CBN - A rádio que toca notícia

ESPORTE

Copa inclusiva leva emoção a deficientes em São Paulo

Carlos contou com a ajuda de Renato Rodrigues, que, segurando suas mãos, interpretou, em Libras - a linguagem brasileira de sinais - os lances do jogo, acompanhado de uma tábua em formato de campo de futebol, o campinho tátil

06/07/18, 18:23

O

s tapinhas nas costas de Carlos não são apenas cumprimentos. Foi assim que Vinicius Alves mostrou, por meio da interpretação áptica (tátil), para Carlos Junior, de 31 anos, deficiente auditivo desde o nascimento, que ficou cego aos 27, os lances do jogo entre Brasil e Bélgica e os números dos jogadores em campo.

Carlos contou com a ajuda de Renato Rodrigues, que, segurando suas mãos, interpretou, em Libras - a linguagem brasileira de sinais - os lances do jogo, acompanhado de uma tábua em formato de campo de futebol, o campinho tátil.

“Já consegui enxergar, mas com a perda visual, eu precisava do auxílio de outra pessoa, e o Hélio [seu guia intérprete anterior] teve esse ideia do campinho tátil. E, com ele, sinto a mesma emoção e alegria que milhões de brasileiros, na íntegra, naquele exato momento. Hoje, outros surdocegos têm a mesma sensação e é muito importante que sintam isso”, disse. 

Carlos não é um espectador passivo, ele é crítico e tem opinião formada sobre os jogadores. “O Marcelo, sei que ele é um dos melhores jogadores do mundo, sempre está em conexão com Neymar, eu sei quando um jogador é bom ou ruim através da mensagem que o guia intérprete passa. Eu sei que a defesa do Brasil está bem fechada e tem essa variedade de bons zagueiros também”, opinou.

Para Renato, ser intérprete não tem preço. “Além de sentir a emoção de ver o jogo, é um prazer imensurável saber que outra pessoa, por meio de minhas mãos, está tendo acesso, naquele mesmo momento, àquela mesma sensação, naquele exato segundo. Estou muito feliz por poder proporcionar essa informação na íntegra para outra pessoa”. 

É assim, com a ajuda de audiodescrição e intérprete de libras, que diversos deficientes auditivos e visuais acompanharam o jogo entre Brasil e Bélgica, no Memorial da Inclusão, em São Paulo.

“A ideia de ter acessibilidade aos jogos surgiu em Carlos, junto com seu guia, o Hélio. A ideia foi crescendo, as pessoas surdocegas também querendo ter o mesmo acesso, e como boas ideias precisam ser difundidas, hoje estamos aqui, fazendo essa Copa inclusiva em que pessoas com ou sem deficiência podem estar juntas, curtindo o jogo. O futebol movimenta o Brasil e a Copa, o mundo todo, e as pessoas com deficiência não podem ficar de fora”, defendeu a coordenadora de desenvolvimento de programas da Secretaria do Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Lara Santana.

O professor Edvaldo Paes da Gama acompanhou o jogo, pela primeira vez, com o auxílio da guia com o campinho tátil. Deficiente visual desde os dois anos de idade, ele gostou da inovação.

“Foi algo ímpar, fantástico. Vim para conhecer como seria a transmissão do jogo com o recurso da audiodescrição, acompanhei um pouco. Pelo pouco de acompanhei, percebi que a audiodescrição é melhor do que a narração esportiva televisiva, mas ainda não chega aos pés da aproximação que o campo tátil traz daquilo que acontece de fato no campo. Faz com que a gente consiga sentir as emoções dos quase gols, toda a vibração, dá para perceber isso de forma muito clara”, descreveu o professor. 

Gama contava com uma virada do Brasil, mas gostou da atuação da seleção brasileira. “Apesar do Brasil ter perdido acho que foi um bom jogo, especialmente no segundo tempo o Brasil foi para cima, fez várias tentativas, só não foram concluídas porque o goleiro belga é muito bom, mas foi um bom jogo.”

