CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Temer pode perder mais 17 ministros e ser o recordista de baixas pré-eleições

Dois ministros já saíram para eleição. Pedidos devem ser feitos até abril

08/01/18, 11:20

O

governo de Michel Temer pode perder até 7 de abril 21 ministros que pretendem disputar as eleições de 2018. É mais que o dobro que o governo de Dilma Rousseff (PT) em 2014 e mais de 4 vezes que o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Temer já perdeu até o momento 2 ministros que deixaram suas pastas alegando que se focariam na disputa de 2018: Ronaldo Nogueira (Trabalho, do PTB-RS) e Marcos Pereira (Indústria, do PRB-SP). Ambos devem se candidatar a uma vaga na Câmara dos Deputados.

São dadas como certas as saídas de outros 11 ministros. Quatro deles concorrerão a uma vaga na Câmara: Mendonça Filho, da Educação, Osmar Terra (MDB-RS), do Desenvolvimento Social e Agrário, Raul Jungmann (PPS-PE), da Defesa, e Ricardo Barros (PP-PR), da Saúde.

Os candidatos ao pleito de 2018 devem respeitar o prazo de desincompatibilização. Ou seja, 6 meses antes da data da eleição (7.abr), precisam deixar seus cargos.

Estão cotados para concorrer ao Senado os ministros Maurício Quintella (PR-AL), dos Transportes, Leonardo Picciani (MDB-RJ), do Esporte, Marx Beltrão (MDB-AL), do Turismo, e Sarney Filho (PV-MA), do Meio Ambiente.

Outros 3 ministros devem sair por causa das disputas ao governo dos Estados: Helder Barbalho (MDB-PA), da Integração Nacional, e Fernando Coelho Filho (PSB-PE), Minas e Energia, querem concorrer ao cargo de governador. Gilberto Kassab (PSD-SP), das Comunicações, tem afirmado em entrevistas que aceitaria o cargo de vice em uma chapa encabeçada por José Serra ou João Doria ao governo de São Paulo.

Quase certo

Outros 3 ministros têm destino quase certo: Henrique Meirelles, da Fazenda, não cravou a candidatura, mas cada vez mais adota o discurso de candidato ao Planalto pelo PSD.

Moreira Franco (MDB-RJ), da Secretaria de Governo, e Luislinda Valois (sem partido-BA), dos Direitos Humanos, são nomes possíveis para concorrerem a deputado federal.

Blairo Maggi (Agricultura), Dyogo Oliveira (Planejamento) e Aloysio Nunes (Relações Exteriores) são nomes incertos. Maggi ainda sonha em ser candidato a vice-presidente pelo PP em uma chapa. O partido chegou a tentar uma aproximação com o PSDB para viabilizar a dobradinha com Geraldo Alckmin. Dyogo Oliveira é sondado para uma vaga na Câmara, enquanto Aloysio analisa se terá condições de tentar a reeleição ao Senado.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
05/02/19, 18:47 | ESTUDOS - Estudos revelam desafios sobre saúde mental após desastres ambientais
05/02/19, 18:42 | POLÊMICA - Governo quer mandar reforma da Previdência para Congresso em breve
05/02/19, 18:24 | TRAGÉDIA - STJ manda soltar presos por rompimento da barragem em Brumadinho
05/02/19, 18:21 | POLÍTICA - Maia: Câmara pode aprovar reforma da Previdência até maio
05/02/19, 18:16 | VIOLÊNCIA - Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
05/02/19, 13:06 | SAÚDE - Estado de saúde de Bolsonaro piora de novo e alta médica é adiada
05/02/19, 12:59 | INTERNACIONAL - Incêndio em apartamento deixa 10 mortos em Paris; autoridades falam em ato criminoso
05/02/19, 12:53 | POLÍTICA - Mulheres ficam fora das lideranças da Câmara mesmo com número recorde de deputadas
05/02/19, 12:48 | ECONOMIA - Desalento e informalidade devem aumentar no governo Bolsonaro, prevê Dieese
05/02/19, 12:38 | PREVIDÊNCIA - Com nova Previdência, idosos de baixa renda vão receber menos que um salário mínimo
05/02/19, 11:27 | INVESTIGAÇÃO - Se for verdadeira, é grave, diz Mourão sobre esquema de ministro
05/02/19, 11:18 | DENÚNCIA - Governo Bolsonaro: ministro é quem deve responder sobre esquema
05/02/19, 11:09 | PESQUISA - 63,4% da população considera a Vale culpada em Brumadinho
05/02/19, 10:52 | REFORMAS - Ministros voltam a se reunir para avaliar ações e prioridades
05/02/19, 10:46 | ANTICRIME - Proposta de Moro pode elevar letalidade, dizem especialistas
05/02/19, 10:36 | PREVIDÊNCIA - 40 anos de contribuição para se ter 100% da aposentadoria
05/02/19, 08:59 | POJETO DE LEI - Pacote anticrime: veja como a lei é hoje e o que pode mudar
05/02/19, 08:52 | TRAGÉDIA - Brumadinho: buscas por vítimas entram no 12º dia; 134 mortos
05/02/19, 08:48 | REFORMAS - Previdência: regra de transição, idade mínima. Veja o que muda com a proposta
04/02/19, 22:12 | PROJETO DE LEI - Para advogados, projeto de lei anticrime de Moro cria 'licença para matar'
04/02/19, 22:09 | STF - Barroso envia denúncia contra Temer para primeira instância
04/02/19, 21:55 | INTERNACIONAL - Grupo de Lima recomenda restrições às negociações com regime de Maduro
04/02/19, 21:46 | REPERCUSSÃO - Entidades da sociedade se manifestam sobre projeto de lei anticrime
04/02/19, 14:59 | SAÚDE - Sobreviventes do câncer devem mudar estilo de vida, diz pesquisa
04/02/19, 14:53 | DISCUSSÃO - Estados pedem desburocratização de fundos de segurança pública
04/02/19, 14:50 | PAUTA - Ministros fazem reunião para debater políticas para a Região Nordeste
04/02/19, 13:36 | INTERNACIONAL - Corpo é achado entre pedaços de avião onde estava jogador argentino
04/02/19, 13:30 | JUSTIÇA - Uso de tecnologia no transporte de presos agrada a governadores
04/02/19, 13:26 | REFORMAS - Lei propõe endurecer cumprimento de pena para crimes graves
04/02/19, 12:31 | DENÚNCIA - Prefeito de Luzilândia é denunciado por crime de improbidade na Justiça Federal e poderá perder o cargo
« Anterior 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 | 391 - 420 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site