CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Novo laudo do IML reafirma que Maluf pode cumprir pena em presídio

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996)

09/01/18, 19:50

O

Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal concluiu um novo laudo no qual afirma que não há impedimentos para que deputado Paulo Maluf (PP-SP) continue preso na Penitenciária da Papuda, em Brasília. O deputado cumpre pena definitiva de sete anos e nove meses, definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O novo laudo, entregue ontem (8) à Justiça, foi realizado para responder a 32 novos questionamentos elaborados pelos advogados do parlamentar, que não concordaram com o primeiro laudo realizado pelos peritos, que chegaram à mesma conclusão.

Com base nas informações enviadas, o juiz Bruno Aielo Macacari decidirá se Maluf vai continuar preso ou poderá cumprir prisão domiciliar. Antes da decisão, o magistrado deve colher parecer do Ministério Público e a manifestação da própria defesa. A defesa do deputado, de 86 anos, alega que ele deve cumprir prisão domiciliar porque sofre de câncer de próstata, problemas cardíacos e na coluna, além de hérnia de disco.

“Acostou-se o laudo da perícia médica do IML, com as respostas aos quesitos formulados pela defesa, no qual se concluiu que o sentenciado está acometido de doenças graves, mas sem indicação de que há algum impedimento ao cumprimento da pena privativa de liberdade recolhido no Centro de Detenção Provisória - CDP, desde que assistido pela equipe médica”, diz trecho de uma decisão anexada ao processo.

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996). Os recursos teriam sido desviados da construção da Avenida Água Espraiada, hoje chamada Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi cerca de R$ 800 milhões.

As investigações se arrastaram por mais de dez anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância da Justiça. Os procuradores do Ministério Público estimaram em US$ 170 milhões a movimentação total de recursos ilícitos. O Supremo assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado federal.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
06/01/19, 14:01 | ENTREVISTA - EUA confirmam que Bolsonaro ofereceu território brasileiro para base militar
06/01/19, 13:52 | POLÍTICA - Comerciante avisa: só venderá fiado no dia em que Aécio Neves for preso
06/01/19, 13:48 | SUSPEITAS - Documentos mostram que Paulo Guedes deu prejuízo de R$ 22 mlhões nos fundos de pensão
06/01/19, 13:44 | VIOLÊNCIA - Ceará registra oito ataques após chegada da Força Nacional no estado
06/01/19, 13:41 | POLÍTICA - Preocupado, Lula diz que Bolsonaro foi eleito para 'destruir' o PT
05/01/19, 22:08 | COMPROMISSO - Empregados cobram promessa de Bolsonaro de não vender Eletrobras
05/01/19, 20:33 | VIOLÊNCIA - Goverandor do CE descarta recuo após quase 90 ataques: 'Serei duro'
05/01/19, 20:29 | POLÍTICA - Filho de Bolsonaro orienta professores a evitarem temas como o feminismo
05/01/19, 20:23 | VIOLÊNCIA - Criminosos queimam caminhão com 2 mil frangos vivos no Ceará
05/01/19, 19:42 | ARTIGO JURÍDICO - Abuso de Direito e Ato Ilícito
05/01/19, 19:37 | EDUCAÇÃO - Indicado por Bolsonaro para o ENEM chama professores de 'desqualificados e manipuladores'
05/01/19, 19:17 | REFORMA - Sérgio Moro estuda criar programa ‘Cadeia Para o Mais Pobre’
05/01/19, 19:10 | NOVO GOVERNO - Metade do ministério de Bolsonaro vem de família de políticos ou militares
05/01/19, 19:05 | PESQUISA - DataFolha: maioria da população é contra privatizações e reforma trabalhista
05/01/19, 18:57 | VIOLÊNCIA - Polícia já prendeu 86 suspeitos de ataques criminosos no Ceará
05/01/19, 18:54 | ECONOMIA - Ministro diz que redução do IR será possível após equilíbrio fiscal
04/01/19, 21:13 | POLÊMICA - Após criticar fala de ministra, Huck diz torcer pelo governo Bolsonaro
04/01/19, 21:03 | MARCA - Bolsonaro escolhe como slogan do governo a expressão ‘Pátria Amada, Brasil’
04/01/19, 20:44 | DECISÃO - Suspensos auxílios saúde e moradia do Ministério Público em todo o país
04/01/19, 20:24 | POLÊMICA - Governo não vai aumentar impostos, afirma ministro
04/01/19, 20:20 | SAÚDE - Lei fixa data da Semana de Prevenção da Gravidez na Adolescência
04/01/19, 20:16 | EDUCAÇÃO - Bolsonaro sanciona lei que permite faltar à aula por motivo religioso
04/01/19, 18:27 | ECONOMIA - Secretário da Receita Federal contradiz Bolsonaro sobre mudanças no IOF e IR
04/01/19, 15:19 | DESCARGA ELÉTRICA - Estudante morre ao ser atingido por raio enquanto jogava futebol em Luzilândia
04/01/19, 15:12 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que não vai declarar guerra a governadores de oposição
04/01/19, 14:24 | SEGURANÇA - Moro autoriza envio da Força Nacional ao Ceará
04/01/19, 14:19 | CRIME - Filho do presidente da Câmara do Rio se entrega à polícia
04/01/19, 14:17 | DECISÃO - Juíza diz não ver necessidade de transferir João de Deus para hospital
04/01/19, 14:12 | ECONOMIA - Bolsonaro prorroga incentivos para empresas no Nordeste e Amazônia
03/01/19, 17:22 | COMUNICAÇÃO - Processo de bloqueio de celulares irregulares começa no dia 7
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site