CBN - A rádio que toca notícia

IMBRÓGLIO

Desembargador Federal nega recurso e nomeação e posse de ministra de Temer continua suspensa

Presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, desembargador André Fontes, se declarou suspeito para decidir sobre o pedido

09/01/18, 17:11

O
desembargador Guilherme Couto de Castro, vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, negou recurso da AGU que buscava garantir a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do trabalho.

Castro diz na decisão que os argumentos, apresentados pela Advocacia-Geral da União (AGU), de que a liminar causa “grave lesão à ordem econômica ou à saúde” não se aplicam.

“A decisão atacada não tem o condão de acarretar grave lesão à ordem, à saúde, à segurança e à economia pública. E a suspensão não é apta a adiantar, substituir ou suprimir exame a ser realizado na via judicial própria”, relatou o desembargador.

Couto de Castro afirmou, na decisão, que a liminar não causa os prejuízos alegados pelo recurso da união. Sendo assim, o pedido de intervir na suspensão da posse da deputada federal foi negado.

“As questões a serem respondidas positivamente, para autorizar o manejo da suspensão, são muito simples: (i) há grave lesão à ordem econômica ou à saúde? (ii) há tumultuária inversão de origem jurídica e administrativa, apta a autorizar suspensão, independente do debate na via própria?”, continua.

“Apenas a concessão da liminar que, por ora, impede posse de Deputada Federal indicada não é apta, por si, a responder positivamente a tais pressupostos”, completou.

O caso foi analisado por Couto de Castro depois que o presidente do Tribunal, desembargador André Fontes, se declarou suspeito para decidir sobre o pedido de suspensão de liminar da deputada federal. Ele afirmou que o motivo foi foro íntimo.

AGU entra com recurso

Na noite de segunda-feira (8), a Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com um recurso contra a suspensão da posse de Cristiane Brasil como ministra do Trabalho. A medida foi tomada após o juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal Criminal de Niterói, suspender, de forma liminar (provisória), a posse da deputada.

No recurso, a Advocacia-Geral da União (AGU) disse que impedimento da posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho gera interferência do Judiciário em uma função que compete ao presidente da República.

"A Constituição Federal é clara ao estabelecer a competência do Presidente da República para nomear e exonerar Ministros de Estado (...) Ou seja, cabe somente ao Presidente da República o juízo sobre quem deve ou não ser nomeado Ministro de Estado, especialmente porque não há qualquer impedimento legal no que tange à nomeação da Deputada Federal Cristiane Brasil", afirma a AGU no recurso.

Também na segunda-feira, o Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT-1) determinou, na última segunda-feira (8), a inclusão do nome de Cristiane Brasil no Banco Nacional de Devedores Trabalhistas (BNDT).

O TRT esclareceu, porém, que de acordo com o Ato TST.GP 001/2012, do Tribunal Superior do Trabalho, existe o período de 30 dias, contados a partir da inscrição da empresa (no caso, da pessoa física) no BNDT, para que as empresas regularizem seus débitos trabalhistas. Durante o período de regularização, a certidão será negativa.

Nesta terla, Cristiane depositou o montante de 30% do débito e requereu o parcelamento do restante da dívida. Assim, como a deputada pediu o parcelamento e se comprometeu a efetuar o pagamento, a inscrição no BNDT deverá ser alterada, devendo constar que ela possui dívida incluída no BNDT com exigibilidade suspensa (ou seja, posteriormente sairá uma certidão positiva com efeitos de negativa).

Dívidas trabalhistas

A ação popular que busca impedir a posse de Cristiane foi movida por um grupo de advogados e foi acatada pela 4ª Vara Federal de Niterói.

A decisão judicial veio após a denúncia de que Cristiane Brasil foi condenada a pagar R$ 60 mil por dívidas trabalhistas com dois ex-motoristas. Além de suspender a posse, o juiz também fixou multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento da liminar.

Em sua decisão, o magistrado destaca que decidiu conceder a liminar sem ouvir os demais envolvidos "encontra-se justificado diante da gravidade dos fatos sob análise" e que a nomeação de Cristiane Brasil fere o princípio da moralidade administrativa.

