CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Lei de Cotas terá de ser aplicada também nas Forças Armadas, decide STF

Para Barroso, a aplicação das cotas em concursos públicos possibilita a construção de uma burocracia representativa, mais atenta aos problemas e particularidades dos diferentes segmentos sociais

13/04/18, 15:12

O

Supremo Tribunal Federal confirmou a validade da Lei de Cotas, que reserva aos negros 20% das vagas oferecidas em concursos públicos, para as Forças Armadas. Em decisão tomada nessa quinta-feira (12), os ministros eliminaram a dúvida que persistia sobre o assunto ao analisar um questionamento da ONG Educafro.

A Lei de Cotas foi declarada constitucional em junho de 2017, mas ponderações dos ministros Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes sobre uma atipicidade das carreiras militares suscitaram a discussão se a norma deveria ser aplicada pelas Forças Armadas. Até agora, apenas a Marinha vinha reservando vagas para afrodescendentes.
 
A decisão foi unânime. Todos os ministros acompanharam o voto do relator, Luís Roberto Barroso. “Não há particularidade inerente às atribuições exercidas nas Forças Armadas que possa justificar, por qualquer razão, um tratamento diferenciado daquele dado por toda a Administração direta e indireta à aplicação das cotas”, concluiu o relator. “Trata-se também de superar o racismo estrutural e institucional existente na nossa sociedade e de garantir a igualdade material entre os cidadãos”, ressaltou.

Para Barroso, a aplicação das cotas em concursos públicos possibilita a construção de uma burocracia representativa, mais atenta aos problemas e particularidades dos diferentes segmentos sociais. A Lei de Cotas é aplicada para o preenchimento de cargos efetivos e empregos públicos na administração pública federal direta e indireta, nos Três Poderes.

No julgamento do ano passado, Gilmar Mendes levantou dúvidas sobre a aplicação da lei em todos os concursos públicos, inclusive nas Forças Armadas.

“A mim me preocupa essa questão da abrangência da Lei em relação a todos os Poderes e todos os âmbitos. Certamente tem repercussão, já foi falado aqui, no âmbito do Judiciário, mas a mim me parece que seria razoável que se discutisse se o que se estabelece numa lei geral se transpusesse para o âmbito do Judiciário, ou mesmo do Ministério Público, ou de outros órgãos. Fico a pensar, por exemplo, nos concursos de Forças Armadas, que têm  singularidades e tudo mais. Eu gostaria apenas de fazer um pouco essa reserva em relação a esse tipo de tema, porque me parece que há um certo expansionismo que tem implicações em todo esse contexto”, disse o ministro.

A mesma preocupação também foi manifestada pelo ministro Alexandre de Moraes, que citou que, em relação às Forças Armadas, há um dispositivo que prevê uma lei específica. “Diz o inciso X: ‘Art. 142 – […] A – a lei disporá sobre o ingresso nas Forças Armadas, os limites de idade, a estabilidade e outras condições de transferência […]. Então, há possibilidade dessa análise mais detalhada”, ponderou.

Ao pedir o esclarecimento desse ponto da decisão inicial sobre a constitucionalidade da Lei de Cotas, a Educafro ressaltou que não havia por que diferenciar os militares dos demais servidores.

“Não é demais explicitar que os militares brasileiros também prestam serviço público e se submetem a um regime jurídico igualmente público, de caráter estatutário, ainda que diverso daquele a que estão sujeitos os servidores de natureza civil. Do mesmo modo, os concursos para ingresso nas Forças Armadas são, a rigor, concursos para provimento de cargos efetivos no âmbito da União”, alegou a entidade.

Fonte: JL/Congrasso e Foco
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
03/01/19, 16:44 | EDUCAÇÃO - Seduc manterá matrículas online enquanto houver vagas na rede escolar do Piauí
03/01/19, 16:42 | SAÚDE - SUS vai oferecer remédio para tratar doença rara
03/01/19, 16:21 | REFORMAS - Guedes quer "libertar" jovens da CLT e do regime Previdenciário
03/01/19, 15:57 | CELEBRIDADE - A fila anda? Neymar se encanta por bailarina do Faustão
03/01/19, 15:47 | POLÍTICA - Guedes deve apresentar proposta de reforma da Previdência até o dia 7
03/01/19, 15:07 | BALANÇO - Mortes e prisões de jornalistas nas Américas marcaram 2018, diz entidade
03/01/19, 14:59 | DECISÃO - Governador do Rio ameaça tratar como terrorista criminoso que usar fuzil
03/01/19, 14:50 | INVESTIGAÇÃO - Governo Bolsonaro diz que identificou 'movimentação incomum' de gastos e nomeações de Temer
03/01/19, 14:39 | SUSPEIÇÃO - Bolsonaro impõe censura ao Coaf e proíbe servidores e até presidente do órgão de comentar processos
03/01/19, 14:29 | PERSEGUIÇÃO - Bolsonaro inicia caçada a servidores de oposição pelas redes sociais
03/01/19, 13:36 | EDUCAÇÃO - CARREIRA: Veja 10 profissões que estarão em alta em 2019
03/01/19, 13:33 | POLÍTICA - Acordo de Maia com o PSL incomoda esquerda e surpreende 'Centrão'
03/01/19, 13:28 | ECONOMIA - Governo estuda criar Imposto de Renda mais caro para ricos
03/01/19, 13:25 | SOCIAL - Caixa vai focar crédito imobiliário e baixa renda, diz novo presidente
03/01/19, 13:01 | POLÊMICA - Fim do Ministério do Trabalho é questionado no Supremo Tribunal
03/01/19, 12:58 | NOMEAÇÃO - “Não me interessa o que pensa Mourão”, diz Marun sobre críticas
03/01/19, 12:54 | ECONOMIA - Bolsa se encaminha para novo recorde pelo segundo dia consecutivo
02/01/19, 21:41 | ECONOMIA - Dólar cai e bolsa bate recorde no primeiro dia do governo Bolsonaro
02/01/19, 21:39 | NOVO GOVERNO - Bolsonaro faz nesta quinta 1ª reunião ministerial após assumir governo
02/01/19, 20:56 | REFORMAS - Previdência, privatizações e simplificação de tributos são 'pilares da nova gestão'
02/01/19, 17:00 | MUDANÇA - Novo ministro da Saúde defende 3º turno em Postos de Saúde
02/01/19, 16:55 | BÚZIOS - Médium que previu prisão de Pezão faz previsão ruim para Bolsonaro
02/01/19, 16:52 | ABUSOS SEXUAIS - João de Deus passa mal na cadeia e é levado a hospital
02/01/19, 15:44 | VATICANO - Papa Francisco critica quem 'vai à igreja e odeia os outros'
02/01/19, 15:42 | SOCIAL - Ministro diz que 13º para Bolsa Família será pago 'com certeza' em 2019
02/01/19, 15:15 | COMEMORAÇÃO - Michelle Bolsonaro recebe amigos para churrasco na Granja do Torto
02/01/19, 13:37 | ECONOMIA - Varejo pode deixar de faturar R$ 7,6 bi por causa de feriados
02/01/19, 13:27 | RESTRIÇÕES - Governo Bolsonaro começa com limitação a trabalho de jornalistas e protesto de entidades
02/01/19, 13:13 | GOVERNO - Medida provisória detalha a estrutura de poder do governo Bolsonaro. Veja a íntegra
02/01/19, 13:08 | ELEIÇÃO DA CÂMARA - Maia promete presidência da CCJ e PSL fecha apoio a reeleição
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site