CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Raquel Dodge pede arquivamento de investigação contra deputados do PP

Para a procuradora-geral, só há provas de que um político participou do esquema: o vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, que na época era presidente do PP

13/04/18, 15:27
A
procuradora-geral da República, Raquel Dodge, não encontrou provas de um repasse de R$ 2,7 milhões a seis deputados do PP — incluindo o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PB) — e um ex-parlamentar do partido nas eleições de 2010, e pediu que uma investigação contra eles seja arquivada. A solicitação foi enviada para o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator de um inquérito que investiga supostos pagamentos da empreiteira Queiroz Galvão a membros do partido, originao a partir da Operação Lava-Jato.

O pedido também beneficia os deputados Mário Negromonte Júnior (BA), Eduardo da Fonte (PE), Simão Sessim (RJ), Roberto Balestra (GO) e Jerônimo Goergen (RS) e Waldir Maranhão, que deixou o PP e está no PSDB. “Nada impede, entretanto, a retomada das investigações caso surjam novas evidências sobre os fatos”, ressaltou Raquel Dodge.
 
Para a procuradora-geral, só há provas de que um político participou do esquema: o vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, que na época era presidente do PP. Dornelles não tem foro no STF e, por isso, Raquel Dodge solicitou que essa parte da investigação seja enviada para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

O inquérito que está no Supremo investiga duas situações diferentes. O pedido de Dodge diz respeito apenas ao primeiro episódio: o suposto pagamento feito nas eleições de 2010. O outro fato investigado é a suspeita de realização de um contrato fictício em 2011. Aguinaldo Ribeiro e Eduardo da Fonte também são investigados nesse caso, ao lado do senador Ciro Nogueira (PI) e do deputado Arthur Lira (AL). Ou seja, mesmo que Fachin atenda ao pedido de Raquel Dodge de arquivamento da outra investigação, os dois deputados continuarão a fazer parte do inquérito.
 
Em relação a esse segundo episódio, a procuradora-geral considera que a investigação precisa continuar, e pediu para que ela seja prorrogada por 60 dias. Além disso, Raquel Dodge quer que sejam realizadas oitivas de diversas pessoas, incluindo os quatro parlamentares, o doleiro Alberto Yousseff, que mencionou o fato em seu acordo de delação premiada, e Idelfonso Colares, que era presidente da Queiroz Galvão na época. Todos os pedidos serão analisados por Fachin.
Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
05/01/19, 20:29 | POLÍTICA - Filho de Bolsonaro orienta professores a evitarem temas como o feminismo
05/01/19, 20:23 | VIOLÊNCIA - Criminosos queimam caminhão com 2 mil frangos vivos no Ceará
05/01/19, 19:42 | ARTIGO JURÍDICO - Abuso de Direito e Ato Ilícito
05/01/19, 19:37 | EDUCAÇÃO - Indicado por Bolsonaro para o ENEM chama professores de 'desqualificados e manipuladores'
05/01/19, 19:17 | REFORMA - Sérgio Moro estuda criar programa ‘Cadeia Para o Mais Pobre’
05/01/19, 19:10 | NOVO GOVERNO - Metade do ministério de Bolsonaro vem de família de políticos ou militares
05/01/19, 19:05 | PESQUISA - DataFolha: maioria da população é contra privatizações e reforma trabalhista
05/01/19, 18:57 | VIOLÊNCIA - Polícia já prendeu 86 suspeitos de ataques criminosos no Ceará
05/01/19, 18:54 | ECONOMIA - Ministro diz que redução do IR será possível após equilíbrio fiscal
04/01/19, 21:13 | POLÊMICA - Após criticar fala de ministra, Huck diz torcer pelo governo Bolsonaro
04/01/19, 21:03 | MARCA - Bolsonaro escolhe como slogan do governo a expressão ‘Pátria Amada, Brasil’
04/01/19, 20:44 | DECISÃO - Suspensos auxílios saúde e moradia do Ministério Público em todo o país
04/01/19, 20:24 | POLÊMICA - Governo não vai aumentar impostos, afirma ministro
04/01/19, 20:20 | SAÚDE - Lei fixa data da Semana de Prevenção da Gravidez na Adolescência
04/01/19, 20:16 | EDUCAÇÃO - Bolsonaro sanciona lei que permite faltar à aula por motivo religioso
04/01/19, 18:27 | ECONOMIA - Secretário da Receita Federal contradiz Bolsonaro sobre mudanças no IOF e IR
04/01/19, 15:19 | DESCARGA ELÉTRICA - Estudante morre ao ser atingido por raio enquanto jogava futebol em Luzilândia
04/01/19, 15:12 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que não vai declarar guerra a governadores de oposição
04/01/19, 14:24 | SEGURANÇA - Moro autoriza envio da Força Nacional ao Ceará
04/01/19, 14:19 | CRIME - Filho do presidente da Câmara do Rio se entrega à polícia
04/01/19, 14:17 | DECISÃO - Juíza diz não ver necessidade de transferir João de Deus para hospital
04/01/19, 14:12 | ECONOMIA - Bolsonaro prorroga incentivos para empresas no Nordeste e Amazônia
03/01/19, 17:22 | COMUNICAÇÃO - Processo de bloqueio de celulares irregulares começa no dia 7
03/01/19, 16:52 | INVESTIMENTOS - Governador do Piauí discute novos avanços para Educação do Estado
03/01/19, 16:44 | EDUCAÇÃO - Seduc manterá matrículas online enquanto houver vagas na rede escolar do Piauí
03/01/19, 16:42 | SAÚDE - SUS vai oferecer remédio para tratar doença rara
03/01/19, 16:21 | REFORMAS - Guedes quer "libertar" jovens da CLT e do regime Previdenciário
03/01/19, 15:57 | CELEBRIDADE - A fila anda? Neymar se encanta por bailarina do Faustão
03/01/19, 15:47 | POLÍTICA - Guedes deve apresentar proposta de reforma da Previdência até o dia 7
03/01/19, 15:07 | BALANÇO - Mortes e prisões de jornalistas nas Américas marcaram 2018, diz entidade
« Anterior 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site