela o corpo e deixa o bumbum levantado.

"Esse ano eu escolhi um maiô bem cavado porque achei lindo no corpo. O material é diferente, pedi pra fazerem uma calcinha em cima da lycra para ficar protegido. Esse modelo modela o corpo: deixa a cintura bem fininha e o bumbum levantado", disse Denise.

A musa da Rocinha Shayene Cesário disse ao G1 que já tinha usado um modelo parecido no ano passado e decidiu repetir. Questionada sobre o conforto da fantasia, ela disse: "Se for bem feito, sim. Se não for, a "perereca" foge", brincou Shayene.
 
Para Dabada Cris, que também é musa da Rocinha, o modelo acaba sendo mais confortável que outros tipos de fantasia.
 
"Atrás é minúsculo, mas é confortável. Estou prefeirndo o maiô cavado. É melhor do que calcinha e sutiã. Me sinto mais à vontade", explicou Dabada.
 
Rainha de bateria da Acadêmicos do Sossego, Maryanne Hipólito, disse ter escolhido o modelo ousado porque perdeu 8kg para o carnaval e quis comemorar o corpo mais magro.

Modelo já tinha sido usado por Sabrina Sato

Em 2017, a rainha de bateria da Unidos de Vila Isabel, Sabrina Sato, já havia usado um modelo de maiô cavado que chamou atenção na Sapucaí. Com um corpo impecável, a rainha atraiu todos os olhares no desfile.
 
Fonte: JL/Globo
Reportagem publicada no site www.jornalluzilandia.com.br