CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Trapalhada do delegado Segovia obriga PF a indiciar Temer

A fala do diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, sobre o possível arquivamento do inquérito contra Michel Temer por arrecadação de propinas no setor portuário, pode ter sido um tiro pela culatra

12/02/18, 12:23
 
O
diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, pode ter conseguido o que muitos julgavam ser impossível: a terceira denúncia contra Michel Temer. Ao dizer à Agência Reuters que o caso deveria ser arquivado, ele praticamente obriga a instituição que comanda a indiciar Temer, para demonstrar um mínimo de independência. Ou seja: o tiro saiu pela culatra.

Como todos sabem, Temer, que substituiu a presidente honesta Dilma Rousseff depois de um vergonhoso um golpe parlamentar, que destruiu a democracia e a imagem internacional do Brasil, foi colocado no poder com a missão de "estancar a sangria". Nesta tarefa, explicitada pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), a grande missão era salvar políticos corruptos.

Em seu governo, se não bastassem as velhas denúncias, surgiram novos escândalos, como o do bunker de Geddel Vieira Lima, com R$ 51 milhões, e as malas de Rodrigo Rocha Loures e Aécio Neves. O próprio Temer foi denunciado por corrupção e comando de organização criminosa pela procuradoria-geral da República, na era de Rodrigo Janot, mas conseguiu escapar liberando emendas e comprando deputados.

Com a indicação de Raquel Dodge para a procuradoria-geral da República e Fernando Segovia para a Polícia Federal, imaginava-se que a sangria seria estancada. No entanto, para demonstrar independência, a PF pode ser obrigada a dar celeridade à investigação, propondo também o indiciamento de Temer, ao lado do homem da mala Rodrigo Rocha Loures. Em seguida, Dodge também será testada em sua independência, devendo oferecer a terceira denúncia contra Temer, no inquérito presidido por Luis Roberto Barroso, que investiga se Temer e aliados receberam propinas na investigação relacionada à prorrogação da concessão do grupo Rodrimar.

Neste cenário de uma terceira denúncia, o golpe poderá testar um novo projeto, que seria a candidatura presidencial de Rodrigo Maia (DEM-RJ), no exercício do cargo. Temer é um personagem extremamente tóxico e contagioso, que derruba todos os projetos presidenciais de viés governista. Maia pode vir a ser uma nova aposta.

Fonte: JL/247
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
07/11/18, 19:07 | POLÍTICA - Presidente eleito vai se reunir com governadores no dia 14
07/11/18, 19:03 | POLÍTICA - Deputada é confirmada primeira mulher no ministério de Bolsonaro
07/11/18, 19:00 | LAVA JATO - STF pode julgar habeas corpus de Lula ainda neste ano, diz Fachin
07/11/18, 18:28 | INVESTIGAÇÃO - Governador eleito do DF foi beneficiado por disparos no WhatsApp
07/11/18, 18:20 | MUNDO - Eleições legislativas nos EUA têm recorde de mulheres vencedoras
07/11/18, 18:15 | REFORMAS - Equipe de Bolsonaro pensa em fusão do BB com Bank of America
07/11/18, 17:57 | ECONOMIA - Cesta básica sobe em 16 das 18 capitais pesquisadas pelo Dieese
07/11/18, 17:52 | POLÍTICA - Jucá diz que MDB não está negociando cargos com Bolsonaro
07/11/18, 17:35 | TRANSIÇÃO - Bolsonaro diz que "muita coisa" do governo Temer vai ser mantida
07/11/18, 14:56 | TSE - Diplomação de Bolsonaro deve ocorrer em 10 de dezembro
07/11/18, 14:49 | PREVIDÊNCIA - Pagamento da segunda parcela do 13º pelo INSS começa no dia 26
07/11/18, 14:40 | ESTUDO - População carcerária feminina no Brasil é uma das maiores do mundo
07/11/18, 14:33 | TRANSIÇÃO - Bolsonaro coleciona idas e vindas na formação do governo
07/11/18, 14:24 | REFORMAS - Jair Bolsonaro anuncia extinção do Ministério do Trabalho
07/11/18, 14:21 | EVENTO - "Quero muito viver para ver uma sociedade democrática', diz ministra
07/11/18, 13:00 | VIOLAÇÃO - Férias de Sérgio Moro desobedecem normas da atividade judicial
07/11/18, 12:56 | POLÊMICA - Depois de críticas de Bolsonaro, IBGE sai em defesa da pesquisa de desemprego
07/11/18, 12:19 | DADOS - Dieese: Bolsonaro desconhece como se faz pesquisa sobre desemprego
06/11/18, 18:17 | COLETIVA - Crimes de ódio são intoleráveis, diz Sérgio Moro
06/11/18, 16:59 | POLÍTICA - Veja todos os nomes e salários da equipe de transição
06/11/18, 16:46 | COLETIVA - 'Não pretendo jamais disputar uma eleição', diz Moro em Curitiba
06/11/18, 16:36 | REFORMAS - Jair Bolsonaro estuda fim do Ministério do Trabalho
06/11/18, 15:57 | POLÊMICA - Bolsonaro poderá mudar regras para armas sem passar pelo Legislativo
06/11/18, 15:52 | ECONOMIA - Bolsonaro desconfia de proposta de Paulo Guedes para reforma da Previdência
06/11/18, 15:43 | REFORMA - Ministros do STF defendem necessidade de reforma política
06/11/18, 15:30 | ARTIGO JURÍDICO - A legítima defesa e o “abate” de criminosos armados
06/11/18, 15:17 | JUDICIÁRIO - Fachin envia novo pedido de habeas corpus de Lula para 2ª Turma do STF
06/11/18, 14:56 | RECONHECIMENTO - Deputados escolhem indicadas ao Prêmio Diploma Mulher-Cidadã 2018
06/11/18, 14:48 | DATA - Defesa do regime democrático marca sessão comemorativa dos 30 anos da Constituição
05/11/18, 21:18 | TRANSIÇÃO - Lista de equipe de transição de governos traz 27 nomes e nenhuma mulher
« Anterior 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 | 301 - 330 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site