CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Relator de investigação sobre Temer no STF intima Segovia a explicar declarações

Para Luís Roberto Barroso, comentários sobre inquérito podem caracterizar infração penal. À Reuters, diretor da PF disse que tendência é recomendar arquivamento de inquérito contra Temer

10/02/18, 15:58

O

ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), intimou o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, a explicar declarações dadas em entrevista sobre investigação sobre o presidente Michel Temer.

Em entrevista à agência Reuters, Segovia disse que a tendência na PF é recomendar o arquivamento da investigação, na qual Temer é suspeito de beneficiar a empresa Rodrimar em um decreto que renovou concessões no Porto de Santos.

Entenda
 
À TV Globo, Segovia disse, por telefone, que vai comparecer ao gabinete do minstro Barroso, levando a transcrição da entrevista à Reuters, e vai dizer que suas declarações foram mal interpretadas pela imprensa.

Ele disse que não tem, nem teve, a intenção de interferir na investigação ou no trabalho do delegado. Em carta a servidores da PF, Segovia negou ter dito que o inquérito será arquivado e disse que a equipe responsável pelo caso tem "toda a autonomia e isenção".

Para Barroso, no entanto, a conduta de Segovia na entrevista “é manifestamente imprópria e pode, em tese, caracterizar infração administrativa e até mesmo penal”.

O ministro entendeu que na entrevista o diretor da PF ameaçou o delegado responsável pelo caso, “que deve ter autonomia para desenvolver o seu trabalho com isenção e livre de pressões”.

Considerou também que a investigação ainda tem diversas diligências pendentes, “razão pela qual não devem ser objeto de comentários públicos” e que, como relator do caso, ainda não recebeu relatório final” do delegado Cleyber Malta Lopes nem parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR), que conduz a investigação.

Barroso determinou, na intimação, que, além de prestar esclarecimentos, Segovia deverá se abster de novas manifestações sobre o caso.

Delegados reagem

Delegados do grupo de inquéritos da Lava Jato reagiram à fala de Segovia. Em troca de mensagens em grupo de whatsapp, investigadores disseram que as declarações de Segovia são manifestação pessoal e de responsabilidade dele.

A mensagem diz, ainda, que ninguém da equipe de investigação foi consultado ou referendou essa manifestação.

"Ninguém da equipe de investigação foi consultado ou referenda essa manifestação, inclusive pelo fato de que em três de anos de Lava Jato no STF nunca houve uma antecipação ou presunção de resultado de investigação pela imprensa", diz a mensagem.

Fonte: JL/G1
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
01/06/18, 12:01 | CRISE - Presidente da Petrobras pede demissão
01/06/18, 11:26 | CRISE - Governo fará cortes em programas sociais e até no SUS para baixar diesel
01/06/18, 11:18 | MOVIMENTO - Caminhoneiros deixam as estradas e vão a Brasília pressionar o governo
01/06/18, 10:48 | POLÍTICA - Para deputado, Temer não renuncia porque tem medo de ser preso
01/06/18, 09:21 | POLÍTICA - Candidatura de Bolsonaro é 'voo de galinha', diz coordenador de Alckmin
01/06/18, 09:09 | ESPORTE - Guerrero é liberado para jogar Copa após tribunal aceitar recurso
01/06/18, 09:04 | ESPORTE - Tite é o segundo técnico mais bem pago da Copa; confira a lista
01/06/18, 08:56 | DISCURSO - 'Quem paga a conta sempre é o cidadão', diz ministro de Temer
01/06/18, 08:53 | PROPINA - PF encontra elo entre coronel amigo de Temer e empresa suspeita
01/06/18, 08:40 | DISCURSO - Governo tira mais de R$ 200 milhões do SUS e das universidades para cobrir perdas da Petrobras
30/05/18, 16:41 | CRISE - Temer cometeu 'série de equívocos' com caminhoneiros, diz governador de São Paulo
30/05/18, 16:04 | ESTUDO - IBGE diz que greve dos caminhoneiros deve afetar economia
30/05/18, 16:00 | PROCESSO ELEITORAL - TSE aprova auditoria em urnas eletrônicas no dia da votação
30/05/18, 15:57 | PARLAMENTO - Senadores pedem CPI para investigar preços da Petrobras
30/05/18, 15:15 | CORRUPÇÃO - Ministro Fachin manda prender secretário-executivo de Temer
30/05/18, 15:08 | CRISE - Planalto aposta na união; parlamentares avaliam fim do governo
30/05/18, 14:47 | CRISE - Greve de caminhoneiros agrava crise entre ministros de Temer
30/05/18, 13:45 | PARALISAÇÃO - Petrobras eleva preço da gasolina nas refinarias após 5 quedas
30/05/18, 13:39 | CRISE - Trabalhadores protestam contra redução de ônibus de Teresina
30/05/18, 13:35 | CRIME - Mulher grávida é achada morta dentro de casa em Teresina
30/05/18, 09:13 | CORRUPÇÃO - Apontado como operador de propinas do PSDB, Paulo Preto é preso de novo
30/05/18, 09:09 | CRIMES - PF mira fraude em registros sindicais e faz buscas na Câmara dos Deputados
30/05/18, 07:44 | CRISE - Petroleiros iniciam greve de 72 horas nas refinarias, diz federação
30/05/18, 07:39 | PESQUISA - Datafolha: 87% dos brasileiros apoiam greve dos caminhoneiros
29/05/18, 19:36 | TECNOLOGIA - Sinal analógico de TV será desligado nesta quarta em Teresina e mais seis capitais
29/05/18, 19:05 | CRISE - Governo admite que subestimou potencial da greve e teme convulsão social
29/05/18, 18:34 | CRISE - AGU e Petrobras pedem ao TST que impeça greve de petroleiros
29/05/18, 18:23 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa Ibope: Ex-presidente Lula lidera até em São Paulo
29/05/18, 18:17 | POLÊMICA - TRF-3 restabelece direitos do ex-presidente Lula
29/05/18, 15:29 | REPERCUSSÃO - Greve de caminhoneiros atinge direitos fundamentais no país, diz PGR
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site