CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Lei de Cotas terá de ser aplicada também nas Forças Armadas, decide STF

Para Barroso, a aplicação das cotas em concursos públicos possibilita a construção de uma burocracia representativa, mais atenta aos problemas e particularidades dos diferentes segmentos sociais

13/04/18, 15:12

O

Supremo Tribunal Federal confirmou a validade da Lei de Cotas, que reserva aos negros 20% das vagas oferecidas em concursos públicos, para as Forças Armadas. Em decisão tomada nessa quinta-feira (12), os ministros eliminaram a dúvida que persistia sobre o assunto ao analisar um questionamento da ONG Educafro.

A Lei de Cotas foi declarada constitucional em junho de 2017, mas ponderações dos ministros Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes sobre uma atipicidade das carreiras militares suscitaram a discussão se a norma deveria ser aplicada pelas Forças Armadas. Até agora, apenas a Marinha vinha reservando vagas para afrodescendentes.
 
A decisão foi unânime. Todos os ministros acompanharam o voto do relator, Luís Roberto Barroso. “Não há particularidade inerente às atribuições exercidas nas Forças Armadas que possa justificar, por qualquer razão, um tratamento diferenciado daquele dado por toda a Administração direta e indireta à aplicação das cotas”, concluiu o relator. “Trata-se também de superar o racismo estrutural e institucional existente na nossa sociedade e de garantir a igualdade material entre os cidadãos”, ressaltou.

Para Barroso, a aplicação das cotas em concursos públicos possibilita a construção de uma burocracia representativa, mais atenta aos problemas e particularidades dos diferentes segmentos sociais. A Lei de Cotas é aplicada para o preenchimento de cargos efetivos e empregos públicos na administração pública federal direta e indireta, nos Três Poderes.

No julgamento do ano passado, Gilmar Mendes levantou dúvidas sobre a aplicação da lei em todos os concursos públicos, inclusive nas Forças Armadas.

“A mim me preocupa essa questão da abrangência da Lei em relação a todos os Poderes e todos os âmbitos. Certamente tem repercussão, já foi falado aqui, no âmbito do Judiciário, mas a mim me parece que seria razoável que se discutisse se o que se estabelece numa lei geral se transpusesse para o âmbito do Judiciário, ou mesmo do Ministério Público, ou de outros órgãos. Fico a pensar, por exemplo, nos concursos de Forças Armadas, que têm  singularidades e tudo mais. Eu gostaria apenas de fazer um pouco essa reserva em relação a esse tipo de tema, porque me parece que há um certo expansionismo que tem implicações em todo esse contexto”, disse o ministro.

A mesma preocupação também foi manifestada pelo ministro Alexandre de Moraes, que citou que, em relação às Forças Armadas, há um dispositivo que prevê uma lei específica. “Diz o inciso X: ‘Art. 142 – […] A – a lei disporá sobre o ingresso nas Forças Armadas, os limites de idade, a estabilidade e outras condições de transferência […]. Então, há possibilidade dessa análise mais detalhada”, ponderou.

Ao pedir o esclarecimento desse ponto da decisão inicial sobre a constitucionalidade da Lei de Cotas, a Educafro ressaltou que não havia por que diferenciar os militares dos demais servidores.

“Não é demais explicitar que os militares brasileiros também prestam serviço público e se submetem a um regime jurídico igualmente público, de caráter estatutário, ainda que diverso daquele a que estão sujeitos os servidores de natureza civil. Do mesmo modo, os concursos para ingresso nas Forças Armadas são, a rigor, concursos para provimento de cargos efetivos no âmbito da União”, alegou a entidade.

Fonte: JL/Congrasso e Foco
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
04/05/18, 16:33 | PROPINA - PGR se manifesta a favor da prorrogação e contra arquivamento de inquérito que investiga Temer
04/05/18, 16:20 | FORO - Toffoli envia às instâncias inferiores seis ações penais e uma investigação
04/05/18, 13:21 | PROPINA - Marco Aurélio estende quebra de sigilo fiscal de Aécio a todo o ano de 2017
04/05/18, 13:16 | ESPORTE - Neymar desembarca em Paris após dois meses de recuperação no Brasil
04/05/18, 12:43 | AGRESSÃO - Delegado da PF quebra som de acampamento pró-Lula em Curitiba
04/05/18, 12:28 | HOSTILIZAÇÃO - Procurador da Lava Jato é hostilizado em voo: “Corrupto”, “Cheiro de Enxofre”
04/05/18, 11:58 | ELEIÇÕES 2018 - Voto impresso estará disponível em 23 mil urnas na eleição de outubro
04/05/18, 11:50 | REPERCUSSÃO - Decisão do Supremo de restringir foro privilegiado provoca reação do Congresso
04/05/18, 11:28 | CRIMES - Ação contra doleiros deve revelar esquema maior que a Lava Jato
04/05/18, 11:24 | POLÊMICA - Foro privilegiado: o que muda com a decisão do STF? Entenda nas perguntas e respostas
03/05/18, 21:48 | POLÊMICA - STF tem cerca de 500 processos envolvendo autoridades com foro
03/05/18, 20:58 | JULGAMENTO - Gilmar Mendes ataca magistratura brasileira em plenário
03/05/18, 20:40 | OPINIÃO PÚBLICA - Fim do foro privilegiado é defendido por 78% dos brasileiros, diz Ibope
03/05/18, 20:21 | JULGAMENTO - STF: Gilmar Mendes vota para restringir foro de deputados e senadores e todas as autoridades
03/05/18, 20:19 | PRERROGATIVA - STF aprova restrição do foro privilegiado para deputados e senadores
03/05/18, 20:15 | CORRUPÇÃO - Desembargador manda soltar ex-deputado Henrique Eduardo Alves
03/05/18, 15:37 | RECURSOS PÚBLICOS - TSE confirma verba de R$ 2,5 bi para partidos financiarem campanhas
03/05/18, 14:39 | SENADO - Votação do Sistema Único de Segurança terá prioridade, diz Eunício
03/05/18, 14:33 | DISCURSO - Regina Sousa lamenta crescimento do desemprego no país
03/05/18, 14:28 | DISCURSO - Requião defende fim de foro privilegiado para todos, inclusive juízes e promotores
03/05/18, 12:21 | PROPINA - Advogados de Aécio aconselham que senador renuncie ao mandato
03/05/18, 12:06 | ATENTADO - Disparos contra caravana de Lula foram intencionais, diz delegado
03/05/18, 11:55 | EDUCAÇÃO - Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies
03/05/18, 11:42 | CRIME - Lava Jato: “Doleiro dos doleiros” movimentou US$ 1,6 bi em propina
03/05/18, 11:33 | CAMPANHA - Campanha do Maio Amarelo alerta para 37 mil mortes no trânsito do país
03/05/18, 08:07 | LIBERTADORES - Corinthians joga muito mal e perde do Independiente no Itaquerão
03/05/18, 07:58 | ESPORTE - Cruzeiro goleia o Vasco e elimina clube carioca da Libertadores
02/05/18, 21:09 | RANKING GLOBAL - Divergência política é a principal causa de tensão entre pessoas em todo o mundo, aponta pesquisa
02/05/18, 17:18 | OPERAÇÃO MEDUSA - Liberado hoje último dos 137 presos em festa de milícia no Rio
02/05/18, 17:12 | ODEBRECHT - Toffoli será relator de pedido para retirar ação contra Lula de Moro
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site