CBN - A rádio que toca notícia

DENÚNCIA

Cristiane Brasil dá verba da Câmara para tia de sua assessora

Foram pagos R$ 29,1 mil à empresa. Dinheiro era usado para alugar carros

09/01/18, 11:02

A

ntes mesmo de ser empossada como ministra do Trabalho, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) já é alvo de mais uma polêmica. Segundo uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo, a deputada tem destinado parte de sua cota parlamentar a uma locadora de veículos que pertence à tia de sua chefe de gabinete.

Cristiane usa parte da verba–que serve para cobrir despesas do mandato–para pagar mensalmente R$ 4.000 à Barros & Serra Serviços Executivos Rent a Car. A locadora está em nome de Naida Maria Coelho Serra, irmã da mãe de Alessandra Serra Gama, principal assessora da deputada.

Cristiane entregou 7 notas fiscais da Barros & Serra à Câmara e recebeu reembolso no valor de R$ 29,1 mil. A maior parte do valor (R$ 23,1 mil) foi paga entre julho e dezembro de 2017, após a nomeação da chefe de gabinete.

A empresa

Com sede em Sobradinho (região administrativa de Brasília), a Barros & Serra fica num prédio de 3 andares, espremido entre uma borracharia e uma loja agropecuária –não há placa de identificação, carros, garagem ou balcão de atendimento da locadora. No local, funciona, na prática, a Lacerda Contabilidade.

À Folha, uma das atendentes da empresa de contabilidade informou que não existe locadora no endereço. Disse que a Barros & Serra é cliente do escritório e só declara seu endereço e telefone.

A atendente forneceu 1 número da Câmara dos Deputados como sendo o da empresa contratada por Cristiane Brasil. A linha é do gabinete do deputado Luiz Carlos Ramos (Podemos-RJ), que empregava até dezembro de 2016 Parmênio Francisco Coelho Serra –outro tio de Alessandra, que já assessorou 6 congressistas, ao mesmo tempo em que emitia notas fiscais de aluguel de veículos por outra locadora.

Parmênio gerenciava a ARL Barros Serviços Executivos Rent a Car, empresa formalmente ativa, que chegou a ser a mais requisitada por deputados, igualmente sem ter sede comercial ou garagem. A firma também declarava o telefone da Lacerda Contabilidade.

Em 2013, veio a tona o 1 escândalo sobre locações. O caso gerou a abertura de investigações no STF (Supremo Tribunal Federal) e no TCU (Tribunal de Contas da União). Após o caso, a ARL saiu de cena e a Barros & Serra foi aberta em nome de Naida. Porém, quem a administra é Parmênio.

À Folha, Parmênio disse que é funcionário da empresa da irmã, que tem 8 veículos para alugar: “Eu é que tomo conta”. Ele explicou que não há garagem ou estrutura de atendimento porque os aluguéis são por períodos longos. “Os carros estão com os clientes, que são mensais.” Segundo Parmênio, ARL foi desativada após reportagens questionarem as notas fiscais da empresa.

Resposta

Cristiane Brasil disse à Folha que a empresa é contratada “formalmente” por seu gabinete e “atua dentro da legalidade e nunca foi contestada pela Câmara dos Deputados”. “O valor pago mensalmente está abaixo do praticado no mercado e, por isso, a empresa foi contratada”, disse em nota, acrescentando que “vários parlamentares” usam a empresa.

“O gasto com este tipo de serviço é legal e está amparado pelo regimento da Câmara”, afirmou.

À Folha, a assessora Alessandra Serra Gama disse que a empresa Barros & Serra “existe” e “o fato de a empresa ser de algum parente meu ou não, isso não tem nenhum problema.”

“Não me envolvo com o funcionamento das empresas que não são minhas. Não tenho empresa no meu nome”, disse.

Posse no Ministério do Trabalho

Cristiane é filha do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), delator do Mensalão do PT. A deputada foi nomeada pelo presidente Michel Temer para o Ministério do Trabalho e sua posse estava marcada para esta 3ª feira (9.jan.2018). Porém, o ato foi suspenso por 1 juiz de Niterói (RJ), devido a problemas de Cristiane com ações trabalhistas.