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
03/02/19, 11:00 | PARLAMENTO - Senador de poucos discursos e muitas articulações, o Davi que derrotou Renan terá de pacificar o Senado
03/02/19, 10:45 | ARTIGO - Itália no turbilhão do euro
02/02/19, 22:33 | ELEIÇÃO DO SENADO - Davi Alcolumbre: 'O Senado não pode se curvar à intromissão do Judiciário e de qualquer outro Poder'
02/02/19, 19:23 | CRIME - Empresário é preso sob suspeita de arrastar a sogra por 30 m em veículo
02/02/19, 19:21 | RECUPERAÇÃO - Bolsonaro se sente mal e usa sonda para alimentação
02/02/19, 19:09 | SUCESSÃO - Davi Alcolumbre é eleito presidente do Senado Federal
02/02/19, 18:57 | ARTIGO JURÍDICO - Consulta Tributária Vinculante
02/02/19, 18:04 | URNA - Após confusão de voto duplo, senadores decidem fazer nova votação
02/02/19, 18:01 | TRAGÉDIA - Moradores de Brumadinho negam ter recebido orientações de evacuação
02/02/19, 17:57 | TRAGÉDIA - Custos da União com Brumadinho serão cobrados da Vale, diz AGU
02/02/19, 16:33 | TRAGÉDIA - ‘Se é para prender alguém, que seja o presidente da empresa da Vale’, diz engenheiro
02/02/19, 16:16 | CRIMINALIDADE - Rio de Janeiro tem sexto policial militar morto em 2019
02/02/19, 15:46 | INTERNACIONAL - Principais cidades da Venezuela têm manifestações contra Maduro
02/02/19, 15:22 | OPINIÃO - O gabinete de Toffoli é uma farmácia que só atende alguns pacientes
02/02/19, 14:58 | POLÍTICA - Onyx Lorenzoni x Paulo Gudes: Disputa no Senado revela racha no núcleo duro do governo Bolsonaro
02/02/19, 13:55 | ABUSOS SEXUAIS - Filho de João de Deus é preso por coação e corrupção a testemunha
02/02/19, 13:49 | INVESTIGAÇÃO - Raquel Dodge cria força-tarefa para investigar rompimento de barragem
02/02/19, 13:46 | TRAGÉDIA - Em Brumadinho, um ritual de dor e angústia se repete entre as famílias
02/02/19, 10:19 | SERVIÇO - Agespisa conclui serviço em Luzilândia e abastecimento é retomado
02/02/19, 10:15 | PREMIAÇÃO - Banco de Alimentos da Nova Ceasa recebe Prêmio Piauí Inclusão Social
02/02/19, 10:02 | DISCURSO - Em posse de deputados, governador pede união e diálogo pelo Piauí
02/02/19, 09:23 | INFRAESTRUTURA - Autoridades vão fiscalizar 3,3 mil barragens com risco neste ano
02/02/19, 09:20 | TRAGÉDIA - Brumadinho: famílias recebem doações de alimentos, água e roupas
02/02/19, 09:17 | POLÍTICA - Dias Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado
02/02/19, 09:12 | POLÍTICA - Rodrigo Maia é reeleito presidente da Câmara dos Deputados
01/02/19, 13:44 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Presidente do STJ manda soltar tucano Beto Richa, ex-governador do Paraná
01/02/19, 13:39 | CELEBRAÇÃO - Agentes fazem cerimônia em homenagem às vítimas da barragem da Vale
01/02/19, 13:33 | JUDICIÁRIO - Mourão diz que Supremo saberá tomar decisões que o país precisa
01/02/19, 13:29 | POLÍTICA - Toffoli defende pacto entre os poderes para aprovação de reformas
01/02/19, 11:48 | PARLAMENTO - Dos 70 deputados eleitos do Rio, seis estão presos e devem adiar posse
« Anterior 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site