CBN - A rádio que toca notícia

SINDECALISMO

Centrais reforçam 10 de agosto como dia de 'basta ao desemprego'

Sindicalistas vão organizar paralisações no início da manhã e se concentrar diante da Fiesp. Sem esperar mais nada do atual governo, querem cobrar candidatos sobre medidas para recuperar o país

11/07/18, 16:13

A

s centrais sindicais ratificaram nesta quarta-feira (11) o 10 de agosto como um dia nacional de luta, com destaque para o combate ao desemprego, além de repudiar as reformas do governo Temer. Sindicalistas devem promover paralisações na parte da manhã, seguidas de concentração diante da sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), a partir das 10h. Perto do calendário eleitoral, eles também querem cobrar candidatos sobre medidas para reativar a economia.

Do atual governo, já não se espera nada. "Creio que temos de apostar no futuro", afirmou, pouco depois de reunião realizada no Dieese, em São Paulo, o secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, o Juruna, já apontando para as eleições de outubro. Ele defende uma composição política "que fortaleça a defesa do nosso país e dos brasileiros".

Segundo ele, a ideia é fazer do 10 de agosto um dia de "basta de desemprego", envolvendo não só trabalhadores mas instituições como a Igreja e entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), entre outras. "O desemprego é um flagelo que atinge toda a sociedade brasileira."

O presidente em exercício da CTB, Divanilton Pereira, disse que a data tem como origem "uma plataforma unitária das centrais", referindo-se à agenda com 22 itens aprovada há um mês. Os eixos da mobilização de 10 de agosto incluem ainda protestos contra a elevação dos preços de petróleo e derivados e defesa dos direitos previdenciários.

Os sindicalistas querem também que os candidatos se comprometam com medidas emergenciais para recuperar a economia e criar empregos – algo que já não se pode esperar da gestão Temer. "Não temos a menor ilusão quanto a isso. A composição desse usurpador não tem o menor compromisso com o Brasil, com soberania, com os direitos do nosso povo", afirmou Divanilton. "Estaremos a cinco dias do início formal da campanha eleitoral e nosso objetivo é que nossa pauta influencie o debate nacional."

Nova plenária das centrais foi marcada para o dia 25, também no Dieese, para acertar detalhes das manifestações. A reunião de hoje, além de CTB e Força, contou com representantes de CSB, CSP-Conlutas, CUT, Intersindical, Nova Central e UGT.

Novo ministro

A posse do novo ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello, ontem (10), foi recebida com frieza pelos sindicalistas, dada a relação do advogado com o setor empresarial e a falta de preocupação de Temer com o movimento sindical na escolha. "Os trabalhadores não foram consultados", disse Juruna, lembrando que os representantes das centrais foram convidados "em cima da hora".

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
14/03/19, 16:34 | ANÁLISE - Bolsonaro contamina jovens como o atirador de Suzano
14/03/19, 15:27 | ANÁLISE - A postura do clã do presidente Bolsonaro no caso Marielle Franco
14/03/19, 15:14 | CRIME - Estudante de Manaus é detido após fazer apologia à tragédia de Suzano
14/03/19, 15:09 | TENTATIVA - Aluno ameaça cometer atentado e polícia é acionada em Manaus
14/03/19, 14:23 | SAÚDE - Saúde alerta para prevenção e diagnóstico precoce de doença renal
14/03/19, 14:16 | TRAGÉDIA - Doria quer acelerar indenizações às famílias de vítimas de massacre
14/03/19, 13:57 | DECISÃO - Ministro vota por cassação integral de coligação com laranja no Piauí
14/03/19, 12:07 | REPERCUSSÃO - Manifestações no Brasil e no exterior cobram respostas do assassinato de Marielle
14/03/19, 11:58 | POSIÇÃO - Apologia ao Crime: Bolsonaro diz só conseguir dormir com arma de fogo ao lado
14/03/19, 10:57 | POLÊMICA - Flexibilização do porte de arma é 'barbárie', diz Rodrigo Maia
14/03/19, 10:36 | TRAGÉDIA - Atirador matou comparsa e depois se suicidou, diz PM
14/03/19, 10:28 | POLÊMICA - Massacre em escola de Suzano reacende debate sobre porte de armas
14/03/19, 10:15 | LUTO - Massacre de Suzano mostra 'que precisamos de paz e não de mais armas', diz Lula
14/03/19, 10:07 | POLÍTICA - Míriam Leitão diz que Bolsonaro vendeu 'ficção eleitoral', mas omite seu papel e o da Globo no filme
14/03/19, 10:00 | OPINIÃO - Um ano sem Marielle: seu legado para o Brasil esmaga seus assassinos
14/03/19, 09:24 | TRAGÉDIA - Atirador de Suzano era fã de pistolas, facas, games e Bolsonaro
13/03/19, 18:43 | LEVANTAMENTO - Columbine, Realengo e Suzano, os mais sangrentos massacres nas escolas de Brasil e EUA
13/03/19, 18:11 | MOVIMENTO - Coletivo de mulheres lança movimento contra flexibilização de armas no Brasil
13/03/19, 17:55 | REPERCUSSÃO - 'Mais armas geram mais violência'. Políticos repercutem massacre
13/03/19, 17:28 | POLÊMICA - Justiça Eleitoral não está apta a julgar crime de corrupção, diz Moro
13/03/19, 17:24 | CRIME - Advogado nega que suspeito de matar Marielle seja dono de 117 fuzis
13/03/19, 17:16 | REAÇÃO - Toffoli anuncia representação contra procurador da Lava Jato
13/03/19, 14:12 | DADOS - Brasil reúne histórico recente de tragédias em escolas
13/03/19, 14:08 | TRAGÉDIA - Autores de massacre em escola de Suzano são identificados
13/03/19, 14:02 | TRAGÉDIA - Major Olímpio diz que massacre seria evitado com professores armados
13/03/19, 12:35 | INTERNACIONAL - Edifício, onde havia uma escola, desmorona na Nigéria e deixa vítimas
13/03/19, 12:31 | TRAGÉDIA - Adolescentes usaram revólver e arma medieval durante ataque em Suzano/SP
13/03/19, 11:41 | OPINIÃO - Economista avalia: os dias estão contados para Bolsonaro
13/03/19, 11:14 | REPERCUSSÃO - New York Times destaca o elo entre Bolsonaro e as milícias do Rio
13/03/19, 10:53 | POLÊMICA - Em ação no STF, Raquel Dodge pede fim do fundo da Lava Jato: 'é ilegal'
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site