CBN - A rádio que toca notícia

REAÇÃO

'Reforma' trabalhista será alvo de disputa nas ruas e nos tribunais

Para representantes de trabalhadores e especialistas em direito, em debate no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, país já provou que é possível criar empregos sem reduzir direitos

13/11/17, 21:53

A

nova legislação trabalhistas sancionada pelo governo Temer, que entrou em vigor no último sábado (11), não está consolidada, e será alvo de disputa jurídica, nos tribunais do trabalho e instâncias superiores, e política, nas ruas, nas fábricas e nas eleições do ano que vem. Essas foram as impressões compartilhadas por especialistas do direito, sindicalistas e políticos, em debate promovido pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, realizado nesta segunda-feira (13), em São Bernardo do Campo. 

As mudanças na legislação, segundo os debatedores, foram feitas sem que os trabalhadores fossem consultados, e atendem, portanto, somente aos interesses da classe patronal, que pretende enfraquecer os sindicatos durante as negociações e criar obstáculos para o acesso à Justiça do Trabalho. O debate sobre o dia seguinte à reforma trabalhista também foi acompanhado de perto pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que defende a realização de um referendo revogatório sobre essa e outras medidas do governo Temer. 

Ao contrário do discurso oficial do governo, que alega que as novas regras estimularão a criação de novas vagas de emprego, os participantes foram unânimes em dizer que o que, de fato, vai aumentar com a reforma trabalhista é a precarização das relações do trabalho e a queda dos rendimentos gerais dos salários. 

Para o presidente da CUT, Vagner Freitas, o efeito geral é que, se essa nova legislação não for revogada, todos os trabalhadores com o atual modelo de contratação serão demitidos, e recontratados de maneira precarizada, na forma de terceirizado, autônomo ou intermitente. 

Ele também criticou o dispositivo que consta da nova lei que considera que as negociações coletivas terão prevalência sobre a legislação, até mesmo quando retirarem direitos. Segundo Freitas, negociação sem a presença do sindicato, como legítimo representante dos trabalhadores, não pode ser considerada com uma negociação coletiva. "Não há negociação coletiva sem um sindicato forte", ressaltou. 

Vagner defendeu a união de sindicatos em macro-setores, que reúna todo um determinado seguimento de trabalhadores, para, assim, terem maior poder de negociação e menores custos de manutenção de estruturas de assistência jurídica, por exemplo. 

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
07/11/17, 12:54 | REFÉM DO CONGRESSO - Temer ouve de líderes queixas contra privatizações e acordos descumpridos
07/11/17, 12:50 | INCERTEZAS - Para jurista, reforma trabalhista faz parte de 'momento trágico'
07/11/17, 12:31 | RECONHECIMENTO - MPF ganha prêmio internacional por combate à corrupção na Lava Jato
07/11/17, 12:07 | PALESTRA - Corrupção no Brasil se espalhou de modo 'espantoso', diz Barroso
06/11/17, 21:06 | LEVANTAMENTO - Operação Finados registra mais de 1 mil acidentes nas BRs e deixa 1.015 pessoas feridas e 73 mortas
06/11/17, 20:46 | REFORMAS - Temer reconhece que reforma previdenciária pode ser derrotada
06/11/17, 19:12 | ESPORTE - Real Madrid sonha com Neymar para substituir Cristiano Ronaldo
06/11/17, 19:05 | ECONOMIA - Temer decide enviar projeto de lei para privatização da Eletrobras
06/11/17, 19:02 | POLÍTICA - Por reforma ministerial, partidos ameaçam boicotar reunião com Temer
06/11/17, 18:51 | TRABALHADOR - Cerca de 600 mil servidores públicos federais serão atingidos por MPs de Temer
06/11/17, 18:14 | 'NOVOS CAMINHOS' - Frente Povo Sem Medo promove debates públicos em diversas capitais
06/11/17, 14:48 | POLÍTICA - PSDB conta os dias para desembarcar do governo Temer
06/11/17, 14:44 | ECONOMIA - ALERTA! Brasil pode voltar a fazer parte do Mapa de Fome da ONU
06/11/17, 13:27 | CRIME - Homem é preso por estuprar enteado de 4 anos em Teresina
06/11/17, 13:23 | PROVAS - Piauí tem a menor taxa de faltosos no Enem 2017 no 1º dia
06/11/17, 13:18 | VIOLÊNCIA - Mulher é morta a pedradas no Piauí; amigo do filho é preso
06/11/17, 13:05 | INVESTIGAÇÃO - ‘Tudo está devidamente declarado’, diz Henrique Meirelles sobre dinheiro aplicado no exterior
06/11/17, 13:02 | ECONOMIA - Oposição prepara projetos para aumentar salário mínimo e corrigir tabela do IR
05/11/17, 21:30 | BRASILEIRÃO - Grêmio começa atrás no placar e vence o Flamengo por 3 a 1
05/11/17, 21:21 | BRASILEIRÃO - Corinthians vence o Palmeiras e mantém conforto na liderança
05/11/17, 20:59 | EDUCAÇÃO - Candidatos consideram inesperado e difícil tema da redação do Enem
05/11/17, 20:44 | EDUCAÇÃO - Universitárias vendem água no Enem para juntar dinheiro da formatura
05/11/17, 20:38 | FACULDADE - Enem: provas são canceladas por queda de energia em Teresina
05/11/17, 20:31 | APOIO - Em 6 horas de prova e oração, neto agradece avô: 'foi comovente'
05/11/17, 20:17 | EDUCAÇÃO - Tema da redação do Enem 2017 é revelado: formação educacional de surdos
05/11/17, 19:48 | MUNDO - Igreja no Texas é palco de tiroteio com 27 mortos e 24 feridos
05/11/17, 14:48 | DEBOCHE - Enem: Bolsonaro chama direitos humanos de esterco e vagabundagem
05/11/17, 14:04 | EDUCAÇÃO - Quase 150 mil candidatos fazem o Enem no Piauí
05/11/17, 13:56 | MUNDO - Arábia Saudita decreta prisão de príncipes e ministros por corrupção
05/11/17, 13:44 | FÉ & ESPERANÇA - Em carta ao Papai Noel, menino de SC pede tratamento para o câncer: 'tenho medo de morrer'
« Anterior 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 | 331 - 360 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site