CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Temer tentou obtruir Justiça com compra de silêncio de Cunha, diz PF

O relatório final da Operação Cui Bono dedica um capítulo inteiro à suspeita de tentativa da compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Câmara e do doleiro Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do MDB, por parte de Michel Temer.

13/06/18, 20:52

O

relatório final da Polícia Federal referente a Operação Cui Bono, que investiga irregularidades e desvios na Caixa Econômica Federal na época em que o ex-ministro Geddel Vieira Lima era vice-presidente de Pessoa Jurídica da instituição, dedica um capítulo inteiro à suspeita de tentativa da compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Câmara e do doleiro Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do MDB, por parte de Michel Temer.

“Segundo o relatório, ‘no edifício probatório dos autos do inquérito 4483/STF’, da Operação Patmos, ‘foram verificados indícios suficientes de materialidade e autoria atribuível a Michel Miguel Elias Temer Lulia, Presidente da República, no delito previsto no Artigo 2.º, inciso 1, da 12.850/13, por embaraçar investigação de infração penal praticada por organização criminosa'”, diz o documento.

No inquérito, a PF pediu o indiciamento de 16 pessoas suspeitas de terem participado das irregularidades investigadas, dentre elas Cunha, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA), Lúcio Funaro, e executivos dos grupos Marfrig, Bertin e J&F, além do empresário e dono da Gol Linhas Aéreas, Henrique Constantino. Temer é apenas citado no inquérito em virtude de possuir foro privilegiado.

Segundo a PF, Temer teria incorrido no crime de obstrução da Justiça “na medida em que incentivou a manutenção de pagamentos ilegítimos a Eduardo Cunha, pelo empresário Joesley Batista, ao tempo em que deixou de comunicar autoridades competentes de suposta corrupção de membros da Magistratura Federal e do Ministério Público Federal que lhe fora narrada pelo mesmo empresário”.

Trecho do relatório diz respeito a uma gravação feita por Joesley Batista no dia 7 de março de 2017 durante um encontro com Temer no Palácio do Jaburu, em Brasília. No áudio, Joesley fala de providenciar uma ajuda financeira a Cunha e a Funaro para que eles não firmassem um acordo de delação com o Ministério Público Federal (MPF). Na ocasião, Temer teria avalizado o pagamento ao afirmar que o empresário “tem que manter isso, viu?”.

Temer já foi alvo de duas denúncias da Procuradoria-Geral da República (PGR) que acabaram arquivadas pela Câmara dos Deputados.

Fonte: JL/Estadão
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
28/12/18, 15:47 | DESALENTO - Mercado de trabalho só abre vagas somente sem carteira assinada
28/12/18, 15:45 | POLÍTICA - Haddad diz que há chance de condenação de Lula ser revista em 2019
28/12/18, 14:59 | ABUSOS SEXUAIS - Justiça determina bloqueio de R$ 50 milhões das contas de João de Deus
28/12/18, 14:16 | DESCASO - Pelo padrão Lava Jato, Queiroz já teria sido preso, avalia Kennedy Alencar
28/12/18, 13:50 | INUSITADO - Bolsonaro ganha escultura de cartuchos de arma de fogo que formam seu rosto
28/12/18, 13:40 | CALENDÁRIO - Governo federal publica lista com feriados e pontos facultativos de 2019
28/12/18, 13:26 | MEDIDAS - Bolsonaro diz que pretende estender validade de CNH para 10 anos
27/12/18, 21:57 | FAMÍLIA - Enzo Gabriel e Maria Eduarda: os nomes de bebês mais registrados em 2018; em 2017, Miguel e Alice
27/12/18, 21:46 | CRIME - Assassino diz ter se desentendido com Camata sobre processos judiciais
27/12/18, 21:41 | POLÊMICA - Aliados de Bolsonaro avaliam que Queiroz não esclareceu movimentações
27/12/18, 21:35 | ESPORTE - Grêmio aceita proposta do Al-Ittihad e vende o goleiro Marcelo Grohe
27/12/18, 21:29 | AJUSTE - Em documento, Bolsonaro determina pente-fino na gestão Temer
27/12/18, 21:21 | POLÍTICA - Reta final do governo Temer: Marasmo, pequenas homenagens e preocupação com a Justiça marcam os últimos dias no cargo
27/12/18, 21:07 | POLÍTICA - Parlamentares eleitos medem forças na disputa por gabinetes
27/12/18, 21:02 | GESTÃO PÚBLICA - Governo Bolsonaro deve preparar pacote de 22 medidas para 100 primeiros dias
27/12/18, 18:05 | POLÊMICA - Namorado de Fátima Bernardes e deputado eleito, Gadêlha processa Frota
27/12/18, 18:00 | TRANSIÇÃO - Exclusivo: ‘Agenda dos 100 dias’ de Bolsonaro inclui anular atos de Temer
27/12/18, 17:41 | ARTIGO JURÍDICO - Anulação e Revogação de Licitação
27/12/18, 17:28 | LOTERIA - Apostadores deixaram de retirar R$ 266 mi da Mega-Sena em 2018
27/12/18, 17:25 | POSSE - PF vai apurar suposta ameaça terrorista à posse de Bolsonaro
27/12/18, 17:03 | REPERCUSSÃO - Bolsonaro pode causar danos duradouros ao Brasil, diz organização
27/12/18, 16:47 | FIM DE ANO - Corrida de São Silvestre reunirá 30 mil participantes em São Paulo
27/12/18, 16:42 | TRANSIÇÃO - Preparativos para a posse movimentam o Congresso Nacional
27/12/18, 16:34 | VIOLÊNCIA - “Cumprimos a missão”, diz general sobre intervenção no Rio
26/12/18, 22:01 | CRIME - Ex-assessor matou o ex-governador
26/12/18, 18:28 | CRIME - Gerson Camata, ex-governador do Espírito Santo, é assassinado em Vitória
26/12/18, 16:54 | PREVIDÊNCIA - Última chance para conseguir a aposentadoria mais vantajosa no INSS pela Regra 85/95
26/12/18, 16:50 | MUNDO - Criança que falou com Trump diz ainda acreditar em Papai Noel
26/12/18, 16:46 | PREVIDÊNCIA - Aposentadoria por tempo de contribuição terá normas diferentes no INSS para homem e mulher em 2019
26/12/18, 15:49 | SAÚDE PÚBLICA - Formados no exterior têm novo prazo para escolher vaga no Mais Médicos
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site