CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Reforma na casa de filha de Temer foi paga em dinheiro vivo, na sede da Argeplan

Afirmação consta em depoimento prestado à PF pelo engenheiro Luis Eduardo Visani

09/06/18, 13:44

A

reforma na casa de Maristela Temer, filha do presidente Michel Temer, foi paga, "em dinheiro vivo", na sede da Argeplan, empresa do coronel João Baptista Lima Filho. A afirmação consta em depoimento prestado à Polícia Federal pelo engenheiro Luis Eduardo Visani, responsável pela obra.

"Que os pagamentos, de fato, totalizaram aproximadamente R$ 950 mil, conforme cópia de recibos apresentados, os quais foram recebidos em parcelas diretamente no caixa da empresa Argeplan", relatou Visani, que prestou depoimento ao delegado Cleyber Malta, responsável pelo inquérito sobre o Decreto dos Portos. A investigação da PF apura se Temer beneficiou empresas que atuam no Porto de Santos com a edição do decreto, no ano passado.

O engenheiro prestou depoimento em 29 de maio. Ele entregou à PF documentos como planilhas do orçamento feito em nome de Maristela, recibos de pagamentos mensais e edital de concorrência da Argeplan.

Procurada na noite desta sexta-feira, 8, a defesa de Maristela não respondeu até a conclusão desta edição. A assessoria do Palácio do Planalto e a defesa de Lima não se pronunciaram.

Segundo Visani, Lima repassou cerca de R$ 950 mil, entre 2013 e 2015, como pagamento pela execução da primeira fase das obras no imóvel, localizado em São Paulo. Amigo de longa data de Temer, o coronel é investigado no inquérito dos portos como suposto intermediário de propina do presidente.

É a primeira vez que um depoimento no inquérito afirma que a empresa do coronel bancou as obras na casa da filha de Temer. Tanto a empresa quanto Lima são suspeitos de serem o elo entre Temer e empresas com interesses em temas relacionados ao governo federal.

Na versão do engenheiro, os pagamentos foram realizados mensalmente na sede da Argeplan, na Vila Madalena, em São Paulo, e os documentos emitidos por ele foram em nome de Maristela. "Que logo no início das obras foi informado ao depoente que se tratava da reforma no imóvel de Maristela Temer (...), vindo a saber depois que se tratava de filha do então vice-presidente Michel Temer", diz trecho do depoimento do engenheiro.

'Cuidados'

Segundo Visani, a mulher do coronel Lima, Maria Rita Fratezi, fez diversas recomendações sobre "os cuidados que deveriam ter durante a realização da obra", inclusive "tendo recomendado que mantivesse a obra limpa".

O engenheiro disse aos investigadores que Maria Rita era a responsável pela obra e que ele a procurou para repassar os dados bancários para que os pagamentos fossem feitos. Nesse momento, afirmou Visani, ela informou que os pagamentos seriam realizados na Argeplan em "dinheiro vivo".

O engenheiro disse também que encontrou a filha de Temer quatro vezes na obra, mas que ela não participou das tratativas relacionadas à realização da reforma. Visani afirmou ainda que nunca falou com Maristela sobre o orçamento ou como seria executado o contrato.

Segundo Visani, Maristela solicitou que fosse feita uma entrada independente no piso superior da casa, onde seria instalado o consultório dela, que é psicóloga.

Em depoimento à PF no início de maio, Maristela afirmou que não recebeu ajuda em dinheiro do coronel ou da sua empresa. Ela disse também que foi a responsável pela obra e que recebeu ajuda financeira da mãe. Outra fonte de onde teria tirado o dinheiro para a reforma teria sido um empréstimo bancário, segundo ela.

Fonte: JL/Jornal do Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
03/10/18, 20:42 | CONFUSÃO - Lewandowski libera novamente entrevista de Lula, mas deixa a palavra final com Toffoli
03/10/18, 19:41 | PESQUISA - IBOPE: 1º turno - Bolsonaro 32% x Haddad 23%; 2º turno - Haddad 43% x Bolsonaro 41%
03/10/18, 16:59 | POLÊMICA - Jornal O Globo denuncia: Moro tentou interferir no 1º turno da eleição presidencial
03/10/18, 14:42 | ECONOMIA - CNI avalia: Queda do emprego e da renda prejudica a economia
03/10/18, 14:30 | CONGRESSO EM FOCO - Regina Sousa integra o ranking dos senadores mais bem avaliados
03/10/18, 14:25 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Ex-secretário de Alckmin e mais 13 viram réus no caso do Rodoanel
03/10/18, 13:05 | CAMPANHA - Cidades se iluminam de rosa para o combate ao câncer de mama
03/10/18, 13:01 | ECONOMIA - Desemprego pauta candidatos e será desafio ao próximo presidente
03/10/18, 12:57 | ECONOMIA - Brasileiros apostam no próprio negócio para fugir do desemprego
03/10/18, 12:16 | CRIME - Polícia do PI começa a devolver aos donos 250 celulares roubados
03/10/18, 12:12 | INFRAESTRUTURA - Ministro anuncia mais 1.200 unidades do Minha Casa no Piauí
03/10/18, 12:04 | ELEIÇÕES 2018 - Piauí terá tropas federais em 134 cidades; veja a relação
03/10/18, 11:44 | PESQUISA - Haddad lidera com 50,13%; e nos votos válidos tem 58,82% no PI
03/10/18, 11:40 | PESQUISA - Wellington Dias lidera com 43,54%; e nos votos válidos tem 59%
02/10/18, 20:31 | ELEIÇÕES NO BRASIL - OEA espera que resultados das eleições no Brasil sejam respeitados
02/10/18, 20:09 | ELEIÇÕES - TCU identifica 12.172 movimentações suspeitas usadas nas campanhas
02/10/18, 20:05 | PESQUISA - Dilma cresce e vai a 29% para o Senado, em Minas, mostra Ibope
02/10/18, 19:46 | OPINIÃO PÚBLICA - Confira os números para Presidente na nova pesquisa Datafolha
02/10/18, 15:50 | INCÊNDIO - Museu Nacional tenta incluir até R$ 100 milhões no Orçamento de 2019
02/10/18, 15:47 | ECONOMIA - Emprego na indústria fica praticamente estável em agosto, indica CNI
02/10/18, 15:43 | POLÊMICA - FUX: Decisões do STF têm de refletir “anseios da sociedade”
02/10/18, 10:57 | ELEIÇÕES 2018 - Promotora critica ausência de fiscais dos partidos na lacração das urnas no PI
02/10/18, 10:51 | OPINIÃO - 2018 é a eleição da rejeição, avalia cientista político
02/10/18, 10:33 | MUNDO - Pelo menos treze mortos e 30 feridos em atentado suicida no Afeganistão
02/10/18, 09:12 | SAÚDE - Sete em cada dez brasileiros com mais de 50 anos têm doença crônica
02/10/18, 09:06 | DADOS - Senadores que tentam reeleição não votaram em 28% das sessões
02/10/18, 08:56 | ARTIGO - Estado Contemporâneo, Corrupção e Eleição
02/10/18, 08:44 | INVESTIGAÇÃO - Irmão de deputado do PSDB é detido com R$ 500 mil após sair de banco
02/10/18, 08:10 | BRASILEIRÃO - Vasco empata com o Paraná, mas sai da zona de rebaixamento
02/10/18, 08:05 | POLÍTICA - Candidatos à Presidência querem alterar reforma trabalhista de Temer
« Anterior 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site