CBN - A rádio que toca notícia

JUDICIÁRIO

Cármen Lúcia garante pensão por morte às filhas de servidores públicos

Pelo entendimento firmado com a decisão de Fachin, o regime para a concessão do benefício deve ser aquele vigente no momento da morte do servidor

11/07/18, 16:35

A

presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, determinou hoje (11) a retomada do pagamento de pensão por morte a duas filhas de servidores federais. O caso chegou ao STF após o Tribunal de Contas da União (TCU) determinar a suspensão do pagamento.

Ao decidir a questão, Cármen Lúcia entendeu que o pagamento deve ser retomado porque uma decisão anterior do ministro Edson Fachin, assinada em maio, derrubou o entendimento do TCU que determinava a revisão e o cancelamento de pensões por morte concedidas a filhas de servidores civis maiores de 21 anos que tenham outras fontes de renda.

“Seu indeferimento poderia conduzir à ineficácia da medida se a providência viesse a ser deferida somente no julgamento de mérito por ter a pensão natureza alimentar, com gravosas consequências do não recebimento pelas impetrantes”, decidiu a ministra.

Pelo entendimento firmado com a decisão de Fachin, o regime para a concessão do benefício deve ser aquele vigente no momento da morte do servidor. “Assim, enquanto a titular da pensão permanece solteira e não ocupa cargo permanente, independentemente da análise da dependência econômica, porque não é condição essencial prevista em lei, tem ela incorporado ao seu patrimônio jurídico o direito à manutenção dos pagamentos da pensão”, afirmou Fachin.

A Lei 3.373/1958 estipulava que “a filha solteira, maior de 21 anos, só perderá a pensão temporária quando ocupante de cargo público permanente”. A norma foi revogada, entretanto, pela Lei 8.112/1990, mas se estima que cerca de 50 mil pensionistas ainda recebam o benefício.

A nova lei não inclui filhas maiores de 21 anos no rol de dependentes habilitados a receber pensão. Com base nessa nova legislação e após uma varredura em mais de 100 órgãos públicos, o TCU identificou 19.520 benefícios com indícios de irregularidade.

Segundo o Tribunal de Contas, a revisão de pensões irregulares poderia proporcionar uma economia de até R$ 2,2 bilhões aos cofres públicos num período de quatro anos.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
29/06/18, 17:10 | POLÍTICA - Lula promete reverter 'tudo o que estão fazendo contra nossa gente'
29/06/18, 17:08 | SEGURANÇA - Policiais vêm sendo caçados por criminosos, dizem entidades de classe
29/06/18, 17:05 | POLÍTICA - TSE divulga limite de gastos para as eleições 2018
29/06/18, 16:51 | JUDICIÁRIO - STF adia para o segundo semestre julgamento de liberdade de Lula
29/06/18, 16:35 | DECISÃO - Supremo mantém fim do imposto sindical obrigatório
28/06/18, 20:30 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Ex-deputado do PP ensina como se 'compra alguém'
28/06/18, 20:05 | LAVA JATO - Fachin libera para plenário do STF pedido de liberdade de Lula
28/06/18, 20:03 | INTERNACIONAL - Juiz dos EUA ordena que menino brasileiro seja entregue à mãe
28/06/18, 19:20 | COPA DO MUNDO - Bélgica vence Inglaterra e fica em primeiro no Grupo G
28/06/18, 16:40 | POLÍTICA - Temer assina decreto que reserva 30% de vagas de estágio para negros
28/06/18, 16:37 | REDES SOCIAIS - TSE assina memorando com Facebook e Google contra fake news
28/06/18, 16:35 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa CNI-Ibope aponta recuo na confiança do governo de 8% para 6%
28/06/18, 15:07 | ESPORTE - Fair-play classifica Japão para as oitavas de final da Copa do Mundo
28/06/18, 14:58 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa Ibope: Ex-presidente Lula dispara na frente com 33%
28/06/18, 14:53 | COPA DO MUNDO - Colômbia vence Senegal por 1 x 0 e se classifica para as oitavas
28/06/18, 14:32 | PESQUISA - Ibope: governo Temer tem só 4% de aprovação e 79% de reprovação
28/06/18, 11:57 | DECISÃO - Supremo reconhece unicidade de representação judicial e consultoria jurídica pelos Procuradores Estaduais e do Distrito Federal
28/06/18, 09:19 | VATICANO - Papa aceita renúncia de mais 2 bispos chilenos por pedofilia
28/06/18, 09:14 | POLÊMICA - Marco Aurélio critica Cármen Lúcia e fala em 'manipulação de pauta'
28/06/18, 08:55 | ECONOMIA - Contestações na Justiça levam Telebras a perder 44% de seu valor de mercado
28/06/18, 08:46 | COPA DO MUNDO - Como todos queriam, Neymar deixa individualismo e assume protagonismo
28/06/18, 08:24 | CORRUPÇÃO - Ciro Nogueira, a mulher e o enlace de Cristiano Araújo com a Lava Jato
27/06/18, 18:57 | SAÚDE PÚBLICA - Mortes por diabetes cresceram 12% no Brasil em seis anos, diz Ministério da Saúde
27/06/18, 17:54 | COPA DO MUNDO - Suíça empata com Costa Rica e fica em segundo no Grupo do Brasil
27/06/18, 17:46 | ESPORTE - Multidão entra em festa: Brasil continua e Alemanha vai embora
27/06/18, 13:45 | ESPORTE - Suécia coloca o México na roda, faz 3 a 0 e vai às oitavas da Copa
27/06/18, 13:32 | ESPORTE - Alemanha é eliminada da Copa do Mundo pela Coreia: 2 x 0
27/06/18, 11:52 | COPA DO MUNDO - Tite usa palavras de Mandela como inspiração para seus jogadores
27/06/18, 11:49 | JUDICIÁRIO - Após soltar condenados, Gilmar diz que STF está voltando a ser Supremo
27/06/18, 11:26 | INTERNACIONAL - Justiça ordena que EUA reúnam menores separados dos pais
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site