CBN - A rádio que toca notícia

MEMÓRIA

Documentário mostra como futebol foi usado pela ditadura para propaganda política

Jornalistas contam que, historicamente, os grandes eventos esportivos sempre estiveram atrelados às estruturas de poder constituído, seja a Copa ou mesmo os Jogos Olímpicos

06/07/18, 17:43

Em Brasília, Pelé levanta a taça da Copa de 1970 ao lado de Médici
O

futebol e sua relação com as ditaduras na América do Sul foi tema de debate realizado no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (4), com a exibição do documentário Memórias do chumbo – o futebol nos tempos do Condor, do jornalista Lúcio de Castro. O filme lançado em 2010 ganhou o prêmio Gabriel García Márquez de jornalismo e foi selecionado por festivais internacionais, trazendo imagens de Pelé e outros encantando o mundo com seu talento. No entanto, a atuação do escrete canarinho também serviu como cortina de fumaça para esconder os crimes de Estado cometidos à época.

A utilização do desempenho da seleção brasileira na Copa de 1970 como propaganda política, no período mais duro da ditadura, não foi uma estratégia exclusiva do Brasil e governos militares de outros países sul-americanos fizeram o mesmo com suas equipes na época, como a Argentina, Uruguai e Chile. 

"Andam dizendo por aí que o futebol e política não se misturam, mas a história mostra que não. Existe uma mistura até hoje. Os regimes democráticos também se valem muitas vezes do esporte, do futebol, para a propaganda, mas é claro que na ditadura isso se acentua profundamente", afirma Lúcio de Castro, em entrevista à repórter Viviane Nascimento, da TVT.

Historicamente, os grandes eventos esportivos sempre estiveram atrelados às estruturas de poder constituído. "Para você ter uma ideia, o passeio da tocha olímpica, que mobilizou o Brasil, em 2015, foi criada pelos nazistas para Olimpíadas de 1936, em Berlim. Hitler não realizou os Jogos à revelia do Comitê Olímpico Internacional, eles fizeram juntos. A estrutura de poder do esporte naquele momento se aliou ao regime nazista da Alemanha para fazer o seu evento", relata o jornalista Aydano André Motta.

Para o jornalista Agostinho Vieira, se o discurso de vitória e superação fosse transposto para o contexto político, seria possível ampliar a conscientização social e ainda ganhar a Copa do Mundo. 

"Acho que a gente tem que equilibrar as duas coisas. O futebol faz parte da vida do brasileiro e a gente não pode abrir mão disso, mas não se pode esquecer do resto. A gente tem que entender que é possível ter um país mais justo, menos desigual e, ao mesmo tempo, torcer pelo futebol. Essas coisas não são incompatíveis", explica.

Lúcio lembra que torcer sem dor na consciência também é um direito do cidadão. "Os caras tiraram muita coisa da gente, não vão poder tirar meu prazer pelo futebol", brinca.

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
10/07/18, 13:46 | ARTIGO - A liberdade de expressão durante o processo eleitoral
10/07/18, 13:41 | ARTIGO - O magistrado e o exaurimento da jurisdição
10/07/18, 11:37 | ARTIGO - A interpretação conforme a constituição e a jurisprudência do STF
09/07/18, 19:38 | EVENTO - No Brasil, Malala defende que a educação é o melhor investimento
09/07/18, 19:19 | ESTATÍSTICA - Em sete meses, Piauí já registra 78% do número de casos de feminicídio de 2017
09/07/18, 18:45 | POLÍTICA - Marco Aurélio, do STF, diz que Moro agiu fora da lei contra Lula
09/07/18, 18:32 | POLÊMICA - Juízes defendem desembargador: 'Independência judicial é pilar do Estado de direito'
09/07/18, 18:23 | POLÊMICA - Ordem jurídica é 'sacrificada' para manter Lula preso, diz jurista
09/07/18, 18:00 | POLÍTICA - 7 eleições presidenciais indicam que só 5 candidatos têm chance em 2018
09/07/18, 17:55 | ECONOMIA - CNI aponta índice do medo do desemprego acima da média histórica
08/07/18, 20:01 | DECISÃO - Presidente do TRF-4 mantém Lula preso e encerra disputa judicial
08/07/18, 19:50 | IMBRÓGLIO - Defesa de Lula diz que Moro, de férias, atuou para impedir soltura
08/07/18, 19:49 | CRISE JUDICIÁRIA - Cármen Lúcia: resposta judicial deve ocorrer sem quebra de hierarquia
08/07/18, 19:45 | POLÊMICA - Advogados pedem prisão de Moro e de delegado da PF no Paraná
08/07/18, 15:46 | COPA - Fernandinho recebe solidariedade depois de ataques racista
08/07/18, 15:34 | COPA DO MUNDO - Jogadores e comissão são recebidos com aplausos no Rio
08/07/18, 15:15 | POLÍTICA - Reflexo de impopularidade, Temer dá menos entrevistas do que Lula
08/07/18, 15:12 | MUNDO - Mergulhadores já resgataram 4 das 12 crianças presas em caverna na Tailândia
08/07/18, 14:56 | PARLAMENTO - Legislação sobre notícias falsas divide opiniões no Congresso
08/07/18, 14:53 | CRIME - Redes sociais adotam medidas para combater fake news nas eleições
08/07/18, 14:49 | CRIME - Justiça Eleitoral brasileira é desafiada por Fake News
08/07/18, 14:42 | VATICANO - Papa consola brasileiros pela eliminação: "Será da próxima vez"
08/07/18, 14:25 | DESPACHO - Outro desembargador mantém Lula preso
08/07/18, 12:03 | POLÊMICA - Desembargador Federal manda soltar Lula
07/07/18, 22:50 | OPINIÃO - Com a cumplicidade do Congresso, Temer acelera a dilapidação do país
07/07/18, 21:43 | COPA DO MUNDO - Croácia vence a Rússia e enfrenta Inglaterra nas semifinais
07/07/18, 16:42 | COPA DO MUNDO - 'O hexa pode esperar', diz jornal argentino sobre a eliminação do Brasil
07/07/18, 16:36 | COPA DO MUNDO - Inglaterra vence a Suécia e sonha com bicampeonato mundial
07/07/18, 12:42 | REPERCUSSÃO - Após derrota, mensagens de apoio à seleção brasileira se espalham pelas redes
07/07/18, 12:35 | CORRUPÇÃO - Gilmar Mendes: “Em um momento houve canonização da Lava Jato”
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site