CBN - A rádio que toca notícia

JUDICIÁRIO

'Agora poderemos enfrentar auxílio-moradia', diz Toffoli após reajuste

Ministro do STF agradeceu ao Senado, que aprovou nesta quarta o índice de 16,38% de aumento salarial para os membros da Corte

08/11/18, 12:48

O

presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, agradeceu ao Senado por ter aprovado hoje (7) o reajuste dos salários dos ministros da Corte e disse que deverá agora enfrentar a questão do auxílio-moradia do magistrados.

“Com a aprovação do novo subsídio, nós poderemos agora resolver essa questão do auxílio-moradia. Vou conversar com o relator, o vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, para ver a melhor hora de deliberarmos a respeito”, disse Toffoli à TV Justiça, após evento no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Desde a primeira entrevista após assumir a presidência do Supremo, Toffoli tem declarado que pautaria o auxílio-moradia para julgamento em plenário após ser aprovado o aumento de salário dos ministro do STF pelo Senado. "Agradeço em nome de todo o Poder Judiciário a aprovação desse projeto", disse ele nesta quarta-feira. 

Segundo o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), relator do projeto na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, que votou contra o aumento, estudos da Consultoria Legislativa mostram que o impacto fiscal da medida pode chegar a R$ 6 bilhões, com o chamado efeito cascata, uma vez que os vencimentos dos ministros do STF servem de teto para o funcionalismo público.

Toffoli disse, nesta quarta-feira, que, no que concerne ao orçamento do Poder Judiciário, o reajuste para toda a magistratura já está contabilizado, e os recursos serão remanejados de outros itens orçamentários. O ministro voltou a afirmar que não se trata de um aumento, mas de uma "revisão de inflação". 

Enquanto chefiou o STF, a antecessora de Toffoli, ministra Cármen Lúcia, sempre se posicionou contra o reajuste dos magistrados, por questões fiscais. Em agosto, em sessão administrativa, os ministros aprovaram, por 7 a 4, a inclusão no orçamento do Judiciário do reajuste de 16,38% nos próprios subsídios. Além de Cármen Lúcia, votaram contra os ministros Celso de Mello, Rosa Weber e Edson Fachin.   

O ministro Luiz Fux é relator das ações que questionam o auxílio-moradia dos juízes. Por força de uma liminar concedida em 2014 pelo ministro, todos os magistrados brasileiros recebem o benefício, hoje no valor de R$ 4,3 mil, mesmo que tenham imóvel próprio na localidade em que trabalham.

O tema chegou a ser pautado para julgamento em plenário, mas depois foi retirado da pauta por Fux, que enviou o processo para conciliação sob a supervisão da Advocacia-Geral da União (AGU). A iniciativa não obteve resultado e desde então o processo aguarda julgamento.
 
Fonte: JL/Notícias ao Minuto
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
29/12/18, 22:08 | POSSE - Segurança da posse terá detector de metais e proibição de objetos
29/12/18, 14:59 | SUSPEITA - Polícia do DF descarta suspeita de bomba na Esplanada dos Ministérios
29/12/18, 14:25 | POSSE - Bolsonaro e família viajam hoje para Brasília para posse presidencial
29/12/18, 13:57 | PREVIDÊNCIA - INSS muda regras do consignado para impedir assédio de bancos aos segurados
29/12/18, 13:48 | CAPTURA - Doleiro Bruno Farina teve extradição voluntária para o Brasil
29/12/18, 13:19 | ORDEM JUDICIAL - Ex-miss Piauí denuncia desaparecimento do filho após entregá-lo ao pai
29/12/18, 12:55 | FIM DE ANO - Procura por uva e romã aumenta na Ceasa de Teresina devido a simpatias de réveillon
29/12/18, 12:48 | ESPORTE - Pesquisa: torcedores do Barcelona votam em massa contra o retorno de Neymar
29/12/18, 12:36 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Ministro Fachin homologa delação que envolve Renan Calheiros
29/12/18, 12:14 | LEGALIZAR - Moro pede e Bolsonaro promete decreto para liberação de arma de fogo
29/12/18, 12:09 | DECRETO - Seca e chuvas deixam municípios do Piauí e mais 3 estados em situação de emergência
29/12/18, 11:27 | INTERNACIONAL - Sob a ameaça de novo tsunami, Indonésia esvazia cidades e vilas
29/12/18, 11:16 | SAÚDE PÚBLICA - 'Mais Médicos vive uma crise de improvisações', diz futuro ministro
28/12/18, 16:26 | ENCONTRO - Bolsonaro diz que Brasil e Israel devem aprofundar parcerias no futuro
28/12/18, 16:23 | SOCIAL - Bolsa Família: Calendário 2019 com datas de saque é divulgado
28/12/18, 16:10 | DIPLOMACIA - Netanyahu e Bolsonaro se reúnem no Rio sob forte esquema de segurança
28/12/18, 15:51 | ILEGALIDADE - Bancos têm demitido pessoas com estabilidade pré-aposentadoria
28/12/18, 15:47 | DESALENTO - Mercado de trabalho só abre vagas somente sem carteira assinada
28/12/18, 15:45 | POLÍTICA - Haddad diz que há chance de condenação de Lula ser revista em 2019
28/12/18, 14:59 | ABUSOS SEXUAIS - Justiça determina bloqueio de R$ 50 milhões das contas de João de Deus
28/12/18, 14:16 | DESCASO - Pelo padrão Lava Jato, Queiroz já teria sido preso, avalia Kennedy Alencar
28/12/18, 13:50 | INUSITADO - Bolsonaro ganha escultura de cartuchos de arma de fogo que formam seu rosto
28/12/18, 13:40 | CALENDÁRIO - Governo federal publica lista com feriados e pontos facultativos de 2019
28/12/18, 13:26 | MEDIDAS - Bolsonaro diz que pretende estender validade de CNH para 10 anos
27/12/18, 21:57 | FAMÍLIA - Enzo Gabriel e Maria Eduarda: os nomes de bebês mais registrados em 2018; em 2017, Miguel e Alice
27/12/18, 21:46 | CRIME - Assassino diz ter se desentendido com Camata sobre processos judiciais
27/12/18, 21:41 | POLÊMICA - Aliados de Bolsonaro avaliam que Queiroz não esclareceu movimentações
27/12/18, 21:35 | ESPORTE - Grêmio aceita proposta do Al-Ittihad e vende o goleiro Marcelo Grohe
27/12/18, 21:29 | AJUSTE - Em documento, Bolsonaro determina pente-fino na gestão Temer
27/12/18, 21:21 | POLÍTICA - Reta final do governo Temer: Marasmo, pequenas homenagens e preocupação com a Justiça marcam os últimos dias no cargo
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site