CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Reforma na casa de filha de Temer foi paga em dinheiro vivo, na sede da Argeplan

Afirmação consta em depoimento prestado à PF pelo engenheiro Luis Eduardo Visani

09/06/18, 13:44

A

reforma na casa de Maristela Temer, filha do presidente Michel Temer, foi paga, "em dinheiro vivo", na sede da Argeplan, empresa do coronel João Baptista Lima Filho. A afirmação consta em depoimento prestado à Polícia Federal pelo engenheiro Luis Eduardo Visani, responsável pela obra.

"Que os pagamentos, de fato, totalizaram aproximadamente R$ 950 mil, conforme cópia de recibos apresentados, os quais foram recebidos em parcelas diretamente no caixa da empresa Argeplan", relatou Visani, que prestou depoimento ao delegado Cleyber Malta, responsável pelo inquérito sobre o Decreto dos Portos. A investigação da PF apura se Temer beneficiou empresas que atuam no Porto de Santos com a edição do decreto, no ano passado.

O engenheiro prestou depoimento em 29 de maio. Ele entregou à PF documentos como planilhas do orçamento feito em nome de Maristela, recibos de pagamentos mensais e edital de concorrência da Argeplan.

Procurada na noite desta sexta-feira, 8, a defesa de Maristela não respondeu até a conclusão desta edição. A assessoria do Palácio do Planalto e a defesa de Lima não se pronunciaram.

Segundo Visani, Lima repassou cerca de R$ 950 mil, entre 2013 e 2015, como pagamento pela execução da primeira fase das obras no imóvel, localizado em São Paulo. Amigo de longa data de Temer, o coronel é investigado no inquérito dos portos como suposto intermediário de propina do presidente.

É a primeira vez que um depoimento no inquérito afirma que a empresa do coronel bancou as obras na casa da filha de Temer. Tanto a empresa quanto Lima são suspeitos de serem o elo entre Temer e empresas com interesses em temas relacionados ao governo federal.

Na versão do engenheiro, os pagamentos foram realizados mensalmente na sede da Argeplan, na Vila Madalena, em São Paulo, e os documentos emitidos por ele foram em nome de Maristela. "Que logo no início das obras foi informado ao depoente que se tratava da reforma no imóvel de Maristela Temer (...), vindo a saber depois que se tratava de filha do então vice-presidente Michel Temer", diz trecho do depoimento do engenheiro.

'Cuidados'

Segundo Visani, a mulher do coronel Lima, Maria Rita Fratezi, fez diversas recomendações sobre "os cuidados que deveriam ter durante a realização da obra", inclusive "tendo recomendado que mantivesse a obra limpa".

O engenheiro disse aos investigadores que Maria Rita era a responsável pela obra e que ele a procurou para repassar os dados bancários para que os pagamentos fossem feitos. Nesse momento, afirmou Visani, ela informou que os pagamentos seriam realizados na Argeplan em "dinheiro vivo".

O engenheiro disse também que encontrou a filha de Temer quatro vezes na obra, mas que ela não participou das tratativas relacionadas à realização da reforma. Visani afirmou ainda que nunca falou com Maristela sobre o orçamento ou como seria executado o contrato.

Segundo Visani, Maristela solicitou que fosse feita uma entrada independente no piso superior da casa, onde seria instalado o consultório dela, que é psicóloga.

Em depoimento à PF no início de maio, Maristela afirmou que não recebeu ajuda em dinheiro do coronel ou da sua empresa. Ela disse também que foi a responsável pela obra e que recebeu ajuda financeira da mãe. Outra fonte de onde teria tirado o dinheiro para a reforma teria sido um empréstimo bancário, segundo ela.

Fonte: JL/Jornal do Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
31/07/18, 14:40 | SAÚDE PÚBLICA - Saúde quer vacinar 11 milhões de crianças contra sarampo e pólio
31/07/18, 14:37 | SAÚDE PÚBLICA - Três em cada cinco bebês não são amamentados na primeira hora de vida
31/07/18, 14:17 | FUTEBOL - 'Primeiro treino duro', diz CR7 após treinar no CT da Juventus
31/07/18, 14:13 | ESPORTE - 'É preciso deixar Schumacher em paz', diz amigo do ex-piloto
31/07/18, 14:10 | ELEIÇÕES 2018 - Bolsonaro culpa negros por escravidão e propõe redução de cotas
31/07/18, 13:17 | LUTO - Um dos autores do impeachment, jurista Hélio Bicudo morre aos 96 anos
31/07/18, 12:44 | CRIME - Capa de revistas que dão destaque para Bolsonaro líder são falsas e dados também
31/07/18, 12:36 | POLÍTICA - Temer lança carta de apoio à candidatura de Meirelles nas eleições 2018
31/07/18, 12:33 | CRIME - Pai e mãe de crianças flagradas vendendo drogas são transferidos para presídio em Parnaíb
31/07/18, 10:33 | POLÍTICA - Alvaro Dias dá apoio à operação Lava Jato e ataca foro privilegiado
31/07/18, 09:33 | ACIDENTE - Carro pega fogo após motorista perder o controle da direção no litoral do PI
31/07/18, 09:27 | ENERGIA - Eletrobras prorroga até dezembro prazo para operação de distribuidoras
31/07/18, 09:17 | MUNDO - Parlamento britânico faz recomendações para combater fake news
31/07/18, 09:13 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Mansão de Sérgio Cabral em Mangaratiba será leiloada em setembro
31/07/18, 09:04 | DITADURA MILITAR - MPF reabre investigações sobre assassinato de Vladimir Herzog
30/07/18, 18:42 | LEGISLAÇÃO - PEC dá fim a critério político para composição dos tribunais de contas
30/07/18, 18:11 | SAÚDE - Informações sobre acidentes de trânsito poderão ter base única
30/07/18, 18:07 | ECONOMIA - Anac: mais de 100 milhões de pessoas viajaram de avião no último ano
30/07/18, 18:02 | FUTEBOL - CBF anuncia uso do árbitro de vídeo em 14 partidas da Copa do Brasil
30/07/18, 17:11 | POLÍTICA - Revista acadêmica francesa lança edição sobre o caos político no Brasil
30/07/18, 17:04 | INTERNACIONAL - Mulheres e meninas são as principais vítimas de tráfico humano
30/07/18, 16:49 | VIOLÊNCIA - Número de assassinatos de mulheres cresce em Brasília
30/07/18, 16:37 | INVENÇÃO - Piauiense cria dispositivo que impede condutor de ligar moto sem capacete
30/07/18, 12:04 | CORRUPÇÃO - Um terço do rombo estimado na Petrobras foi recuperado com a Lava Jato
30/07/18, 11:52 | EDUCAÇÃO - Metade dos docentes no país não recomenda a própria profissão
30/07/18, 11:30 | CORRUPÇÃO & PROPINA - ‘A Lava Jato era uma Ferrari e agora é um caminhão’, diz procurador da força-tarefa
30/07/18, 11:11 | ESTUDO - Teresina foi a 2ª capital que mais aumentou preço da passagem de ônibus em 10 anos
30/07/18, 10:33 | ARTIGO - Sabem qual o principal argumento da direita nas redes sociais?
30/07/18, 10:13 | ARTIGO - Piauí poderá ficar sem um senador
29/07/18, 19:51 | BRASILEIRÃO - Flamengo goleia o Sport no Maracanã e segue na liderança do Brasileiro
« Anterior 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site