CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Reforma na casa de filha de Temer foi paga em dinheiro vivo, na sede da Argeplan

Afirmação consta em depoimento prestado à PF pelo engenheiro Luis Eduardo Visani

09/06/18, 13:44

A

reforma na casa de Maristela Temer, filha do presidente Michel Temer, foi paga, "em dinheiro vivo", na sede da Argeplan, empresa do coronel João Baptista Lima Filho. A afirmação consta em depoimento prestado à Polícia Federal pelo engenheiro Luis Eduardo Visani, responsável pela obra.

"Que os pagamentos, de fato, totalizaram aproximadamente R$ 950 mil, conforme cópia de recibos apresentados, os quais foram recebidos em parcelas diretamente no caixa da empresa Argeplan", relatou Visani, que prestou depoimento ao delegado Cleyber Malta, responsável pelo inquérito sobre o Decreto dos Portos. A investigação da PF apura se Temer beneficiou empresas que atuam no Porto de Santos com a edição do decreto, no ano passado.

O engenheiro prestou depoimento em 29 de maio. Ele entregou à PF documentos como planilhas do orçamento feito em nome de Maristela, recibos de pagamentos mensais e edital de concorrência da Argeplan.

Procurada na noite desta sexta-feira, 8, a defesa de Maristela não respondeu até a conclusão desta edição. A assessoria do Palácio do Planalto e a defesa de Lima não se pronunciaram.

Segundo Visani, Lima repassou cerca de R$ 950 mil, entre 2013 e 2015, como pagamento pela execução da primeira fase das obras no imóvel, localizado em São Paulo. Amigo de longa data de Temer, o coronel é investigado no inquérito dos portos como suposto intermediário de propina do presidente.

É a primeira vez que um depoimento no inquérito afirma que a empresa do coronel bancou as obras na casa da filha de Temer. Tanto a empresa quanto Lima são suspeitos de serem o elo entre Temer e empresas com interesses em temas relacionados ao governo federal.

Na versão do engenheiro, os pagamentos foram realizados mensalmente na sede da Argeplan, na Vila Madalena, em São Paulo, e os documentos emitidos por ele foram em nome de Maristela. "Que logo no início das obras foi informado ao depoente que se tratava da reforma no imóvel de Maristela Temer (...), vindo a saber depois que se tratava de filha do então vice-presidente Michel Temer", diz trecho do depoimento do engenheiro.

'Cuidados'

Segundo Visani, a mulher do coronel Lima, Maria Rita Fratezi, fez diversas recomendações sobre "os cuidados que deveriam ter durante a realização da obra", inclusive "tendo recomendado que mantivesse a obra limpa".

O engenheiro disse aos investigadores que Maria Rita era a responsável pela obra e que ele a procurou para repassar os dados bancários para que os pagamentos fossem feitos. Nesse momento, afirmou Visani, ela informou que os pagamentos seriam realizados na Argeplan em "dinheiro vivo".

O engenheiro disse também que encontrou a filha de Temer quatro vezes na obra, mas que ela não participou das tratativas relacionadas à realização da reforma. Visani afirmou ainda que nunca falou com Maristela sobre o orçamento ou como seria executado o contrato.

Segundo Visani, Maristela solicitou que fosse feita uma entrada independente no piso superior da casa, onde seria instalado o consultório dela, que é psicóloga.

Em depoimento à PF no início de maio, Maristela afirmou que não recebeu ajuda em dinheiro do coronel ou da sua empresa. Ela disse também que foi a responsável pela obra e que recebeu ajuda financeira da mãe. Outra fonte de onde teria tirado o dinheiro para a reforma teria sido um empréstimo bancário, segundo ela.

Fonte: JL/Jornal do Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
04/06/18, 19:31 | INVESTIGAÇÃO - Fachin autoriza nova perícia em celular de Eduardo Cunha
04/06/18, 19:27 | PLANEJAMENTO - Horário de órgãos públicos nos jogos do Brasil na Copa são divulgados
04/06/18, 14:16 | MUNDO - Trump: Meu governo tem a 'melhor economia de todos os tempos'
04/06/18, 13:59 | PARLAMENTO - CPI vai investigar aumento de preços impostos pela Petrobras
04/06/18, 13:50 | ESPORTE - Fifa divulga lista final das 32 seleções da Copa da Rússia
04/06/18, 13:47 | POLÍTICA - Eunício diz que relação de Temer com o Congresso está ‘muito difícil’
04/06/18, 11:00 | INFRAESTRUTURA - VLT de Teresina reduz em 8 minutos tempo de viagem entre Centro e Dirceu
04/06/18, 10:50 | INVESTIGAÇÃO - PF acha documentos de empresas portuárias com sócio de amigo de Temer
04/06/18, 10:46 | POLÍTICA - CONFUSÃO: Marun reage a Meirelles e diz que ex-ministro não tem voto
04/06/18, 10:42 | CRISE - Não é só o diesel: 9 fatos que detonaram a greve que parou o Brasil
04/06/18, 10:30 | CRISE - Depois do diesel, governo estuda controlar preço da gasolina e do gás
04/06/18, 10:20 | POLÊMICA - Parlamentares querem submeter reformas de Temer a consulta popular
03/06/18, 19:51 | POLÍTICA - Senador do Paraná alerta para o risco de venda da Petrobras
03/06/18, 18:50 | AMISTOSO - Rival do Brasil na Copa, Costa Rica vence Irlanda do Norte: 3 a 0
03/06/18, 18:47 | BRASILEIRÃO - Com hat-trick do menino Rodrygo, Santos 'atropela' o Vitória
03/06/18, 18:23 | BRASILEIRÃO - Flamengo vence o Corinthians e segue na liderança do Brasileirão
03/06/18, 15:20 | OPINIÃO - FHC admite golpe contra Dilma e aponta que Temer chegou ao fim
03/06/18, 14:54 | INCIDENTE - Caminhão carregado de carne pega fogo na BR-343 entre Cocal de Telha e Campo Maior
03/06/18, 14:48 | MUNDO - Alemanha pede perdão por perseguição a homossexuais
03/06/18, 14:43 | ECONOMIA - Petroleiros dizem que gestão de Parente foi desastre para Petrobras e o país
03/06/18, 14:26 | ESPORTE - Brasil vence Croácia por 2 x 0 com gols de Neymar e Firmino
03/06/18, 13:49 | ARTIGO - Caminho que falta
03/06/18, 10:29 | ARTIGO - Financiamento eleitoral no Brasil
03/06/18, 10:25 | CRISE - Acuado, governo Temer arquiva privatização da Eletrobras
03/06/18, 07:23 | BRASILEIRÃO - Botafogo bate Vasco em São Januário e ganha a 1ª fora de casa
03/06/18, 07:15 | CORRUPÇÃO - Ex-secretário executivo do governo Temer se entrega à PF
03/06/18, 07:07 | POLÍTICA - Henrique Meirelles rejeita ‘rótulo’ de candidato do governo Temer
02/06/18, 17:30 | CRISE - Correios fazem mutirão de entregas de encomendas após greve dos caminhoneiros no PI
02/06/18, 17:28 | CRIMINALIDADE - Família é feita refém dentro de residência durante assalto em José de Freitas-PI
02/06/18, 13:45 | INVESTIGAÇÃO - PF aponta envolvimento de senadores e deputados em esquema de fraudes no Ministério do Trabalho
« Anterior 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site