CBN - A rádio que toca notícia

SUPREMO

Raquel Dodge denuncia Jair Bolsonaro por crime de racismo

Filho do parlamentar, Eduardo Bolsonaro é acusado por agredir uma jornalista

14/04/18, 09:44

A

Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) os deputados federais Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Jair foi acusado de racismo contra negros, quilombolas, refugiados, mulheres e LGBTs durante palestra no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em abril de 2017.

Em nota da PGR, o órgão afirma que “avalia a conduta de Jair Bolsonaro como ilícita, inaceitável e severamente reprovável. Para a PGR, o discurso transcende o desrespeito aos direitos constitucionais dos grupos diretamente atingidos e viola os direitos de toda a sociedade. Ela ressalta que a Constituição garante a dignidade da pessoa, a igualdade de todos e veda expressamente qualquer forma de discriminação.

No discurso, de cerca de uma hora, ele teria usado “expressões de cunho discriminatório, incitando o ódio e atingindo diretamente vários grupos sociais”. Entre elas, uma em que disse que as comunidades tradicionais “não fazem nada” e “só servem para procriar”.

A procuradora-geral pediu que o deputado seja considerado culpado por duas incidências de racismo, com pena de um a três anos de prisão em regime fechado cada uma, mais o pagamento de uma multa por ferida a danos morais coletivos, no valor indenizatório mínimo de 400.000 reais.

Sobre mulheres, Dodge cita uma fala em que o parlamentar diz que “fraquejou” ao ter uma filha mulher: “Eu tenho cinco filhos. Foram quatro homens, a quinta eu dei uma fraquejada e veio uma mulher”. Sobre pessoas LGBT, a procuradora-geral recupera falas do deputado em outros momentos, como por exemplo quando disse que “se eu vir dois homens se beijando na rua, vou bater.”

Eduardo Bolsonaro

Já Eduardo foi acusado por ameaça à jornalista Patrícia Lélis. Em sua conta no Facebook, o também deputado anunciou que estaria namorado Lélis, que, assim como ele, era filiada ao PSC. Patrícia desmentiu Eduardo, o que provocou uma discussão entre os dois no aplicativo de mensagens Telegram.

Nas mensagens, registradas pela jornalista e anexadas à denúncia, o deputado Eduardo Bolsonaro diz que ela “falar mais alguma coisa”, ele acabaria com a vida dela. Diante da pergunta se se trataria de uma ameaça, o parlamentar responde: “Entenda como quiser”.

A conversa prossegue e o deputado teria dito que ela “deveria ter apanhado mais para aprender a ficar calada”. “O aviso está dado”, completa. Segundo a procuradora-geral escreve, a operadora de telefonia celular confirmou que o número que originou as ligações pertence ao filho de Bolsonaro. Raquel Dodge pede pena de um a seis meses e multa de 50.000 reais como punição.

Fonte: JL/Veja
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/03/19, 15:30 | VIOLÊNCIA - Professor entra armado na Secretaria de Educação do DF e é preso
15/03/19, 15:27 | INVESTIGAÇÃO - MP-RJ apura depósito de R$ 100 mil para acusado de atirar em Marielle
15/03/19, 09:01 | ARTIGO - Nenhum minuto de silêncio
15/03/19, 08:53 | OPINIÃO - A culpa é do Bolsonaro
15/03/19, 08:44 | OPINIÃO - Com Bolsonaro, o Brasil ficou menor, avalia Míriam Leitão
14/03/19, 21:57 | PROJETO DE LEI - Primeiro projeto de Flávio Bolsonaro autoriza instalação de fábricas de armas no país
14/03/19, 21:28 | ÓDIO - Massacre em escola é comemorado na web e assassino chamado de 'herói'
14/03/19, 21:22 | REPERCUSSÃO NEGATIVA - Na internet, Bolsonaro diz não entender criminosos em escola de Suzano
14/03/19, 21:06 | PARLAMENTO - ‘Reforma’ da Previdência não teria hoje metade dos votos necessários para aprovação
14/03/19, 21:04 | REAÇÃO - Governadores nordestinos unem forças contra propostas do governo Bolsonaro
14/03/19, 20:52 | ACUSAÇÃO - Gilmar Mendes chama procuradores da Lava Jato de “cretinos” e diz que “combate à corrupção dá lucro”
14/03/19, 20:37 | JULGAMENTO - Decisão do STF pode anular sentenças já proferidas na Lava Jato, diz ministro
14/03/19, 16:46 | CRIMES - Lula e Bolsonaro contemplam Suzano e Marielle: visões opostas
14/03/19, 16:34 | ANÁLISE - Bolsonaro contamina jovens como o atirador de Suzano
14/03/19, 15:27 | ANÁLISE - A postura do clã do presidente Bolsonaro no caso Marielle Franco
14/03/19, 15:14 | CRIME - Estudante de Manaus é detido após fazer apologia à tragédia de Suzano
14/03/19, 15:09 | TENTATIVA - Aluno ameaça cometer atentado e polícia é acionada em Manaus
14/03/19, 14:23 | SAÚDE - Saúde alerta para prevenção e diagnóstico precoce de doença renal
14/03/19, 14:16 | TRAGÉDIA - Doria quer acelerar indenizações às famílias de vítimas de massacre
14/03/19, 13:57 | DECISÃO - Ministro vota por cassação integral de coligação com laranja no Piauí
14/03/19, 12:07 | REPERCUSSÃO - Manifestações no Brasil e no exterior cobram respostas do assassinato de Marielle
14/03/19, 11:58 | POSIÇÃO - Apologia ao Crime: Bolsonaro diz só conseguir dormir com arma de fogo ao lado
14/03/19, 10:57 | POLÊMICA - Flexibilização do porte de arma é 'barbárie', diz Rodrigo Maia
14/03/19, 10:36 | TRAGÉDIA - Atirador matou comparsa e depois se suicidou, diz PM
14/03/19, 10:28 | POLÊMICA - Massacre em escola de Suzano reacende debate sobre porte de armas
14/03/19, 10:15 | LUTO - Massacre de Suzano mostra 'que precisamos de paz e não de mais armas', diz Lula
14/03/19, 10:07 | POLÍTICA - Míriam Leitão diz que Bolsonaro vendeu 'ficção eleitoral', mas omite seu papel e o da Globo no filme
14/03/19, 10:00 | OPINIÃO - Um ano sem Marielle: seu legado para o Brasil esmaga seus assassinos
14/03/19, 09:24 | TRAGÉDIA - Atirador de Suzano era fã de pistolas, facas, games e Bolsonaro
13/03/19, 18:43 | LEVANTAMENTO - Columbine, Realengo e Suzano, os mais sangrentos massacres nas escolas de Brasil e EUA
« Anterior 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site