CBN - A rádio que toca notícia

REPERCUSSÃO

Para Planalto, fala de Segovia foi uma trapalhada e reacende inquérito sobre propina no porto de Santos

Para interlocutores de Temer ao invés de o assunto cair no esquecimento, voltou a ganhar os holofotes justamente no período de carnaval

10/02/18, 16:02

A

pesar de aliados do governo minimizarem as declarações do diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, no Palácio do Planalto a entrevista concedida à Reuters foi considerada uma trapalhada e teve forte efeito negativo, reacendendo o inquérito que trata de suposta propina em troca de decreto que beneficiaria o setor de portos.

Para interlocutores de Temer ao invés de o assunto cair no esquecimento, voltou a ganhar os holofotes justamente no período de carnaval.

O presidente é investigado no inquérito que apura suposto recebimento de propina para favorecer a Rodrimar, que opera áreas do porto de Santos (SP). O dinheiro teria chegado ao Planalto por intermédio de Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), ex-assessor especial de Temer.

O diretor disse na entrevista que as investigações não comprovaram que houve pagamento de propina por parte de representantes da empresa Rodrimar para a edição do decreto que prorrogava contratos de concessão e arrendamento portuários, assinado por Temer em maio do ano passado.

Num primeiro momento, a entrevista chegou a ser comemorada pelo núcleo mais próximo de Michel Temer, pelo fato de Segovia sinalizar uma especie de arquivamento da investigação. Mas, diante da ampla repercussão negativa, e da reação da própria coorporação, caiu a ficha no Palácio do Planalto.

O temor é que o assunto volte a ganhar prioridade não só de investigadores, mas da própria procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

A expectativa no Palácio do Planalto era de que Dodge fosse pedir o arquivamento dessa investigação. Mas, agora, o futuro desse caso é considerado incerto no governo.

A própria manifestação do ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), foi recebida com preocupação.

Barroso intimou Fernando Segovia a explicar declarações dadas em entrevista sobre investigação sobre o presidente Michel Temer.

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
05/08/18, 10:52 | SAÚDE PÚBLICA - Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo começa nesta segunda
05/08/18, 09:08 | CRIME - Receita alerta para 'golpe do amor' na web com falso envio de presentes
04/08/18, 20:03 | POLÍTICA - Não espero mais nada do PT, diz Ciro Gomes durante convenção
04/08/18, 15:15 | REIVINDICAÇÃO - Sem acordo, funcionários dos Correios podem entrar em greve
04/08/18, 15:06 | DENÚNCIA - Intervenção compra munições com dinheiro federal sem licitação
04/08/18, 15:03 | POLÍTICA - Ao lado de Alckmin, Tiririca anuncia candidatura à reeleição
04/08/18, 11:43 | AUDIÊNCIA PÚBLICA - Dor, estigma, proteção, saúde, direito: o debate no STF sobre aborto
04/08/18, 11:35 | ELEIÇÕES - PT apresenta Plano Lula de Governo para reverter 'herança maldita de Temer'
04/08/18, 11:25 | POLÍTICA - Bolsonaro usa Roberto Marinho para defender a ditadura na GloboNews; jornalistas se calam
04/08/18, 11:17 | ENTREVISTA - Após provocação de Bolsonaro, GloboNews estica programa e se desculpa por apoio à ditadura
04/08/18, 10:53 | POLÊMICA - Fãs usam imagem de torturador para promover Bolsonaro
04/08/18, 10:47 | VIOLÊNCIA - Quatro pessoas são baleadas na porta de casa na Zona Norte de Teresina
04/08/18, 10:41 | DISCUSSÃO - Produção de energia solar em casa traz polêmica para o país
04/08/18, 10:34 | INVESTIGAÇÃO - Dodge é impedida de examinar documentos sobre conta onde Aécio recebia propina
04/08/18, 10:27 | ELEIÇÕES 2018 - Presidenciáveis têm até domingo para definir vice, diz TSE
03/08/18, 18:58 | POLÍTICA - 85,49% ainda estão indecisos para senador no Piauí
03/08/18, 18:50 | PESQUISA - Jair Bolsonaro e Geraldo Alckmin são os líderes de rejeição no DataPoder360
03/08/18, 18:46 | OPINIÃO PÚBLICA - DataPoder360: rejeição a Bolsonaro vai a 76% entre eleitores que o conhecem
03/08/18, 18:32 | ELEIÇÕES 2018 - Marta Suplicy não aceita ser vice de Meirelles e anuncia desfiliação do MDB
03/08/18, 18:00 | DEBATE - Descriminalização do aborto divide especialistas em audiência no STF
03/08/18, 14:19 | POLÍTICA - Partidos já aprovaram sete candidatos a presidente da República
03/08/18, 14:05 | CRIMINALIDADE - Polícia captura suspeito de envolvimento em série de assassinatos em Manaus
03/08/18, 12:42 | PROPINA - Investigação contra Temer: PF pede nova quebra de sigilo bancário
03/08/18, 12:36 | PESQUISA - CNI/Ibope: 59% dos brasileiros não sabem em quem votar ou vão anular o voto
03/08/18, 12:31 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Lava Jato: banqueiro que comprou R$ 90 milhões em joias para Cabral é preso
03/08/18, 12:26 | EDUCAÇÃO - Começa prazo para entrega de documentos da lista de espera do Prouni
03/08/18, 12:20 | JUDICI - Cármen Lúcia diz que audiência sobre aborto garante a pluralidade
03/08/18, 12:17 | CRIME - Matemático do Irã furtado no Rio receberá outra medalha Fields
02/08/18, 22:20 | VATICANO - Papa recebe Celso Amorim para falar sobre prisão política de Lula
02/08/18, 22:16 | EDUCAÇÃO - Temer quer acabar com as bolsas de pós-graduação da Capes em 2019
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site