CBN - A rádio que toca notícia

ARTIGO

O magistrado e o exaurimento da jurisdição

Portanto, uma vez prolatada e publicada a sentença o juiz cumpre e encerra o ofício jurisdicional no respectivo processo-crime. Encerrada sua função, não mais cabe ao magistrado se manifestar sobre a causa

10/07/18, 13:41

Por Nixonn Freitas Pinheiro, advogado (foto)

N

o Direito Penal e no Processual Penal, tal qual no âmbito civil, colhemos uma questão jurídica de substancial relevância constitucional: “o exaurimento da função jurisdicional” ou simplesmente o “exaurimento da jurisdição”.

Segundo Ricardo Benevenuti Santolini, especialista em Direito Penal e Processo Penal, em seu compêndio “A Jurisdição no Processo Penal”, jurisdição existe para vários ramos do direito. Pela definição de Giuseppe Chiovenda - cita o especialista -, jurisdição é “a função do Estado que tem por escopo a atuação da vontade concreta da lei por meio da substituição, pela atividade de órgãos públicos, na atividade de particulares ou de outros órgãos públicos, já no afirmar da existência da vontade da lei, já no torná-la, praticamente, efetiva.” José Frederico Marques é ainda mais objetivo, dizendo que é “a função estatal de aplicar as normas da ordem jurídica em relação a uma pretensão”.

Quando se exaure, então, a função jurisdicional? Em outros termos, interroga-se: “Quando termina a função do juiz no processo-crime, por exemplo?” A resposta é simples: “Quando há a prolação da sentença”. É justamente aqui que se encerra a prestação jurisdicional, a função judicante no processo-crime. Aqui surge a figura jurídica do “juiz sentenciante”. Após, o juiz tem apenas uma oportunidade para se manifestar processo-crime: quando julga admitindo ou não o recurso de embargos de declaração.

Havendo recurso de apelação contra uma sentença condenatória ou absolutória, seja pelo Ministério Público ou pelo sentenciado (quando condenado), o juiz sentenciante se desliga do processo-crime.

Transitada em julgado a sentença, o juiz sentenciante somente voltará ao respectivo processo-crime se ele próprio for o juízo competente da execução da pena. Isso ocorre quando em uma determinada Comarca ou jurisdição houver Vara Única. Caso contrário, transitada em julgado ou não a sentença o processo-crime segue para o juízo da execução da pena e não para o juízo sentenciante, seja para a execução provisória ou definitiva da pena.

Portanto, uma vez prolatada e publicada a sentença o juiz cumpre e encerra o ofício jurisdicional no respectivo processo-crime. Encerrada sua função, não mais cabe ao magistrado se manifestar sobre a causa.

Esgotada a função jurisdicional do juiz sentenciante, seja para executar a pena provisoriamente, seja para executá-la definitivamente, a competência e a função jurisdicional se transfere para a alçada do juízo da Execução da Pena, que tem por objetivo efetivar as disposições da sentença ou de decisão criminal e proporcionar condições para a harmônica integração social do condenado e do internado. Portanto, a execução penal competirá ao Juiz indicado na lei local de organização judiciária e, na sua ausência, ao da sentença. Seja execução provisória ou definitiva.

O art. 66, da Lei Federal nº 7.210, de 11 de julho de 1984, define as competências do juiz da execução penal, entre as quais a de aplicar aos casos julgados lei posterior que de qualquer modo favoreça o condenado; declarar extinta a punibilidade; decidir sobre soma ou unificação de penas; progressão ou regressão nos regimes; detração e remição da pena; suspensão condicional da pena; livramento condicional; incidentes da execução, etc., etc.

Fonte: JL
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
29/11/18, 09:31 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Vice-governador Dornelles deve assumir o governo do Rio imediatamente
29/11/18, 09:27 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Futuro governador do Rio diz que transição não será afetada com prisão de Pezão
29/11/18, 09:22 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Preso no Rio, Pezão tinha esquema próprio de corrupção, diz PGR
29/11/18, 09:00 | CORRUPÇÃO - Tribunal da Lava Jato forma maioria por prisão domiciliar a Palocci
29/11/18, 08:53 | PROPINA - PGR pede ao STF para apurar suposto caixa 2 de Onyx e 9 parlamentares
29/11/18, 08:50 | POLÊMICA - Filho de Bolsonaro diz que 'morte do pai interessa aos que estão perto'
29/11/18, 08:24 | CORRUPÇÃO & PROPINA - GOVERNADOR DO RIO É PRESO
28/11/18, 21:18 | SAÚDE - MAIS MÉDICOS: menos de 10% dos inscritos se apresentaram para trabalhar
28/11/18, 19:10 | MINISTÉRIO PÚBLICO - PGR quer tirar foro privilegiado de políticos que não se reelegeram
28/11/18, 19:07 | POLÍTICA - Presidente eleito diz que futuro governo poderá ter 22 ministérios
28/11/18, 18:34 | TRANSIÇÃO - Quatro ministros de Bolsonaro tiveram ou têm cargos no governo Temer
28/11/18, 17:30 | ECONOMIA - Crise afeta saúde mental e eleva pedidos de afastamento do trabalho
28/11/18, 17:27 | SAÚDE - Morte de crianças por câncer caiu 13% em 10 anos, diz Saúde
28/11/18, 17:21 | BENEFÍCIO - Bolsonaro diz que não concederá indulto de Natal para criminosos
28/11/18, 14:09 | POLÍTICA - Congresso Nacional vê desprestígio de Onyx no novo governo
28/11/18, 13:49 | SAÚDE - AM: mais de 40% das vagas deixadas por cubanos não foram preenchidas
28/11/18, 13:11 | MISTÉRIO - Filha de brasileiros, jovem e namorado são encontrados mortos nos EUA
28/11/18, 12:32 | SAÚDE - Mais Médicos foi para muitos chance de ser atendido pela 1ª vez
28/11/18, 12:23 | PARLAMENTO - Senado pagará em janeiro mais de R$ 100 mil para cada senador reeleito
28/11/18, 12:18 | ECONOMIA - Confiança do comércio atinge maior patamar desde março de 2014
28/11/18, 12:13 | PARLAMENTO - Comissão do Senado aprova uso terapêutico da maconha
28/11/18, 11:18 | ARTIGO JURÍDICO - A Calúnia, a Difamação e a Injúria no jornalismo
28/11/18, 09:26 | POLÍTICA - JORNAL FRANCÊS: 'Bolsonaro é a pornografia política'
28/11/18, 08:47 | DISCURSO - Líder do PT acusa Judiciário e Ministério Público de complô para matar Lula
28/11/18, 08:44 | JUSTIÇA - Supremo Tribunal retoma julgamento do decreto de indulto de Natal
28/11/18, 08:42 | PARLAMENTO - Câmara aprova urgência para projeto que prevê segurança máxima em presídios
28/11/18, 08:37 | POLÍTICA - Senado inclui JK no Livro dos Heróis e das Heroínas da Pátria
28/11/18, 00:08 | JUSTIÇA - CNJ julgará em dezembro situação de procedimentos contra Moro
28/11/18, 00:01 | JUDICIÁRIO - Justiça Federal absolve Renan Calheiros por improbidade administrativa
27/11/18, 23:59 | LAVA JATO - Turma do STF deve julgar pedido de liberdade de Lula em dezembro
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site