CBN - A rádio que toca notícia

JUDICIÁRIO

Cármen Lúcia garante pensão por morte às filhas de servidores públicos

Pelo entendimento firmado com a decisão de Fachin, o regime para a concessão do benefício deve ser aquele vigente no momento da morte do servidor

11/07/18, 16:35

A

presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, determinou hoje (11) a retomada do pagamento de pensão por morte a duas filhas de servidores federais. O caso chegou ao STF após o Tribunal de Contas da União (TCU) determinar a suspensão do pagamento.

Ao decidir a questão, Cármen Lúcia entendeu que o pagamento deve ser retomado porque uma decisão anterior do ministro Edson Fachin, assinada em maio, derrubou o entendimento do TCU que determinava a revisão e o cancelamento de pensões por morte concedidas a filhas de servidores civis maiores de 21 anos que tenham outras fontes de renda.

“Seu indeferimento poderia conduzir à ineficácia da medida se a providência viesse a ser deferida somente no julgamento de mérito por ter a pensão natureza alimentar, com gravosas consequências do não recebimento pelas impetrantes”, decidiu a ministra.

Pelo entendimento firmado com a decisão de Fachin, o regime para a concessão do benefício deve ser aquele vigente no momento da morte do servidor. “Assim, enquanto a titular da pensão permanece solteira e não ocupa cargo permanente, independentemente da análise da dependência econômica, porque não é condição essencial prevista em lei, tem ela incorporado ao seu patrimônio jurídico o direito à manutenção dos pagamentos da pensão”, afirmou Fachin.

A Lei 3.373/1958 estipulava que “a filha solteira, maior de 21 anos, só perderá a pensão temporária quando ocupante de cargo público permanente”. A norma foi revogada, entretanto, pela Lei 8.112/1990, mas se estima que cerca de 50 mil pensionistas ainda recebam o benefício.

A nova lei não inclui filhas maiores de 21 anos no rol de dependentes habilitados a receber pensão. Com base nessa nova legislação e após uma varredura em mais de 100 órgãos públicos, o TCU identificou 19.520 benefícios com indícios de irregularidade.

Segundo o Tribunal de Contas, a revisão de pensões irregulares poderia proporcionar uma economia de até R$ 2,2 bilhões aos cofres públicos num período de quatro anos.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
06/03/19, 13:44 | EVENTO - CAMPANHA DA FRATERNIDADE: Dodge diz que medidas do Estado não podem discriminar o cidadão
06/03/19, 13:39 | INUSITADO - Flagrado por câmera, fugitivo é preso vestido de mulher no carnaval
06/03/19, 13:29 | ALALAÔ - Bolsonaro compartilha vídeo de homem mexendo no ânus e sugere que cena é comum no Carnaval
06/03/19, 13:04 | HOMENAGEM - Viúva de Boechat faz 46 e homenageia o marido:
06/03/19, 12:41 | ARTIGO - Bolsonaro – falta de dignidade e decoro
06/03/19, 09:52 | OPINIÃO - Noblat: um presidente 'normal' jamais faria o que fez Bolsonaro
06/03/19, 09:40 | REPERCUSSÃO - Folha: Bolsonaro criou mais uma crise com sua depravação digital
06/03/19, 09:23 | QUEBRA DO DECORO - Vídeo obsceno publicado por Bolsonaro repercute no mundo
06/03/19, 08:07 | CRIME - #ImpeachmentBolsonaro lidera Trending Topics do Twitter com vídeo escatológico de Bolsonaro
06/03/19, 07:57 | REVOLTA - Carnaval 2019: Presidente Jair Bolsonaro publica vídeo com homem urinando em outro
06/03/19, 07:47 | POLÍTICA - Vice-presidente Mourão sobre recuo de Moro em relação a Ilona Szabó: "Perde o Brasil”
05/03/19, 19:44 | PROTESTO - Depois de pedreiro, eletricista lança desafio impossível para Rodrigo Maia e Bolsonaro
05/03/19, 19:31 | PROTESTOS - 400 mil pessoas gritam em protesto contra Bolsonaro durante Carnaval
05/03/19, 19:00 | OPINIÃO - Bolsonaro é o anticarnaval e por isso o Brasil todo o mandou tomar naquele lugar
05/03/19, 18:21 | POLÊMICA - Bolsonaro publica clipe com ‘resposta’ a Daniela Mercury e Caetano Veloso
05/03/19, 18:06 | ENTRENIMENTO - Paraíso do Tuiuti faz crítica com coxinhas armadas e ironiza Bolsonaro
05/03/19, 18:03 | ENTRETENIMENTO - Mancha Verde é a campeã do Carnaval 2019 de SP; Vai-Vai é rebaixada
05/03/19, 12:59 | ARTIGO - O perigo do ódio em manadas, analisa Roberto Livianu
05/03/19, 12:36 | ARTIGO - O Brasil ou Bolsonaro: esta é a escolha
05/03/19, 11:55 | SENTENÇA - RACISMO: Juíza diz que réu não parece bandido por ser branco
05/03/19, 10:43 | ARTIGO - Discurso de Ódio e Liberdade de Expressão
05/03/19, 09:50 | CARNAVAL - Vila Isabel, Mangueira e Ilha se destacam no 2º dia de desfiles do Rio
05/03/19, 09:46 | POST - Bolsonaro diz que Brasil gasta demais com educação
05/03/19, 09:40 | POLÍTICA - Cientista político questiona se Moro irá acobertar clã Bolsonaro
05/03/19, 09:33 | CARNAVAL - Boneco de Bolsonaro é atingido por latas de cerveja no Carnaval de Olinda
05/03/19, 09:28 | CARNAVAL - Paraíso da Tuiuti levanta a Sapucaí com críticas sociais bem-humoradas
05/03/19, 09:14 | CARNAVAL - Samba da Mangueira 2019 traz Marielle, Dandara e a história que a história não conta
05/03/19, 09:06 | EDUCAÇÃO - Bolsonaro diz que haverá ações na educação para conter irregularidades
05/03/19, 08:57 | INTERNACIONAL - Manifestantes saem às ruas em várias cidades da Venezuela
05/03/19, 08:48 | ESTUDO - Brasil é o 4º país que mais produz lixo no mundo, diz WWF
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site