CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Inquérito sobre decreto dos portos poupa sigilo bancário de Temer

A consulta aos autos revela que uma série de medidas não foram tomadas pela PGR e pela PF

12/02/18, 11:36
 
P
assados quatro meses da abertura do inquérito sobre um decreto do setor portuário, os sigilos bancário, telefônico e fiscal do presidente Michel Temer, de amigos e empresários foram preservados pelos investigadores -no caso, a Procuradoria Geral da República e a PF (Polícia Federal).

Na última sexta-feira (9), em entrevista à agência Reuters, o diretor-geral da PF, Fernando Segovia, criticou a qualidade das provas obtidas e indicou que o inquérito poderá ser arquivado.

A consulta aos autos, porém, revela que uma série de medidas não foram tomadas pela PGR e pela PF.

A investigação, que procura saber se Temer recebeu vantagem indevida das empresas da área, se concentrou até agora em aspectos formais, como depoimentos de dez investigados -incluindo Temer- que negam qualquer irregularidade na edição do decreto.

O inquérito foi aberto a partir da delação da JBS. Em telefonemas, o ex-assessor presidencial Rodrigo Loures conversou com membros do governo e parlamentares sobre o decreto. Ele queria incluir no texto um grupo de portos que tinham recebido concessões e arrendamentos antes de uma lei de 1993.

No decreto, de maio de 2017, o grupo acabou excluído -um dos pontos usados pela defesa de Temer para pedir arquivamento do caso.

Tanto a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, quanto o delegado da PF que preside o inquérito, Cleyber Malta Lopes, não demonstraram interesse em pedir ao ministro relator no STF, Luís Roberto Barroso, acesso à movimentação bancária do presidente para ver se há ou houve alguma relação com empresas do setor portuário.

PISTAS DE LADO

Pistas também deixaram de ser perseguidas. Em junho passado, a PF apreendeu na Argeplan, empresa do coronel aposentado da PM João Baptista Lima Filho, "um projeto de reforma de imóvel com nome Maristela Temer", filha do presidente, um recibo de pagamento em nome dela e um disco rígido com "diversas informações sobre a reforma no apartamento".

Eventuais pagamentos da Argeplan, que tem contratos com órgãos públicos, à filha de Temer poderia indicar a dissimulação de vantagens indevidas. Nenhum dos documentos, porém, foi até o momento cruzado com o sigilo bancário de Maristela, que também não foi quebrado.

A filha do presidente não aparece como alvo da investigação nem é citada pela PF como alguém que mereça ser ouvido no futuro.

No inquérito há um relatório que sugere quebrar sigilo dos investigados, incluindo Temer, mas o papel foi produzido por um agente e um escrivão da PF, legalmente incapaz de pedir a quebra.

Pelo sistema de foro privilegiado no STF, caberia a Dodge formalizar o pedido a Barroso, o que não havia ocorrido até sexta (9).

Existe a hipótese de os sigilos terem sido quebrados em algum procedimento sigiloso, mas não há nenhuma referência nos autos públicos da investigação.

A PGR informou que, sobre o inquéritos dos portos, toda "manifestação ocorrerá somente nos autos".

A Polícia Federal não havia se manifestado até a conclusão deste texto.

Fonte: JL/Folha
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
03/08/18, 12:17 | CRIME - Matemático do Irã furtado no Rio receberá outra medalha Fields
02/08/18, 22:20 | VATICANO - Papa recebe Celso Amorim para falar sobre prisão política de Lula
02/08/18, 22:16 | EDUCAÇÃO - Temer quer acabar com as bolsas de pós-graduação da Capes em 2019
02/08/18, 22:12 | EDUCAÇÃO - Fracassa tentativa de Temer de legitimar reforma do ensino médio
02/08/18, 21:36 | CONVENÇÃO - Temer chama candidatos ao Planalto de 'pobres coitados' sem projeto
02/08/18, 21:33 | ELEIÇÕES - Acusado por corrupção e propina, Aécio desiste de concorrer ao Senado
02/08/18, 21:29 | POLÍTICA - MDB confirma nome de Meirelles na disputa pela Presidência
02/08/18, 21:23 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Fachin prorroga inquérito sobre Temer e ministros por 60 dias
02/08/18, 21:21 | JUDICIÁRIO - STF vota a favor de prazo para cobrar condenado por improbidade
02/08/18, 20:58 | DESCASO - TCE-PI determina bloqueio das contas da Câmara e da Prefeitura de Luzilândia
31/07/18, 16:12 | ENTREVISTA - Veja 10 absurdos ditos por Jair Bolsonaro durante o Roda Viva
31/07/18, 14:43 | JUSTIÇA - PGR recorre de arquivamento de inquéritos contra deputados
31/07/18, 14:40 | SAÚDE PÚBLICA - Saúde quer vacinar 11 milhões de crianças contra sarampo e pólio
31/07/18, 14:37 | SAÚDE PÚBLICA - Três em cada cinco bebês não são amamentados na primeira hora de vida
31/07/18, 14:17 | FUTEBOL - 'Primeiro treino duro', diz CR7 após treinar no CT da Juventus
31/07/18, 14:13 | ESPORTE - 'É preciso deixar Schumacher em paz', diz amigo do ex-piloto
31/07/18, 14:10 | ELEIÇÕES 2018 - Bolsonaro culpa negros por escravidão e propõe redução de cotas
31/07/18, 13:17 | LUTO - Um dos autores do impeachment, jurista Hélio Bicudo morre aos 96 anos
31/07/18, 12:44 | CRIME - Capa de revistas que dão destaque para Bolsonaro líder são falsas e dados também
31/07/18, 12:36 | POLÍTICA - Temer lança carta de apoio à candidatura de Meirelles nas eleições 2018
31/07/18, 12:33 | CRIME - Pai e mãe de crianças flagradas vendendo drogas são transferidos para presídio em Parnaíb
31/07/18, 10:33 | POLÍTICA - Alvaro Dias dá apoio à operação Lava Jato e ataca foro privilegiado
31/07/18, 09:33 | ACIDENTE - Carro pega fogo após motorista perder o controle da direção no litoral do PI
31/07/18, 09:27 | ENERGIA - Eletrobras prorroga até dezembro prazo para operação de distribuidoras
31/07/18, 09:17 | MUNDO - Parlamento britânico faz recomendações para combater fake news
31/07/18, 09:13 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Mansão de Sérgio Cabral em Mangaratiba será leiloada em setembro
31/07/18, 09:04 | DITADURA MILITAR - MPF reabre investigações sobre assassinato de Vladimir Herzog
30/07/18, 18:42 | LEGISLAÇÃO - PEC dá fim a critério político para composição dos tribunais de contas
30/07/18, 18:11 | SAÚDE - Informações sobre acidentes de trânsito poderão ter base única
30/07/18, 18:07 | ECONOMIA - Anac: mais de 100 milhões de pessoas viajaram de avião no último ano
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site