CBN - A rádio que toca notícia

CORRUPÇÃO

Gilmar Mendes: “Em um momento houve canonização da Lava Jato”

“Qualquer decisão contra a ação do Moro era considerada antirrepublicana, antipatriótica ou ‘antiqualquercoisa’, o que é uma bobagem”, criticou o ministro do STF

07/07/18, 12:35

D

urante passagem por Londres, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu suas decisões em que revogou prisões ordenadas por juízes de primeira instância da Lava Jato. Além disso, declarou que houve um momento de “canonização” da operação no País, em que qualquer questionamento a ela era considerado “antirrepublicano”, disse, em entrevista à Célia Froufe, do Estado de São Paulo.

O ministro destacou, ainda, que a lei de abuso de autoridade é uma das coisas nas quais o Brasil precisa “pensar” para os próximos anos. “Em um momento houve a canonização da Lava Jato. Então, qualquer decisão contra a ação do (juiz Sergio) Moro era considerada antirrepublicana, antipatriótica ou ‘antiqualquercoisa’, o que é uma bobagem”.

Gilmar está na capital inglesa para participar de um seminário na Universidade de Londres e no qual falou sobre os 30 anos da Constituição brasileira. “A Lava Jato começou a pensar que era uma entidade, quis legislar, mudar habeas corpus e outras coisas. Depois se viu que eles eram suscetíveis a problemas sérios e que a corrupção estava ali perto, como o caso (do ex-procurador Marcello) Miller”, afirmou Gilmar, em referência ao ex-procurador da República que, na semana passada, se tornou réu por supostamente atuar como advogado do Grupo J&F quando ainda integrava o Ministério Público Federal.

O ministro também criticou procedimentos adotados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal não só na Lava Jato como também na Carne Fraca e Satiagraha – operações em que foi questionado por ter revogado decisões expedidas pela primeira instância. Sobre isso, Gilmar disse estar “muito tranquilo”. “Nunca houve uma decisão minha que não fosse confirmada pela turma ou pelo pleno”.

O magistrado defendeu a reformulação da lei que trata de abuso de autoridade no País. Neste caso, fez referência ao trabalho do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, responsável pela negociação e assinatura de acordos de delação premiada de ex-executivos do Grupo J&F, material que fundamentou duas denúncias contra Michel Temer.

“O doutor Janot, de fato, queria derrubar o presidente para isso? Então foi a primeira tentativa de golpe que se fez em 30 anos vinda não de militares”, disse Gilmar. “Não estou falando que não é para investigar, não. Agora, faça direito”, afirmou. “Isso é também uma coisa na qual precisamos pensar para os próximos 30 anos: lei de abuso de autoridade, responsabilidade”, afirmou.
 
 
Fonte: JL/Revista Fórum
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
07/07/18, 22:50 | OPINIÃO - Com a cumplicidade do Congresso, Temer acelera a dilapidação do país
07/07/18, 21:43 | COPA DO MUNDO - Croácia vence a Rússia e enfrenta Inglaterra nas semifinais
07/07/18, 16:42 | COPA DO MUNDO - 'O hexa pode esperar', diz jornal argentino sobre a eliminação do Brasil
07/07/18, 16:36 | COPA DO MUNDO - Inglaterra vence a Suécia e sonha com bicampeonato mundial
07/07/18, 12:42 | REPERCUSSÃO - Após derrota, mensagens de apoio à seleção brasileira se espalham pelas redes
07/07/18, 12:35 | CORRUPÇÃO - Gilmar Mendes: “Em um momento houve canonização da Lava Jato”
07/07/18, 12:27 | REPERCUSSÃO - Prefeito de Bruxelas agride Neymar nas redes
07/07/18, 12:12 | INTERNACIONAL - Fortes chuvas deixam mais de 30 mortos e 47 desaparecidos no Japão
07/07/18, 12:08 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Delator da JBS relata pressão para ajudar Temer
07/07/18, 11:47 | COPA DO MUNDO - 'Neymal': jornais da Europa destacam a má atuação do camisa 10
07/07/18, 11:23 | POLÍTICA - Lei Eleitoral restringe atos do poder público a partir de hoje
06/07/18, 18:27 | COPA - Torcida se cala no Vale do Anhangabaú ao final do jogo com belgas
06/07/18, 18:23 | ESPORTE - Copa inclusiva leva emoção a deficientes em São Paulo
06/07/18, 18:19 | COPA - Belgas fazem festa na embaixada do país em Brasília após classificação
06/07/18, 18:02 | NEPOTISMO - Jungmann nomeia ex-mulher para cargo em seu ministério
06/07/18, 17:50 | ADMINISTRAÇÃO - Ministério descredencia mais de 4 mil equipes de saúde da família
06/07/18, 17:43 | MEMÓRIA - Documentário mostra como futebol foi usado pela ditadura para propaganda política
06/07/18, 17:29 | POLÍTICA - Em jantar com Alckmin, Centrão indica apoio a Ciro
06/07/18, 17:12 | ESPORTE - Até 2022: Brasil perde para a Bélgica e é eliminado da Copa da Rússia
06/07/18, 13:50 | ESPORTE - Serviços e comércio têm horário especial por causa de jogo do Brasil
06/07/18, 13:43 | COPA DO MUNDO - França elimina Uruguai e vai à semifinal da Copa
05/07/18, 22:42 | COPA DO MUNDO - Único confronto com belgas em copas teve vitória do Brasil por 2 x 0
05/07/18, 22:37 | SELEÇÃO - Lateral Danilo sofre nova contusão e não joga mais na Copa do Mundo
05/07/18, 17:12 | POLÍTICA - É preciso mudar modelo de escolha dos ministros do STF, diz Alvaro Dias
05/07/18, 17:03 | ECONOMIA - Alimentos da cesta básica ficam mais caros pelo segundo mês seguido
05/07/18, 17:00 | INVESTIGAÇÃO - PF: Marun é suspeito de ligação com fraudes no Ministério do Trabalho
05/07/18, 15:21 | PRESTAÇÃO DE CONTAS - Procurador da Justiça pede e TCE-PI decide bloquear as contas da Prefeitura e da Câmara Municipal de Luzilândia
05/07/18, 13:59 | INCIDENTE - Incêndio atinge sete ônibus em garagem de Teresina e prejuízo é de R$ 2 milhões
05/07/18, 13:53 | REIVINDICAÇÃO - Em Brasília, trabalhadores ocupam ministério contra cortes no Minha Casa Minha Vida
05/07/18, 13:46 | MOVIMENTO - Em defesa do BB, da Caixa e empresas públicas, trabalhadores fazem atos pelo país
« Anterior 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site