CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Temer pode perder mais 17 ministros e ser o recordista de baixas pré-eleições

Dois ministros já saíram para eleição. Pedidos devem ser feitos até abril

08/01/18, 11:20

O

governo de Michel Temer pode perder até 7 de abril 21 ministros que pretendem disputar as eleições de 2018. É mais que o dobro que o governo de Dilma Rousseff (PT) em 2014 e mais de 4 vezes que o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Temer já perdeu até o momento 2 ministros que deixaram suas pastas alegando que se focariam na disputa de 2018: Ronaldo Nogueira (Trabalho, do PTB-RS) e Marcos Pereira (Indústria, do PRB-SP). Ambos devem se candidatar a uma vaga na Câmara dos Deputados.

São dadas como certas as saídas de outros 11 ministros. Quatro deles concorrerão a uma vaga na Câmara: Mendonça Filho, da Educação, Osmar Terra (MDB-RS), do Desenvolvimento Social e Agrário, Raul Jungmann (PPS-PE), da Defesa, e Ricardo Barros (PP-PR), da Saúde.

Os candidatos ao pleito de 2018 devem respeitar o prazo de desincompatibilização. Ou seja, 6 meses antes da data da eleição (7.abr), precisam deixar seus cargos.

Estão cotados para concorrer ao Senado os ministros Maurício Quintella (PR-AL), dos Transportes, Leonardo Picciani (MDB-RJ), do Esporte, Marx Beltrão (MDB-AL), do Turismo, e Sarney Filho (PV-MA), do Meio Ambiente.

Outros 3 ministros devem sair por causa das disputas ao governo dos Estados: Helder Barbalho (MDB-PA), da Integração Nacional, e Fernando Coelho Filho (PSB-PE), Minas e Energia, querem concorrer ao cargo de governador. Gilberto Kassab (PSD-SP), das Comunicações, tem afirmado em entrevistas que aceitaria o cargo de vice em uma chapa encabeçada por José Serra ou João Doria ao governo de São Paulo.

Quase certo

Outros 3 ministros têm destino quase certo: Henrique Meirelles, da Fazenda, não cravou a candidatura, mas cada vez mais adota o discurso de candidato ao Planalto pelo PSD.

Moreira Franco (MDB-RJ), da Secretaria de Governo, e Luislinda Valois (sem partido-BA), dos Direitos Humanos, são nomes possíveis para concorrerem a deputado federal.

Blairo Maggi (Agricultura), Dyogo Oliveira (Planejamento) e Aloysio Nunes (Relações Exteriores) são nomes incertos. Maggi ainda sonha em ser candidato a vice-presidente pelo PP em uma chapa. O partido chegou a tentar uma aproximação com o PSDB para viabilizar a dobradinha com Geraldo Alckmin. Dyogo Oliveira é sondado para uma vaga na Câmara, enquanto Aloysio analisa se terá condições de tentar a reeleição ao Senado.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
02/02/18, 09:59 | CHARGE - Geuvar ironiza discurso de Carmen Lúcia ao lado de investigados
02/02/18, 09:54 | DEPOIS DO GOLPE - Brasil vive grave crise democrática, diz ONG alemã
02/02/18, 09:44 | DENÚNCIA - Moro recebe auxílio-moradia mesmo com imóvel próprio em Curitiba
02/02/18, 08:55 | JULGAMENTO - Lewandowski libera para julgamento decisão que garante reajuste a servidores
02/02/18, 08:49 | POLÊMICA - Gilmar Mendes diz que existem “falsos heróis” em matéria penal
02/02/18, 08:44 | LUTO - Filho mais velho de Fidel Castro se suicida em Cuba
02/02/18, 08:37 | VIOLÊNCIA - Rio já tem 16 policiais mortos e 34 feridos somente em 2018
01/02/18, 19:20 | INQUÉRITO CIVIL - Prefeito de Luzilândia sofre primeiro processo de investigação por irregularidades
01/02/18, 19:14 | RECURSOS PÚBLICOS - Luzilandia recebeu mais de R$ 40 milhões em 2017 somente de repasses federais
01/02/18, 19:06 | OPINIÃO - Lewandowski: Estado não pode revogar direitos conquistados pelo povo
01/02/18, 18:54 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisas do DEM sugerem distanciar Rodrigo Maia do governo
01/02/18, 18:43 | EVENTO - Evento nacional de juízes terá participação de políticos exclusivamente de direita
01/02/18, 18:41 | EDUCAÇÃO - Má gestão da economia é uma das principais causas da evasão no ensino médio
01/02/18, 18:38 | SAÚDE - Pediatras explicam dúvidas mais frequentes sobre a febre amarela
01/02/18, 18:12 | ACIDENTE - Polícia vai investigar acidente com dois mortos após carro cair de ponte em Teresina
01/02/18, 17:45 | CRIME - Suspeito de matar ex-companheira na frente da filha de 7 anos é preso no Piauí
01/02/18, 14:12 | INVESTIGAÇÃO - PF faz operação sobre denúncias de desvios no Postalis
01/02/18, 13:46 | DISCURSO - Cármen Lúcia: 'É inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça'
01/02/18, 13:40 | POLÍTICA - Maia: Brasil perdeu o “timing” para reforma tributária
01/02/18, 13:18 | DENÚNCIA - Ex-senador afastado por corrupção ganha R$ 218 mil de salário
01/02/18, 13:15 | INVESTIGAÇÃO - PF acha tabela que sugere propina a Temer em portos
01/02/18, 13:04 | REPERCUSSÃO - Jornal Sueco expõe crise: Brasil não é mais uma democracia
01/02/18, 09:15 | CORRUPÇÃO - Membros da Lava Jato fizeram campanha e defenderam tucanos
01/02/18, 09:09 | CONFUSÃO - Gilmar Mendes pede para PF identificar quem o xingou em voo
01/02/18, 09:06 | POLÍTICA - Temer tem reunião com o chefe da PF e Aécio Neves
01/02/18, 08:19 | CARNAVAL - 'Observatório da Mulher' vai receber denúncias de assédio durante o Corso de Teresina
01/02/18, 07:58 | POLÍTICA - MDB foi o partido aliado que mais votou contra Temer no Senado
01/02/18, 07:51 | POLÍTICA - Segundo o Datafolha, nenhum candidato do PSDB empolga
01/02/18, 07:48 | POLÍTICA - Datafolha: Lula lidera e bate todos os candidatos no 2º turno
01/02/18, 07:46 | COMUNICAÇÕES - Brasil registra redução de 7,6 milhões de linhas telefônicas móveis em 2017
« Anterior 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 | 361 - 390 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site