CBN - A rádio que toca notícia

CORRUPÇÃO

Gilmar Mendes: “Em um momento houve canonização da Lava Jato”

“Qualquer decisão contra a ação do Moro era considerada antirrepublicana, antipatriótica ou ‘antiqualquercoisa’, o que é uma bobagem”, criticou o ministro do STF

07/07/18, 12:35

D

urante passagem por Londres, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu suas decisões em que revogou prisões ordenadas por juízes de primeira instância da Lava Jato. Além disso, declarou que houve um momento de “canonização” da operação no País, em que qualquer questionamento a ela era considerado “antirrepublicano”, disse, em entrevista à Célia Froufe, do Estado de São Paulo.

O ministro destacou, ainda, que a lei de abuso de autoridade é uma das coisas nas quais o Brasil precisa “pensar” para os próximos anos. “Em um momento houve a canonização da Lava Jato. Então, qualquer decisão contra a ação do (juiz Sergio) Moro era considerada antirrepublicana, antipatriótica ou ‘antiqualquercoisa’, o que é uma bobagem”.

Gilmar está na capital inglesa para participar de um seminário na Universidade de Londres e no qual falou sobre os 30 anos da Constituição brasileira. “A Lava Jato começou a pensar que era uma entidade, quis legislar, mudar habeas corpus e outras coisas. Depois se viu que eles eram suscetíveis a problemas sérios e que a corrupção estava ali perto, como o caso (do ex-procurador Marcello) Miller”, afirmou Gilmar, em referência ao ex-procurador da República que, na semana passada, se tornou réu por supostamente atuar como advogado do Grupo J&F quando ainda integrava o Ministério Público Federal.

O ministro também criticou procedimentos adotados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal não só na Lava Jato como também na Carne Fraca e Satiagraha – operações em que foi questionado por ter revogado decisões expedidas pela primeira instância. Sobre isso, Gilmar disse estar “muito tranquilo”. “Nunca houve uma decisão minha que não fosse confirmada pela turma ou pelo pleno”.

O magistrado defendeu a reformulação da lei que trata de abuso de autoridade no País. Neste caso, fez referência ao trabalho do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, responsável pela negociação e assinatura de acordos de delação premiada de ex-executivos do Grupo J&F, material que fundamentou duas denúncias contra Michel Temer.

“O doutor Janot, de fato, queria derrubar o presidente para isso? Então foi a primeira tentativa de golpe que se fez em 30 anos vinda não de militares”, disse Gilmar. “Não estou falando que não é para investigar, não. Agora, faça direito”, afirmou. “Isso é também uma coisa na qual precisamos pensar para os próximos 30 anos: lei de abuso de autoridade, responsabilidade”, afirmou.
 
 
Fonte: JL/Revista Fórum
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
01/02/19, 11:44 | INTERNACIONAL - China dá início a celebrações de novo ano; porco vai reger o período
01/02/19, 11:40 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Ministro do STF nega pedido de Flávio Bolsonaro e quebra sigilo
31/01/19, 15:58 | REFORMAS - Reforma incluirá militares: 'Ninguém vai ficar de fora', diz secretário
31/01/19, 15:44 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Nova fase da Lava Jato investiga propina a políticos do MDB
31/01/19, 15:38 | MINISTÉRIO PÚBLICO - “Não é possível não sentir essa dor”, diz procuradora Raquel Dodge
31/01/19, 14:27 | TRAGÉDIA - Arcebispo de Belo Horizonte celebra missa de sétimo dia em Brumadinho
31/01/19, 14:24 | ENSINO - Educação em casa não substitui a escola, diz secretário do MEC
31/01/19, 14:22 | PUNIÇÃO - Justiça do Trabalho bloqueia mais R$ 800 milhões da Vale
31/01/19, 14:08 | VALE - Militares israelenses deixam tragédia de Brumadinho hoje
31/01/19, 13:51 | EDUCAÇÃO - Uma em cada 3 disciplinas é dada por professor sem formação específica
31/01/19, 13:48 | EDUCAÇÃO - Cresce o número de estudantes com necessidades especiais
31/01/19, 09:37 | INVESTIGAÇÃO - Operação Força-Tarefa poderá levar para a prisão vários prefeitos do interior do Piauí
30/01/19, 21:51 | ARTIGO - Lula é refém de facínoras, diz colunista
30/01/19, 21:41 | POLÊMICA - Defesa deve entrar com pedido para que Lula vá à missa de sétimo dia do irmão
30/01/19, 21:36 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Barroso assume relatoria das investigações contra Beto Richa
30/01/19, 21:12 | SAÚDE - Cientistas israelenses dizem ter achado a 'cura definitiva' para o câncer
30/01/19, 21:09 | ESPORTE - Ingressos para partida entre River e Fluminense variam de R$ 30 a R$ 80
30/01/19, 20:54 | ESTUDO - Mais da metade das jovens brasileiras têm medo de assédio
30/01/19, 14:08 | HONRA - Lula agradece decisão do Supremo e não vai sair da prisão: 'não tem mais sentido'
30/01/19, 13:24 | DESCASO - Decisão do Supremo chega tarde demais: corpo do irmão de Lula já foi enterrado
30/01/19, 13:18 | OPINIÃO - Brito: Lula está soterrado sob a lama do judiciário acanalhado
30/01/19, 13:08 | REAÇÃO - Jurista já vê risco até de que Lula seja assassinado na prisão
30/01/19, 13:01 | AGRESSÃO - Filho de Bolsonaro ataca imprensa de novo: urubus malandros
30/01/19, 12:55 | CRÍTICAS - Dino: parecer que nega a Lula ida ao velório do irmão é vergonhoso
30/01/19, 12:46 | POLÊMICA - Chico Buarque se solidariza a Lula e repudia justiça cínica e covarde
30/01/19, 12:26 | DECISÃO - TJ-Rio concede habeas corpus para soltar o ‘Dr. Bumbum’
30/01/19, 12:20 | DESCASO - País tem só 35 fiscais para monitorar 790 barragens de mineração
30/01/19, 12:01 | IMBRÓGLIO - Lula recorre ao STF e ao STJ para ir ao enterro do irmão
29/01/19, 22:05 | PLANEJAMENTO - Agenda Teresina 2030 discute detalhes finais de Plano Diretor
29/01/19, 21:55 | REIVINDICAÇÕES - Prefeito de Teresina participa de audiência em Brasília com ministros
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site