CBN - A rádio que toca notícia

JUDICIÁRIO

'Agora poderemos enfrentar auxílio-moradia', diz Toffoli após reajuste

Ministro do STF agradeceu ao Senado, que aprovou nesta quarta o índice de 16,38% de aumento salarial para os membros da Corte

08/11/18, 12:48

O

presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, agradeceu ao Senado por ter aprovado hoje (7) o reajuste dos salários dos ministros da Corte e disse que deverá agora enfrentar a questão do auxílio-moradia do magistrados.

“Com a aprovação do novo subsídio, nós poderemos agora resolver essa questão do auxílio-moradia. Vou conversar com o relator, o vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, para ver a melhor hora de deliberarmos a respeito”, disse Toffoli à TV Justiça, após evento no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Desde a primeira entrevista após assumir a presidência do Supremo, Toffoli tem declarado que pautaria o auxílio-moradia para julgamento em plenário após ser aprovado o aumento de salário dos ministro do STF pelo Senado. "Agradeço em nome de todo o Poder Judiciário a aprovação desse projeto", disse ele nesta quarta-feira. 

Segundo o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), relator do projeto na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, que votou contra o aumento, estudos da Consultoria Legislativa mostram que o impacto fiscal da medida pode chegar a R$ 6 bilhões, com o chamado efeito cascata, uma vez que os vencimentos dos ministros do STF servem de teto para o funcionalismo público.

Toffoli disse, nesta quarta-feira, que, no que concerne ao orçamento do Poder Judiciário, o reajuste para toda a magistratura já está contabilizado, e os recursos serão remanejados de outros itens orçamentários. O ministro voltou a afirmar que não se trata de um aumento, mas de uma "revisão de inflação". 

Enquanto chefiou o STF, a antecessora de Toffoli, ministra Cármen Lúcia, sempre se posicionou contra o reajuste dos magistrados, por questões fiscais. Em agosto, em sessão administrativa, os ministros aprovaram, por 7 a 4, a inclusão no orçamento do Judiciário do reajuste de 16,38% nos próprios subsídios. Além de Cármen Lúcia, votaram contra os ministros Celso de Mello, Rosa Weber e Edson Fachin.   

O ministro Luiz Fux é relator das ações que questionam o auxílio-moradia dos juízes. Por força de uma liminar concedida em 2014 pelo ministro, todos os magistrados brasileiros recebem o benefício, hoje no valor de R$ 4,3 mil, mesmo que tenham imóvel próprio na localidade em que trabalham.

O tema chegou a ser pautado para julgamento em plenário, mas depois foi retirado da pauta por Fux, que enviou o processo para conciliação sob a supervisão da Advocacia-Geral da União (AGU). A iniciativa não obteve resultado e desde então o processo aguarda julgamento.
 
Fonte: JL/Notícias ao Minuto
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
31/12/18, 17:34 | CASA DE CUSTÓDIA - Agentes penitenciários impedem fuga de 110 presos em Teresina
31/12/18, 17:28 | SAÚDE - Vencedor da São Silvestre passa mal e é levado a hospital após prova
31/12/18, 17:24 | INUSITADO - Motorista sofre picada de marimbondo e tomba ambulância com grávida
31/12/18, 16:58 | POLÍTICA - Manifestantes preparam Ano Novo para Lula em frente à PF
31/12/18, 16:38 | POSSE - Quem são os líderes estrangeiros que assistirão à posse de Bolsonaro
31/12/18, 16:35 | ESPORTE - Africanos dominam a São Silvestre; brasileiros pedem investimento
31/12/18, 16:19 | PESQUISA - Datafolha: 61% dos brasileiros defendem que posse de armas seja proibida
31/12/18, 13:55 | POLÍTICA - “Relação de Bolsonaro com Congresso não será fácil”, diz analista político
31/12/18, 13:49 | CRIME - Onyx admite uso de verba da Câmara em campanha de Bolsonaro: “Estava construindo um novo futuro para o país”
31/12/18, 13:42 | DENÚNCIA - Onyx usou verba pública para bancar voos durante campanha de Bolsonaro, diz Folha
31/12/18, 13:37 | INTERNACIONAL - Tempestade tropical mata pelo menos 68 pessoas nas Filipinas
31/12/18, 13:34 | MUNDO - Ano-Novo já chegou à Nova Zelândia, Austrália e ao Reino de Tonga
31/12/18, 13:28 | PREVIDÊNCIA - Aposentadoria tem novo cálculo a partir de hoje
31/12/18, 13:23 | ARTIGO JURÍDICO - O Direito de Estar Só
30/12/18, 20:02 | LIÇÃO - Médica escreve carta antes de morrer de câncer: 'A vida é só hoje'
30/12/18, 19:58 | POLÍTICA - Investigado, Temer diz que não tem medo de ser preso: ‘Preocupação zero’
30/12/18, 19:54 | PERDÃO - Presidente Michel Temer desiste de editar indulto de Natal em 2018
30/12/18, 19:34 | NOVO GOVERNO - Moro vai fazer revisão interna e fechar pacote de medidas legislativas
30/12/18, 13:56 | ESPORTE - São Paulo segue de olho no mercado após a compra de Hernanes
30/12/18, 13:49 | REPERCUSSÃO - “Brasil: extrema direita chega ao poder”, registra Le Monde
30/12/18, 13:46 | INCÓGNITA - Moro tem tudo para dar errado no governo Bolsonaro
30/12/18, 13:17 | ECONOMIA - Ministro prepara pacote de medidas para melhorar ambiente de negócios
30/12/18, 13:09 | FIM DE ANO - Retrospectiva: relembre fatos que marcaram o Brasil em 2018
30/12/18, 12:42 | ARTIGO JURÍDICO - Devedor Contumaz e Dano Moral
30/12/18, 12:29 | DOCUMENTÁRIO - Foi facada ou fraude o atentado a Bolsonaro? Documentário levanta questões sem resposta!
30/12/18, 12:21 | REPOSIÇÃO - Deputados querem aumento salarial igual ao do Supremo Tribunal
30/12/18, 12:19 | PREVENÇÃO - Aeroporto de Brasília pede reforço na segurança por causa da posse
30/12/18, 08:42 | FIM DE ANO - Com chegada do Réveillon, alerta é festejar sem abusar do álcool
29/12/18, 22:16 | POSSE - Caravanas se preparam para a posse de Bolsonaro em Brasília
29/12/18, 22:12 | POSSE - Às vésperas da posse, 90% da rede hoteleira do DF está ocupada
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site