"Em exame ainda que perfunctório, este magistrado vislumbra fragrante desrespeito à Constituição Federal no que se refere à moralidade administrativa, (...) quando se pretende nomear para um cargo de tamanha magnitude, Ministro do Trabalho, pessoa que já teria sido condenada em reclamações trabalhistas, condenações estas com trânsito em julgado", escreveu Couceiro.

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
04/05/18, 16:51 | ELEIÇÕES - Alckmin começa campanha pelo Maranhão e Piauí falando sobre renda e seca
04/05/18, 16:45 | TRAGÉDIA - Bombeiros encontram corpo em local de desmoronamento de prédio em SP
04/05/18, 16:39 | JUSTIÇA ELEITORAL - TRE-PI realiza evento para tratar do combate a notícias falsas nas eleições 2018
04/05/18, 16:33 | PROPINA - PGR se manifesta a favor da prorrogação e contra arquivamento de inquérito que investiga Temer
04/05/18, 16:20 | FORO - Toffoli envia às instâncias inferiores seis ações penais e uma investigação
04/05/18, 13:21 | PROPINA - Marco Aurélio estende quebra de sigilo fiscal de Aécio a todo o ano de 2017
04/05/18, 13:16 | ESPORTE - Neymar desembarca em Paris após dois meses de recuperação no Brasil
04/05/18, 12:43 | AGRESSÃO - Delegado da PF quebra som de acampamento pró-Lula em Curitiba
04/05/18, 12:28 | HOSTILIZAÇÃO - Procurador da Lava Jato é hostilizado em voo: “Corrupto”, “Cheiro de Enxofre”
04/05/18, 11:58 | ELEIÇÕES 2018 - Voto impresso estará disponível em 23 mil urnas na eleição de outubro
04/05/18, 11:50 | REPERCUSSÃO - Decisão do Supremo de restringir foro privilegiado provoca reação do Congresso
04/05/18, 11:28 | CRIMES - Ação contra doleiros deve revelar esquema maior que a Lava Jato
04/05/18, 11:24 | POLÊMICA - Foro privilegiado: o que muda com a decisão do STF? Entenda nas perguntas e respostas
03/05/18, 21:48 | POLÊMICA - STF tem cerca de 500 processos envolvendo autoridades com foro
03/05/18, 20:58 | JULGAMENTO - Gilmar Mendes ataca magistratura brasileira em plenário
03/05/18, 20:40 | OPINIÃO PÚBLICA - Fim do foro privilegiado é defendido por 78% dos brasileiros, diz Ibope
03/05/18, 20:21 | JULGAMENTO - STF: Gilmar Mendes vota para restringir foro de deputados e senadores e todas as autoridades
03/05/18, 20:19 | PRERROGATIVA - STF aprova restrição do foro privilegiado para deputados e senadores
03/05/18, 20:15 | CORRUPÇÃO - Desembargador manda soltar ex-deputado Henrique Eduardo Alves
03/05/18, 15:37 | RECURSOS PÚBLICOS - TSE confirma verba de R$ 2,5 bi para partidos financiarem campanhas
03/05/18, 14:39 | SENADO - Votação do Sistema Único de Segurança terá prioridade, diz Eunício
03/05/18, 14:33 | DISCURSO - Regina Sousa lamenta crescimento do desemprego no país
03/05/18, 14:28 | DISCURSO - Requião defende fim de foro privilegiado para todos, inclusive juízes e promotores
03/05/18, 12:21 | PROPINA - Advogados de Aécio aconselham que senador renuncie ao mandato
03/05/18, 12:06 | ATENTADO - Disparos contra caravana de Lula foram intencionais, diz delegado
03/05/18, 11:55 | EDUCAÇÃO - Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies
03/05/18, 11:42 | CRIME - Lava Jato: “Doleiro dos doleiros” movimentou US$ 1,6 bi em propina
03/05/18, 11:33 | CAMPANHA - Campanha do Maio Amarelo alerta para 37 mil mortes no trânsito do país
03/05/18, 08:07 | LIBERTADORES - Corinthians joga muito mal e perde do Independiente no Itaquerão
03/05/18, 07:58 | ESPORTE - Cruzeiro goleia o Vasco e elimina clube carioca da Libertadores
« Anterior 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site