CBN - A rádio que toca notícia

CORRUPÇÃO & PROPINA

PF pede mais 60 dias de prazo para concluir inquérito sobre Temer, Moreira e Padilha

Investigação foi aberta para apurar se a Odebrecht pagou propina na Secretaria de Aviação Civil quando o MDB comandava a pasta. Pedido será analisado pelo ministro Edson Fachin, do Supremo

15/05/18, 20:55

A

Polícia Federal pediu nesta terça-feira (15) mais 60 dias para concluir o inquérito que investiga o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Minas e Energia), todos do MDB.

O pedido foi enviado ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso na Corte.

Antes de decidir, Fachin deverá encaminhar o pedido para análise da Procuradoria Geral da República (PGR).

O inquérito apura o suposto de pagamento de propina pela Odebrecht na Secretaria de Aviação Civil quando a pasta foi comandada pelo MDB.

Embora o inquérito tenha sido aberto em março do ano passado, Temer só foi incluído entre os investigados em março deste ano.

Entenda

O caso se refere a um jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, em que teria sido acertado o repasse de R$ 10 milhões supostamente ilícito pela Odebrecht ao MDB.

O delator Cláudio Mello Filho, ex-executivo da empreiteira, disse ter participado de um jantar com Padilha, Marcelo Odebrecht e Temer para discutir o assunto. O presidente já admitiu que houve o jantar, mas sempre disse que eles não falaram de valores.

Segundo a Procuradoria Geral da República, integrantes do grupo político liderado por Temer "teriam recebido recursos ilícitos da Odebrecht como contrapartida ao atendimento de interesses da empreiteira pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República".

Inquérito dos portos

Além deste inquérito, Temer é alvo de outra investigação em andamento no Supremo: a que apura o suposto pagamento de propina na edição do decreto dos portos.

A suspeita é que, ao editar o decreto, no ano passado, Temer beneficou a Rodrimar, que atua no porto de Santos (SP). Temer e a empresa negam.

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
04/01/19, 15:19 | DESCARGA ELÉTRICA - Estudante morre ao ser atingido por raio enquanto jogava futebol em Luzilândia
04/01/19, 15:12 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que não vai declarar guerra a governadores de oposição
04/01/19, 14:24 | SEGURANÇA - Moro autoriza envio da Força Nacional ao Ceará
04/01/19, 14:19 | CRIME - Filho do presidente da Câmara do Rio se entrega à polícia
04/01/19, 14:17 | DECISÃO - Juíza diz não ver necessidade de transferir João de Deus para hospital
04/01/19, 14:12 | ECONOMIA - Bolsonaro prorroga incentivos para empresas no Nordeste e Amazônia
03/01/19, 17:22 | COMUNICAÇÃO - Processo de bloqueio de celulares irregulares começa no dia 7
03/01/19, 16:52 | INVESTIMENTOS - Governador do Piauí discute novos avanços para Educação do Estado
03/01/19, 16:44 | EDUCAÇÃO - Seduc manterá matrículas online enquanto houver vagas na rede escolar do Piauí
03/01/19, 16:42 | SAÚDE - SUS vai oferecer remédio para tratar doença rara
03/01/19, 16:21 | REFORMAS - Guedes quer "libertar" jovens da CLT e do regime Previdenciário
03/01/19, 15:57 | CELEBRIDADE - A fila anda? Neymar se encanta por bailarina do Faustão
03/01/19, 15:47 | POLÍTICA - Guedes deve apresentar proposta de reforma da Previdência até o dia 7
03/01/19, 15:07 | BALANÇO - Mortes e prisões de jornalistas nas Américas marcaram 2018, diz entidade
03/01/19, 14:59 | DECISÃO - Governador do Rio ameaça tratar como terrorista criminoso que usar fuzil
03/01/19, 14:50 | INVESTIGAÇÃO - Governo Bolsonaro diz que identificou 'movimentação incomum' de gastos e nomeações de Temer
03/01/19, 14:39 | SUSPEIÇÃO - Bolsonaro impõe censura ao Coaf e proíbe servidores e até presidente do órgão de comentar processos
03/01/19, 14:29 | PERSEGUIÇÃO - Bolsonaro inicia caçada a servidores de oposição pelas redes sociais
03/01/19, 13:36 | EDUCAÇÃO - CARREIRA: Veja 10 profissões que estarão em alta em 2019
03/01/19, 13:33 | POLÍTICA - Acordo de Maia com o PSL incomoda esquerda e surpreende 'Centrão'
03/01/19, 13:28 | ECONOMIA - Governo estuda criar Imposto de Renda mais caro para ricos
03/01/19, 13:25 | SOCIAL - Caixa vai focar crédito imobiliário e baixa renda, diz novo presidente
03/01/19, 13:01 | POLÊMICA - Fim do Ministério do Trabalho é questionado no Supremo Tribunal
03/01/19, 12:58 | NOMEAÇÃO - “Não me interessa o que pensa Mourão”, diz Marun sobre críticas
03/01/19, 12:54 | ECONOMIA - Bolsa se encaminha para novo recorde pelo segundo dia consecutivo
02/01/19, 21:41 | ECONOMIA - Dólar cai e bolsa bate recorde no primeiro dia do governo Bolsonaro
02/01/19, 21:39 | NOVO GOVERNO - Bolsonaro faz nesta quinta 1ª reunião ministerial após assumir governo
02/01/19, 20:56 | REFORMAS - Previdência, privatizações e simplificação de tributos são 'pilares da nova gestão'
02/01/19, 17:00 | MUDANÇA - Novo ministro da Saúde defende 3º turno em Postos de Saúde
02/01/19, 16:55 | BÚZIOS - Médium que previu prisão de Pezão faz previsão ruim para Bolsonaro
« Anterior 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site