A AGU (Advocacia Geral da União) recorreu da decisão.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
02/02/18, 13:23 | HOMICÍDIO - Vídeo mostra que motorista envolvido em atropelamento avançou sinal vermelho
02/02/18, 12:41 | JULGAMENTO - Juristas: condenação de Lula é baseada em perseguição, não em fatos
02/02/18, 11:56 | POLÊMICA - Juízes vão ao Supremo Tribunal contra indulto de Temer
02/02/18, 11:46 | JUDICIÁRIO - PGR defende coleta de DNA de condenados por crimes violentos
02/02/18, 09:59 | CHARGE - Geuvar ironiza discurso de Carmen Lúcia ao lado de investigados
02/02/18, 09:54 | DEPOIS DO GOLPE - Brasil vive grave crise democrática, diz ONG alemã
02/02/18, 09:44 | DENÚNCIA - Moro recebe auxílio-moradia mesmo com imóvel próprio em Curitiba
02/02/18, 08:55 | JULGAMENTO - Lewandowski libera para julgamento decisão que garante reajuste a servidores
02/02/18, 08:49 | POLÊMICA - Gilmar Mendes diz que existem “falsos heróis” em matéria penal
02/02/18, 08:44 | LUTO - Filho mais velho de Fidel Castro se suicida em Cuba
02/02/18, 08:37 | VIOLÊNCIA - Rio já tem 16 policiais mortos e 34 feridos somente em 2018
01/02/18, 19:20 | INQUÉRITO CIVIL - Prefeito de Luzilândia sofre primeiro processo de investigação por irregularidades
01/02/18, 19:14 | RECURSOS PÚBLICOS - Luzilandia recebeu mais de R$ 40 milhões em 2017 somente de repasses federais
01/02/18, 19:06 | OPINIÃO - Lewandowski: Estado não pode revogar direitos conquistados pelo povo
01/02/18, 18:54 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisas do DEM sugerem distanciar Rodrigo Maia do governo
01/02/18, 18:43 | EVENTO - Evento nacional de juízes terá participação de políticos exclusivamente de direita
01/02/18, 18:41 | EDUCAÇÃO - Má gestão da economia é uma das principais causas da evasão no ensino médio
01/02/18, 18:38 | SAÚDE - Pediatras explicam dúvidas mais frequentes sobre a febre amarela
01/02/18, 18:12 | ACIDENTE - Polícia vai investigar acidente com dois mortos após carro cair de ponte em Teresina
01/02/18, 17:45 | CRIME - Suspeito de matar ex-companheira na frente da filha de 7 anos é preso no Piauí
01/02/18, 14:12 | INVESTIGAÇÃO - PF faz operação sobre denúncias de desvios no Postalis
01/02/18, 13:46 | DISCURSO - Cármen Lúcia: 'É inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça'
01/02/18, 13:40 | POLÍTICA - Maia: Brasil perdeu o “timing” para reforma tributária
01/02/18, 13:18 | DENÚNCIA - Ex-senador afastado por corrupção ganha R$ 218 mil de salário
01/02/18, 13:15 | INVESTIGAÇÃO - PF acha tabela que sugere propina a Temer em portos
01/02/18, 13:04 | REPERCUSSÃO - Jornal Sueco expõe crise: Brasil não é mais uma democracia
01/02/18, 09:15 | CORRUPÇÃO - Membros da Lava Jato fizeram campanha e defenderam tucanos
01/02/18, 09:09 | CONFUSÃO - Gilmar Mendes pede para PF identificar quem o xingou em voo
01/02/18, 09:06 | POLÍTICA - Temer tem reunião com o chefe da PF e Aécio Neves
01/02/18, 08:19 | CARNAVAL - 'Observatório da Mulher' vai receber denúncias de assédio durante o Corso de Teresina
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site